O ponto de encontro dos profissionais de informática

APinfo

Inglês fluente realmente alavanca a carreira em TI ?

Convidados : profissionais cadastrados no site apinfo com inglês fluente.

1 - comentário - 27/02/15 - 09:30:01 - Hélio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não tenho dúvidas de que o inglês fluente foi muito importante para minha carreira. Trabalhava em uma multinacional, em função do domínio do idioma fui selecionado para participar de um projeto no exterior, dai para a frente tudo foi mais fácil. Depois desta tive outras oportunidades, em muitas o inglês funcionou novamente como diferencial.
2 - comentário - 27/02/15 - 10:01:58 - Marcel - 189.62.87.****

Tive que aprender inglês depois de adulto, foi difícil, mas valeu muito a pena, realmente faz uma diferença grande.
2 - Réplica - 27/02/15 - 11:11:14 - Alexandre - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Num mundo globalizado a importância de outra língua não é um diferencial , é uma necessidade. Já estamos vivenciado o diferencial para duas linguas.
4 - comentário - 27/02/15 - 11:11:04 - Felipe Ramos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com o domínio de inglês tive acesso a algumas oportunidades especiais dentro da Empresa em que trabalho, como, por exemplo, ser contemplado com um programa de intercâmbio com duração de 30 dias com tudo pago em Washington DC - EUA, Com certeza se aprimorar no inglês traz muitas vantagens, entretanto depende do profissional aproveitá-las
Hospitalhd
5 - comentário - 27/02/15 - 11:11:09 - Artur Augusto Chiovitti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Se levarmos em consideração que vivemos em uma economia globalizada, o inglês fluente faz e fará cada vez mais diferença no mercado de TI.
Mas há que se separar algumas coisas, como o objetivo pessoal de cada um, pois há profissionais que ganham igualmente bem mesmo sem o idioma.
A questão é que no Brasil ainda há muita limitação por parte dos próprios profissionais, muitos não querem porque como há falta de mão de obra qualificada em TI, os salários tiveram uma boa crescente em algumas frentes.
Falo como exemplo sobre a consultoria em ERP como SAP e PeopleSoft, muitos profissionais abandonaram o inglês pois atingiram suas metas financeiras e não encaram como uma necessidade, pois há uma demanda muito forte por vagas.
Mas o caminho é a preparação. Independente se o profissional precisa ou não do segundo idioma, a fluencia ajuda sim a conseguir algo melhor na carreira.
6 - comentário - 27/02/15 - 11:11:10 - Jorge Washimi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O meu inglês está entre avançado e fluente. Na última empresa na qual trabalhei, usava o idioma falado e escrito, conversando com indianos, norte americanos, asiáticos de vários países e ingleses. Não foi o melhor salário de minha carreira, nem me alavancou para outras oportunidades. Hoje sou consultor autônomo, minha renda é maior e não utilizo o idioma quase nunca! As oportunidades que tenho visto, para analista bilingue (considerando inglês e português) são de valor consideravelmente baixo.
7 - comentário - 27/02/15 - 11:11:15 - Sergio - 201.22.213****

O inglês é básico, é fundamental para qualquer carreira, ainda mais na nossa que exige muito de leituras de manuais, etc.
Porém, vejo que o brasileiro de um modo geral fala muito mal, ou nem se preocupa com isso. Em outros países, onde o inglês não é língua oficial, o nível é bem maior e melhor.
8 - comentário - 27/02/15 - 11:12:19 - André Girardi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida alguma, as melhores oportunidades na área de TI exigem o domínio da língua inglesa.
dbassocia
8 - Réplica - 27/02/15 - 11:19:02 - FERRUCIO ALVES - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Falar inglês fluentemente é indispensável não só na carreira de TI _- é indispensável para qualquer outra carreira na área de gestão executiva ou de aplicação de alta tecnologia. - Lembrar que isto é muito mais do que apenas ler Manuais em inglês_ é falar, entender e interagir utilizando raciocínios e objetividades que o idioma inglês permite e exige.
8 - Réplica - 27/02/15 - 13:30:42 - Vitor Gasparini - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza! O inglês fluente é, cada vez mais, primordial para o profissional de TI. Tendo em vista que os conteúdos aprofundados de qualquer tema tecnológico são em inglês, os suportes e laboratórios das grandes empresas são localizados nos países de língua inglesa, faz com que seja cada vez mais necessário a proficiência no idioma.
Posso dizer, por experiência própria, que o inglês fluente alavancou minha carreira e me criou oportunidades de crescimento internas.
Vale a pena investir tempo e dinheiro no idioma.
9 - comentário - 27/02/15 - 11:14:00 - Frank - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Obrigatório !!
10 - comentário - 27/02/15 - 11:16:05 - Mauro Ribeiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida. Hoje é obrigatório, digamos assim, que o cidadão tenha inglês fluente ou o mais avançado possível.
GOC
11 - comentário - 27/02/15 - 11:16:15 - Marcelo Satriani Rosa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não tenho dúvidas de que o Inglês fluente realmente ajuda muito na carreira de um profissional em TI. Primeiramente as grandes empresas de TI em sua maioria são multinacionais e o inglês é sempre a primeira língua de comunicação em qualquer projeto ou trabalho de âmbito internacional.
Em segundo, as empresas que são clientes de empresas de TI, principalmente em um mundo globalizado como o de hoje, também em grande parte atuam com projetos que envolvam outros países, e o inglês é de extrema importância nestes casos, isto quando não é premissa básica.
12 - comentário - 27/02/15 - 11:17:43 - Ricardo Monteiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida, há diversas oportunidades em empresas globais, sejam clientes ou consultorias que atendam à empresas globais. Além disso, uma realidade no mercado é a presença de empresas indianas no mercado, então para a interação com eles é fundamental o inglês.
13 - comentário - 27/02/15 - 11:18:21 - Valdir Fumene - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que hoje não seja mais um diferencial, mas sim necessidade. Sempre trabalhei com estrangeiros e hoje trabalho com documentação de T.I que é produzida toda em inglês. Convivo com colegas que não tem um inglês bom e sofrem bastante, uma vez que onde estou 100% dos clientes são de fora.
Na minha opinião o inglês é mais uma habilidade necessária no mercado de TI como tantas outras, porém considerada já como essencial e não mais adicional.
14 - comentário - 27/02/15 - 11:18:42 - Renato Lombardo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim e não. Seguem explicações.

Sim
Porque é sempre o diferencial ao peneirar os currículos, já que o salário pedido normalmente é o mesmo, por quem tem e quem não tem inglês. Este ponto é no caso de querer mudar de emprego ou conseguir o seu primeiro. Portanto, não se trata de alavancamento de carreira. Apenas início ou troca de emprego, em caso de insatisfação ou mesmo demissão.

Não.
No momento que você está estável na empresa e está feliz, é competente e bem conectado, mesmo que tenha o inglês fluente sua carreira será alavancada, desde que haja a certeza que seus próximos desafios não exijam desta habilidade.
apipesq
15 - comentário - 27/02/15 - 11:21:28 - Vinícius Valério - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá,
Inglês fluente hoje em dia é uma premissa para seguir com a sua carreira de TI, a maior parte de documentações e provas de certificação são em inglês. Com o inglês fluente, você terá mais oportunidades em empresas de grande porte e multinacionais, tratando-se de empresa de TI, sempre haverá mais oportunidades boas e salários bons com o inglês avançado/fluente, com o fluente há até possibilidade de ser contratado por uma empresa estrangeira.
16 - comentário - 27/02/15 - 11:21:51 - Fábio H. Batistel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Além de alavancar, é extremamente excencial pois faz a diferença em qualquer empresa emergente que tem no mínimo, contratos internacionais sejam de serviço, equipamentos ou quaisquer que seja o ramo. Já tive a oportunidade de assmir posições em empresas e aprender o ofício da função por causa do meu inglês, mesmo sem a devida experiência que fui adquirindo ao longo do tempo.
Hoje, além do Inglês, o Espanhol, e outras línguas como Mandarim e até mesmo Alemão se fazem presente na necessidade das empresas.
E o profissional que elém do conhecimento técnico da função, que fale uma ou mais destas, está mais capacitado e apto a assumir os mais exigentes mercados, mesmo sem tamanha experiência, que isso se adquire mais rápido conforme a cada política comercial.
17 - comentário - 27/02/15 - 11:22:07 - Alexandre - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu entendo que falar inglês é importante para qualquer profissão e TI ainda mais. Mesmo que você não use no dia a dia... é uma questão de abrir horizontes até pra vida pessoal.
Mas o inglês fará mesmo diferença na sua vida profissional se você quer trabalhar ou trabalha em uma empresa multinacional ou pretende fazer negócios fora do país.
Eu trabalho em multinacionais desde 2001 e sempre vi pessoas que falam bem o inglês se destacarem mesmo tendo menos conhecimentos técnicos que outros que não falam. Saber se comunicar bem vem antes de qualquer outra disciplina.
Onde eu trabalho, a maior dificuldade que temos ainda hoje quando precisamos contratar é encontrar profissionais que se comunicam bem em inglês.
Minha opinião é SIM, o Inglês pode alavancar sua carreira em TI.
17 - Réplica - 27/02/15 - 11:27:19 - Raquelita - 186.205.34****

Sim, com certeza, a fluência no Ingês abre portas e alavanca a profissão de quem trabalha com TI, principalmente em empresas multinacionais. Trabalho em uma empresa multinacional americana, e as oportunidades que tive de ir para a matriz foi por ter um bom nível de ingês. E a fluência é tão essencial que seria muito dificil a comunicação com colegas/pares caso não falasse em inglês.
dbassocia
18 - comentário - 27/02/15 - 11:24:33 - Tiago Ferreira Barros Leocadio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

ACREDITO QUE O INGLÊS É IMPORTANTE SIM, ABERTAS NOVAS PORTAS, PRINCIPALMENTE PARA UMA CARREIRA INTERNACIONAL!!!
MAS PARA MUITAS EMPRESAS AQUI NO BRASIL QUE EXIGEM O IDIOMA, SIMPLESMENTE PARA NADA, POIS NÃO UTILIZAM, TRABALHEI EM MUITA NACIONAL E SEI MUITO BEM DISSO.

ACREDITO QUE OS RECRUTADORES DEVERIAM SE IMPORTAR MAIS, PRINCIPALMENTE COM O PORTUGUÊS FLUENTE, GÍRIAS E EXPOSIÇÃO FORMAL DOS PROFISSIONAIS, ISSO SIM É MAIS IMPORTANTE HOJE EM DIA, VISTO QUE PROFISSIONAIS DE TI ESTÃO CADA VEZ MAIS INSERIDOS EM DECISÕES IMPORTANTES.
19 - comentário - 27/02/15 - 11:28:30 - Claudio Fernando Maciel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Já perdi as contas das vezes que fui contratado, tendo a preferência sobre outros candidatos devido aos idiomas que eu falo. Únicamente por isso!

Sim, acho que Inglês fluente, nos tempos de hoje, independente de ser carreira internacional ou não, é não só um alavancador, mas uma necessidade.

Acredito inclusive que em breve irá deixar de ser alavancador e se tornará pré-requisito.

Na minha profissão não se passa um único dia sequer que eu não precise usar o Inglês para ler documentações, fóruns e materiais sobre as tecnologias que eu preciso desenvolver.

É, sem eu precisar estar fora do Brasil, uma ferramenta diária de trabalho para quem trabalha com TI.
20 - comentário - 27/02/15 - 11:28:37 - Daniel Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, sem sombras de dúvida isso faz muita diferença na sua carreira profissional, principalmente se você trabalha em uma multinacional. É muito comum onde trabalho (multinacional) os recrutadores do RH terem dificuldades para contratar profissionais porque eles não tem inglês ou não conseguem se comunicar no dia a dia bem, isso acaba por resultar em diversas oportunidades para pessoas que possuem pouco ou nem possuem conhecimento técnico MAS sabem falar e entender muito bem a língua inglesa. O requerimento para se falar inglês em uma vaga de trabalho é uma realidade que está aí há muito tempo. Fala-lo bem abre sim muitas portas no desenvolvimento da sua carreira!
21 - comentário - 27/02/15 - 11:30:07 - FELIPE LEITE PIRES DE SOUSA - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Português e Inglês fluente são primordiais para trabalhar com TI.
Hospitalhd
22 - comentário - 27/02/15 - 11:30:38 - Jhonatan Soal - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o inglês fluente é um diferencial para qualquer profissional em qualquer área.
Eu indico se você é um profissional de TI e ainda não tenha inglês, faça um intercambio urgente! Fique pelo menos 3 meses em um pais que tenho o idioma inglês como primeira língua.
23 - comentário - 27/02/15 - 11:32:26 - Gabriel Guimarães de Vasconcel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Muitos de nós da área de TI imaginamos que entender o que está escrito é o bastante mas não é. Falar inglês e escrever faz toda a diferença.
Alguns profissionais de TI dizem que tem inglês avançado, e quando vão para a escola aprender o idioma percebem que sabem o significado das palavras, mas não a construção do idioma.
O velho conselho do sábio que diz _aprenda um idioma_ deveria ser uma meta tão grande quanto _faça uma faculdade_.
24 - comentário - 27/02/15 - 11:33:11 - Gustavo da Silva Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não digo que seria um impeditivo para conseguir vagas em TI, porem, para as melhores vagas é obrigatorio. O acesso a estas vagas exige inglês fluente.
25 - comentário - 27/02/15 - 11:34:03 - Paulo Napoli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingles fluente é essencial para profissionais que querem estar inseridos em um mercado global. Trabalho em uma multinacional americana no atendimento a cliente globais e o inglês é a lingua oficial usada por profissionais espalhados nas Américas, EMEA e ASIA/Pacific.
GOC
26 - comentário - 27/02/15 - 11:37:06 - Hugo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o inglês é um grande diferencial, se você souber esta ótimo, mas tem um ponto que deve ser levado em consideração :

Aprender inglês fluente demanda tempo e muitos recursos, será que para alguém que já esta na casa dos 30 anos e tem um inglês básico realmente vale a pena este investimento ?

Do ponto de vista pessoal não tenho dúvidas, mas do profissional, não estou certo, acho que os salários oferecidos atualmente não compensam.

Talvez aplicar em certificações ou outros cursos técnicos possa valer mais a pena.
27 - comentário - 27/02/15 - 11:38:16 - Carlos Augusto Alba Casalicchi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em Tecnologia, tudo vem em inglês, tanto treinamentos, quanto livros, blogs, código. Ter inglês fluente é obrigatório em TI!!!
28 - comentário - 27/02/15 - 11:38:24 - José Novaes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês é essencial para o profissional de TI e em muitas empresas já deixou de ser diferencial e virou requisito básico, principalmente para cargos estratégicos.
29 - comentário - 27/02/15 - 11:40:39 - Fabio Luiz Braggio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente alavanca qualquer carreira e abre possibilidades, não somente em TI e não somente na vida profissional. O inglês é a verdadeira _língua franca_ do mundo, o único passaporte linguístico que vale em todo o planeta. Recomendo fortemente a todos os profissionais, não só de TI, que empenhem seus melhores esforços para aprender inglês, se possível passando um período num país onde o inglês é a língua nativa (EUA, Canadá, Inglaterra, Austrália são os principais). Será um excelente investimento na sua vida pessoal e profissional !
Hospitalhd
30 - comentário - 27/02/15 - 11:40:54 - Clarindo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião, dominar o Inglês atualmente já não é mais um diferencial.
É uma questão de sobrevivência no mercado.
31 - comentário - 27/02/15 - 11:41:59 - André Pontes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não.

Inglês fluente pode ser um diferencial, mas são muitos poucos os casos em que é realmente necessário. Na imensa maioria dos casos, apenas a capacidade de leitura de inglês técnico é mais do que suficiente para qualquer carreira em TI.
32 - comentário - 27/02/15 - 11:43:49 - Adilson Brites - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O domínio de idioma qualquer estrangeiro alavanca qualquer carreira em qualquer área. O idioma inglês em especial. Contudo domínio não significa fluência. É um absurdo esperar que um falante não nativo de inglês tenha o mesmo nível de fluência de um nativo.

Já o espanhol deveria ser ensinado às nossas crianças desde o berço, a nossa cultura não pode sobreviver de costas dadas à America Latina.

Acima de tudo o domínio da nossa língua portuguesa deve ser requisito fundamental para qualquer profissão, Chega a ser absurda a forma como nossa gramática e ortografia são ignoradas e maltratadas. Hoje o Brasil tem um papel importante no mercado global e é cada vez maior o interesse de estrangeiros no aprendizado da nossa variante do português.
33 - comentário - 27/02/15 - 11:43:51 - Marcos C. Simão - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Hoje em dia é mais essencial que uma faculdade falar inglês, com mais de 25 anos de carreira na área de TI acompanhei esta necessidade bem de perto, onde candidatos com adequação de 100 % a uma vaga são eliminados no processo de seleção. Infelizmente o Brasil mesmo com a língua inglesa sendo obrigatória no ensino fundamental, não conseguiremos pessoas com fluência na língua como acontece em outros países, e sempre teremos o problema de tempo e os custos de escolas que tentam nos convencer que 2 h por semana você vai adquirir fluência. Com a Globalização esteja sempre preparado para a oportunidade quando ela acontecer. Sempre os mais preparados tem mais _Sorte_ de bons empregos. Bom estudo a todos.
dbassocia
34 - comentário - 27/02/15 - 11:45:09 - Heitor Andrade - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

PRIMEIRO DE TUDO
Se você não tem capacidade de ler um texto em inglês e interpreta-lo, acredito que você nem possa se considerar um profissional de TI, pois toda a documentação decente está em inglês, quando esta é traduzida, já se encontra obsoleta ou próximo de.

Depende muito do cargo que você ocupa e empresa em que trabalha.

Sinceramente acho que é interessante você ter o inglês para se comunicar, mas acho que isso é muito usado como muleta por profissionais despreparados, do qual o mercado está cheio.

Existe uma forma de comunicação muito mais eficiente do que o inglês e o português, que é o software funcionando e a fila de helpdesk sendo atendida de forma satisfatória.
35 - comentário - 27/02/15 - 11:48:18 - João Carlos da Silva Junior - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida, o inglês fluente é fator decisivo para crescimento profissional em qualquer área, mas em nossa área de tecnologia faz toda a diferença. Em meados de 2001, perdi excelentes oportunidades por não ter o inglês fluente. Desde então, foquei em aprendizado formal e informal (procurando conversas via skype ou usando sites especializados). Após isto, fazem 8 anos que o inglês é meu idioma diário no trabalho. Sem dúvida, ter a habilidade de comunicar com pares, colegas e superiores habilitam você a concorrer a melhores oportunidades dentro da empresa e ter preparo para lidar com as situações do mercado. Aprender depois de adulto não é fácil, mas nada impossível. Com o dia a dia, o idioma flui naturalmente. Recomendo sempre a profissionais em início de carreira. Faça um curso de inglês. Evidente que dominar seu idioma nativo é pré-requisito antes de pensar em dominiar outro.
36 - comentário - 27/02/15 - 11:49:55 - Eduardo Finardi Bergamo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sou Analista de Negócios a 10 anos e atuo na área de TI a 17 anos.

Gostaria de contribuir com a minha opinião através da minha experiencia de 17 anos de trabalho em uma multinacional japonesa.

A fluência no idioma é uma característica muito difícil de se obter, requer, além de muitos anos de estudo, vivencia no pais nativo do idioma. A fluência determina que você deve entender as nuances do idioma, quando na pratica, por exemplo, _se fazer compreender_ e compreender o assunto, de forma que não tenha duvidas ou se permita diversas interpretações, é perfeitamente aplicável na grande maioria dos cargos da área de TI.

Dessa forma, o inglês é sem duvida nenhuma obrigatório. A fluência é relativa.

Para quem esta começando, tenha em mente que você precisa estudar e sempre que tiver oportunidade, pratique. Se você quer fluência, considere estudar inglês por 1 ano no exterior.
37 - comentário - 27/02/15 - 11:54:07 - Rafael Komninos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingles fluente é essencial se o objetivo da carreira for um diretoria de TI em uma multi-nacional, por exemplo, ou exportar software para outros países. Não tem saida, vc precisará de ingles e espanhol possivelmente.

Se o objetivo da carreira for gerenciar sua propria empresa em territorio nacional, ou talvez funcionalismo publico, acho que o ingles fluente é um diferenciador mas nao um requisito mandatório.

De qlq maneira, o ingles fluente confirma por si só um diferencial na personalidade, pois a pessoa que fala fluentemente mais de 1 idioma foi consequentemente exposta a outra culturas, outros interesses, outros modos de ver a vida. E isso é que conta para uma empresa: o potencial criativo que o colaborador traz as seus processos.
GOC
38 - comentário - 27/02/15 - 12:00:43 - Fábio Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende.

Algumas empresas realmente valorizam competências como a fluência, neste caso certamente faz diferença e ajudará no crescimento profissional.
No entanto, em empresas que não tratam as competências como primordiais, o profissional não terá destaque por este quesito.
Falo com propriedade, trabalho há vários anos na mesma empresa, falo inglês e espanhol fluentes, mas meu coordenador, gerente e diretor não falam. Vi reuniões fracassarem pois o diretor não conseguia se comunicar com os fornecedores.

Ainda assim, profissionais que dominam o inglês não são reconhecidos ou destacados na corporação.
40 - comentário - 27/02/15 - 12:08:02 - Sergio Minc - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingfles Fluente é imprenscindível .
Mesmo se um emprego no Brasil não solcitar tanto, nos próximos será um difirencial competitivo fortissimo, senão o mais importante.
41 - comentário - 27/02/15 - 12:09:32 - João lanaro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Bom dia,

Na minha opinião é que o inglês , a cada dia, se torna mais necessário, pois a globalização já deixou de ser uma realidade e passou a ser uma necessidade e com isso é necessário um idioma que permita uma comunicação comum.

Inclusive percebemos que vagas que tecnicamente exigem o mesmo conhecimento, tem um diferencial de salário para contas nacionais e internacionais, ou seja, com o inglês o salário é maior.

Enfim, eu recomendo que assim como investimos tecnicamente na carreira, investimos em pós-graduação, também precisamos planejar o investimento em uma segunda ou terceira língua.

Espero ter contribuído.

Abs
João Lanaro
Gerente de TI
42 - comentário - 27/02/15 - 12:19:06 - Rubens Farias - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Independente da sua empresa valorizar o segundo idioma, o inglês é uma peça **fundamental** no seu aperfeiçoamento profissional, por diversos fatores:

- Prestadores de serviço aumentam as possibilidades de vender seus serviços no exterior
- Funcionários de grandes empresas ficam melhor posicionados nos casos de fusões e aquisições
- Software básico geralmente é construído no exterior, com a documentação em inglês_ leia no original, saia na frente

Vejo com certa frequencia a cobrança de fluência impecável. Ora, nem em português somos perfeitos! Sou favorável que as pessoas tenham um nível de suficiência para a comunicação, escrita e/ou verbal.

Cursos específicos, intercâmbios e viagem ajudam, claro, mas precisam caber no orçamento. Aplicativos como o Duolingo e assistir a filmes com áudio e legendada em inglês ajuda a melhorar a fluência de um jeito barato.

Good luck,
apipesq
43 - comentário - 27/02/15 - 12:23:14 - Consultor de TI - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês é necessário não somente para TI mas para qualquer atividade que voce queira realizar hoje em dia. Os melhores livros, filmes, países para viajar a passeio, etc. tudo pede para voce ser fluente em inglês.
44 - comentário - 27/02/15 - 12:25:43 - Paulo Victor Gama Gross de Sou - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que sim, pois está área é muito dinâmica, então envolve muito estudo, principalmente sobre artigos e práticas que estão sendo discutidas em outros países também. Outro fator importante no qual o inglês alavanca a carreira é quando a empresa tem negócios internacionais, com fornecedores ou clientes de fora do país.
45 - comentário - 27/02/15 - 12:32:21 - Ednaldo Eloy - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Também não tenho dúvida nenhuma quanto ao Inglês no ambiente de TI ser necessário. Não só a área de TI usa Inglês como todas as áreas de uma empresa requer alguém ou um grupo de pessoas com domínio da língua Inglesa. Eu conquistei os meus últimos empregos em TI com a ajuda do meu domínio neste idioma. Assim, acredito que o domínio em uma ou mais línguas ajuda e muito numa carreira em TI.
46 - comentário - 27/02/15 - 12:33:01 - Alvaro Franco Becker - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Atuando como consultor de SAP vejo que para profissionais sêniors certas oportunidades de melhor valor só estão acessíveis para quem tem inglês fluente-são projetos internacionais. Minha observação mostra que com inglês fluente, em média, é possível obter taxas em torno de 20 a 30 reais por hora acima das que não o exigem (podendo a diferença ser bem maior que esta). Neste segmento há pouca oferta,é difícil encontrar consultores disponíveis com inglês fluente. Acredito que isto se deve a serem oportunidades que não representam a maior parte do volume da demanda.A demanda restrita permite o crescimento de muitos profissionais sem esse skill. Concordo com os comentários deste forum-a leitura de documentação em inglês é essencial. Para quem está mais no início da carreira, o inglês fluente abre portas, pois gera oportunidade de exposição e consequente crescimento profissional.
Pecados
47 - comentário - 27/02/15 - 12:33:46 - Gabriel Molina - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá a todos!

Sem dúvidas, o inglês hoje é imprescindível, não só em IT, mas na nossa vida, é uma realidade.

Para quem tiver a possibilidade e mesmo para quem não tenho, é extremamente importante o esforço do investimento dos pais, para com os filhos, nas línguas espanhol e inglês.

Nos primeiros anos de vida, os seres humanos possuem muito mais facilidade de aprendizado e muito menos resistências.

A inclusão global de um ser humano é a porta para o entendimento do passado, presente e futuro.

Espero que possa ter contribuído, ajudado e motivado.

Um abraço
Gabriel Molina
Gerente de Programa Projetos e Aquisições Latino América
48 - comentário - 27/02/15 - 12:35:18 - Amauri - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O domínio do inglês foi essencial na minha vida profissional, hoje eu faço parte de um time global responsável pela manutenção de diversas instalações SAP e faço isso de casa, prática muito comum nos países desenvolvidos mas ainda muito recente aqui no Brasil.
49 - comentário - 27/02/15 - 12:38:49 - Ricardo C. - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês foi a principal ferramenta que me ajudou a conseguir uma oportunidade no exterior e a consequentemente alavancar minha carreira na área de TI. Para qualquer profissional com aspirações semelhantes, este idioma deve ser visto como a porta de entrada para a oportunidade de trabalhar em projetos de nível internacional.
50 - comentário - 27/02/15 - 12:40:04 - Joaquim - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É claro que ter inglês fluente é bom, mas é necessário analisar caso a caso.


Estou com 40 anos, tenho inglês intermediário, investi muito tempo e dinheiro para chegar até aqui. Não tenho facilidade com idiomas e para ser fluente teria que priorizar muito isto na minha vida, sinceramente, não acho que vale a pena.


Outro ponto é que muitos que possuem o inglês intermediário, falam que é fluente. Saber sobreviver não é ser fluente, ser fluente é conseguir se expressar de forma escrita e falada, com todas as sutilezas que a comunicação mais sofisticada exige.
Pecados
51 - comentário - 27/02/15 - 12:56:21 - Flavio Oliveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É tão importante ou mais que o conhecimento técnico. Com bons conhecimentos em Inglês o leque de possibilidades do profissional aumenta tanto em quantidade com em qualidade de ofertas, considerando que os melhores salários são oferecidos por empresas com posicionamento global. Outro fator importante é que as melhores fontes de informação técnica estão em Inglês. Documentação técnica, cursos online (Coursera, Khan Academy, Top Coder, Hackers Hank etc etc), Por ai dá pra ter uma idéia da vantagem que um profissional que domina o Inglês tem em relação a outro que não tem, chega a ser covardia.
52 - comentário - 27/02/15 - 13:07:03 - Thiago Nascimento - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para a minha área necessito de inglês para consulta de materiais e divulgação. Nas atividades diárias o uso de inglês para conversação, ou seja, a fluência que muitas vezes é solicitada pelas empresa, não tem impacto direto na qualidade das entregas e tão pouco é impeditiva para o avanço na carreira.
53 - comentário - 27/02/15 - 13:25:05 - João Ferreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com o mercado competitivo, o profissional da área de TI necessita de aprendizado e aperfeiçoamento. Como na maioria das vezes o material para este aprimoramento está na língua inglesa, fica evidente que o domínio do idioma se faz necessário. Poder se comunicar com o resto do mundo para buscar informação e poder ter a oportunidade de trabalhar em alguma multinacional também faz parte do mundo de quem quer alavancar uma carreira na área que escolhemos, logo o idioma inglês é a primeira língua que os não nativos deste idioma devem buscar.
54 - comentário - 27/02/15 - 13:29:10 - Rafael - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu nao estaria onde estou sem experiencia internacional e ingles fluente. Hoje trabalho e vivo na Inglaterra e sou responsavel pelos contratos da empresa na Europa. Alem da minha atuacao atual no exterior, quando existem contratacoes para um dos meus times localizados fora de UK ou USA, sempre que 2 candidatos estao com semelhanca tecnica, o ingles obviamente e_ o diferencial, principalmente para quem busca carreira na gestao de contratos/projetos internacionais.
API
55 - comentário - 27/02/15 - 13:29:44 - Bruno B - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu não teria conseguido nenhum trabalho com um salário adequado ao meu nível de conhecimento se não fosse pelo inglês. Em específico para a área de network, inglês é o primeiro pré-requisito. Uma certificação você tira em 6 meses com muita dedicação e a experiência em cima deste conhecimento você adquire em 1 ano. Aprender inglês bem, para conversar fluentemente, leva no mínimo 4 anos (sem imersão em um país que fale inglês). E digo mais, em várias empresas, o Brasil é costuma ser o HUB da região, então o espanhol também foi outro requisito e também me abriu muitas portas.
56 - comentário - 27/02/15 - 13:52:46 - Willians Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza, hoje não conseguimos manter o título de bom profissional sem ter um Inglês caprichado.
57 - comentário - 27/02/15 - 13:53:37 - Vitor Gasparini - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida!
Na área de TI, o inglês ao menos de nível intermediário já é imprescindível nos dias de hoje. Se contarmos que os materiais, fóruns de estudo e todo conteúdo mais aprofundado de alguma tecnologia são escritos em inglês, já nos faz pensar na necessidade de possuirmos tal skill.
Outro ponto, são as oportunidades de carreira geradas pelo conhecimento avançado na lingua inglesa. Hoje temos grandes corporações com filiais em outros países, onde o inglês é o idioma oficial ou segundo idioma. Temos também, pequenas empresas, que possuem grande interação com fornecedores multi-nacionais. Boa parte deles, com laboratórios ao redor do mundo e uma única central de atendimento, onde o idioma também é o inglês.
Posso dizer que a fluência me deu papel de destaque na minha equipe e empresa, inclusive uma promoçã. Se puder aconselha-los, invista tempo e dinheiro no conhecimento do idioma.
58 - comentário - 27/02/15 - 13:55:57 - Carlos Eduardo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês ou qualquer outro tipo de idioma alavanca e muito a carreira de um profissional de TI. Trabalho na área desde 2005 e antes de ingressar estudei inglês por 6 anos e 1 de espanhol. Com isso, trabalhei em 6 empresas multinacionais seguidas utilizando o idioma inglês na maioria do tempo. Cabe ressaltar que, idiomas no geral, sempre são bem vindos e não há desvalorização como as certificações. Onde, dependendo da certificação o profissional precisa renová-la. Portanto, tudo o que possuo hoje tanto profissionalmente quanto pessoalmente, devo ao inglês. Além de ser um diferencial ( no caso de fluência) as portas sempre estão abertas e oportunidade para trabalhar em outros países é real. Sem idiomas, não dá para ter vida longa na área de TI. O ideal é sempre fazer cursos de idiomas, cursos e certificações na área buscando especialização ( MBA ou Pós) para galgar altos cargos.
Hospitalhd
58 - Réplica - 27/02/15 - 13:59:08 - Osvaldo Martini Filho - 200.162.13****

Sim, influencia e muito. Tenho mais de 15 anos em TI, Minhas propostas de trabalhado tiveram melhores valores em contratação. Passei 3 anos fora do pais, melhorei meu na fala e escrita inglesa. Percebi que esse avanço na língua inglesa me trouxe melhores contratações.
E Claro é fato que a na literatura inglesa encontramos as melhores especificações de TI.
59 - comentário - 27/02/15 - 14:04:19 - Alexandre Carvalho - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês é fundamentalmente essencial nos dias de hoje, principalmente para a área tecnológica onde tudo de mais novo é lançado lá fora e demora para chegar aqui.
O Inglês já se tornou obrigatório para se ter uma carreira e qualquer outro idioma que você possa vir a aprender além do Inglês, será muito bem visto e com certeza irá ajudar a alavancar a carreira, atingindo o tão almejado sucesso profissional.
60 - comentário - 27/02/15 - 14:10:40 - Vagner - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Este assunto tem que ser examinado sob vários aspectos:

Sem dúvida, ter condições de realizar, no mínimo, uma boa leitura técnica em inglês é primordial para quem está na área. Basta lembrar que muitos softwares são desenvolvidos na língua e emitem suas mensagens neste idioma. Como compreender e solucionar um problema sem o mínimo entendimento do que a mensagem diz?

Sob o aspecto carreira, há alguns outros pontos a considerar: trabalhar em multinacionais e, principalmente, fazer carreira nelas, pressupõe que o domínio da língua será exigido em algum momento.

No entanto, vejo há algum tempo que, em muitos casos de seleção de pessoal, exige-se um conhecimento da língua que não é necessário para a posição/tipo de empresa ao qual pertence a vaga, o que pode provocar a perda de ótimos candidatos. Coisa semelhante acontece com as controversas _certificações_...
61 - comentário - 27/02/15 - 14:11:25 - Sebastião - 189.62.87.****

É claro que ajuda, mas acho que alguns comentários são exagerados.

Por eles parece que a melhor alternativa é se formar em letras, para ter fluência em inglês e depois vir trabalhar na área de TI, rsrsrsrsrs !!

Inglês é importante, mas conhecimento técnico, habilidade de trabalhar em grupo. conhecimento do negócios e etc, também são.
dbassocia
62 - comentário - 27/02/15 - 14:20:26 - Elcio Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para a grande maioria do _povo_ de TI e especialmente os especialistas, o inglês para leitura e escrita (Técnica) são fundamentais. Para os Executivos, além do domínio desta prática, a FLUÊNCIA se faz mandatória. Em 90% das Empresas de Tecnologia, em algum momento será necessário a conversação com pares em / de outros países. Por isso a importância a qual me refiro. Hoje, quando seleciono Executivos para trabalhar em minha área, dou enfase ao English Language como um dos requisitos de contratação.

Elcio.
63 - comentário - 27/02/15 - 14:27:59 - Antonio Dias - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que fluência em Inglês é um fator determinante nos processos seletivos para vagas de auto nível e maior remuneração. A dominância do idioma tanto na documentação quanto como língua universal para comunicação faz da fluência mais do que um requisito mas uma necessidade.
64 - comentário - 27/02/15 - 14:49:37 - Cleiton - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião hoje é básico ter Ingles fluente em qualquer vaga de emprego. Diferencial é Frances, Alemão, dentre outras.
65 - comentário - 27/02/15 - 15:07:32 - Luiz Henrique da Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza o Inglês é fundamental para o desenvolvimento da carreira do profissional de TI. A falta dele é tão grave quanto não se ter graduação, ou certificações específicas da área que atua. A muito tempo deixou de ser diferencial sendo item básico, inclusive torna-se comum as empresas fazerem parte ou toda a entrevista de trabalho em inglês. Não minta no seu Curriculum. Be Prepared !!
GOC
66 - comentário - 27/02/15 - 15:10:06 - Felipe Pereira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Respondendo a pergunta, ter Inglês fluente alavanca e muito a carreira em TI, visto que a área de Tecnologia da Informação vem ficando cada vez mais concorrida e se sobressaem os que apresentam uma língua estrangeira, de preferência o Inglês com absoluta certeza.
66 - Réplica - 27/02/15 - 15:18:16 - Ricardo Amaral - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza ajuda pois temos excelentes oportunidades de empresas multinacionais, e pelo fato de termos um déficit de profissionais qualificados e com bom nível de inglês, muitas empresas acabam buscando recursos externos (e as vezes até de consultorias indianas, no caso do SAP) e assim acabamos perdendo espaço no mercado apesar de sermos até melhores qualificados que os extrangeiros.
67 - comentário - 27/02/15 - 15:55:43 - Juliano - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, mas depende, se vc for trabalhar,em uma empresa ou área que vai precisar ou faz uso diário. Minha impressão que oportunidades aparecem quando se esta preparado, e vai por mim, vc nunca vai estar, nativos as vezes não entendem indianos falando, existem vários sotasotaquesinha sugestão é estudar, usar e sem preocupaçao de sempre entender tudo. Com o tempo vc vai melhorando.
68 - comentário - 27/02/15 - 16:32:30 - Edson - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Penso que ajuda muito pois para mim abriu algumas portas mas a fluencia somente adquiri na Hp quando tinha contato com profissionais de outro pais.Em empresas que somente pedem ingles fluente para elevar o nivel do profissional mas nao utilizam ingles acabam frustando o profissional isto e muito ruim
apipesq
70 - comentário - 27/02/15 - 17:40:33 - Fernando Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês é - como qualquer outra - uma ferramenta_ quanto mais hábil no uso dela for o profissional maior o retorno.
Trabalhando todos os dias com clientes internacionais vejo que muitos negócios são perdisos justamente porque a massa de profissiionais de TI não fala - minimamente bem - o inglês. Não o inglês técnico mas o mínimo para manter uma conservação, por exemplo. Uma coisa que é bastante irônica: nossos hermanos - os argentinos - tem uma média de profissionais que falam inglês - bom inglês - infinitamente maior que a nossa. Algumas contas têm migrado o suporte da India para Argentina com resultados bastante satisfatórios.
O que será que nós?! Cada vez mais - apesar de necessário - o domínio do inglês se torna escasso_ quando deveria ser cada vez mais abrangente. É um paradoxo!
71 - comentário - 27/02/15 - 17:40:49 - carlos odilon - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Num mundo globalizado quem nao falar mais que a sua propria lingua estara com problemas em qualquer profissao.
O problema eh que o profissional de ti tem que estudar tudo quanto eh linguagem, mais metodologias, mais gestao mais governanca, mais ingles e daqui a pouco Chines por um salario que nao eh compativel e muitas vezes nem CLT.
72 - comentário - 27/02/15 - 18:09:42 - Kleber - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Mesmo que o profissional não tenha a necessidade de interagir com nativos da língua inglesa, diversos textos e documentação, fóruns e afins estão na língua inglesa, e sua compreensão facilita e muito o trabalho.
73 - comentário - 27/02/15 - 18:43:40 - Rodrigo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim. Principalmente se o conhecimento abranger o ingles técnico. Grande parte da literatura disponível de qualidade continua sendo no idioma nativo.
Hospitalhd
73 - Réplica - 27/02/15 - 23:18:23 - Leonardo C. - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Boa noite Pessoal.
Acredito que para os dias atuais principalmente se tornou fundamental um nivel de ingles bem avançado ou até mesmo fluente. A grande maioria das grandes corporações e integradoras possuem como lingua base a inglesa. Desta forma isso ajuda nas atividades do dia a dia e depois de muito trabalho, isso servirá como trampolim para alavancar a carreira.
Forte Abraço.
74 - comentário - 27/02/15 - 18:46:31 - Augusto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não foram poucas as oportunidades que a fluência no Inglês, me proporcionou. É evidente que não é só o idioma, porém, certamente podem ter contabilizado a fluência como critério de desempate contra um candidato com um perfil muito parecido. Entrevistas internacionais pelo Skipe ou telefone, são constantes e muito prazerosas. Certa vez, negociei detalhes do projeto com um executivo chinês num café da manhã num hotel da zona sul. Foi muito interessante. No meio de TI, por incrível que pareça, são poucos os que possuem fluência no Inglês. Com o resto do planeta procurando oportunidades de investimento, o Brasil é uma opção quase obrigatória para eles! Sucesso à todos!
75 - comentário - 27/02/15 - 18:46:44 - Reginaldo de Sá - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente, oportunidade surgem e estar pronto para aceitá-las é um diferencial.
Tive a oportunidade de participar de um projeto nos EUA, e o conhecimento do idioma foi fundamental.
Atualmente auto em projetos nacionais, mesmo não tendo contato direto com profissionais estrangeiros, o uso da língua está presente no dia a dia em TI.
76 - comentário - 27/02/15 - 19:20:31 - Gabriel Ferreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É possível ser um profissional de TI sem falar inglês? A resposta é sim, só que você sempre será limitado.
Eu diria que se você quer realmente se destacar, inglês não é um diferencial mas uma necessidade. Todos os melhores desenvolvedores que conheço falam inglês e entre nós isso não é nada surreal, muito pelo contrário: é bem comum. Por isso eu digo e repito: se quer se destacar, falar inglês é um pré-requisito.
A maior parte da documentação dos softwares que utilizamos estão em inglês. Livros, tutoriais e cursos bacanas estão em inglês. Qualquer projeto internacional que você quiser participar será necessário falar o inglês.
Resumindo: se não sabe, aprenda.
Hospitalhd
77 - comentário - 27/02/15 - 19:39:12 - Helder Mansur - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Alavanca qualquer carreira hoje em dia. É necessário para crescer internamente, mas não mais para se destacar.
Já foi a época que inglês fazia milagres. Hoje vejo que é necessidade, não é mais ponto fora da curva.
Mas no meu caso, abriu portas várias vezes.
78 - comentário - 27/02/15 - 19:45:39 - André Dutra - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O simples fato de possuir fluência ou conhecimentos avançados na língua inglesa não vai alavancar a carreira. Porém, ela permito o acesso a materiais e treinamentos que não são disponibilizados na língua portuguesa.

Se o profissional for autodidata e esforçado em suas pesquisas, terá acesso a um acervo online e impresso muito maior que lhe certamente agregará conhecimento e valor ao seu currículo, trabalho diário e discussões sobre evolução de tendências e novas tecnologias que auxiliam em aumentar a visibilidade e notoriedade do profissional.

Resumindo, inglês sem um profissional que busque informações e evolução de conhecimento, não será um diferencial e é facilmente identificado em uma entrevista.
79 - comentário - 27/02/15 - 19:54:49 - Tavares - 200.157.23****

Acho que as respostas estão um pouco utópicas.

Inglês fluente é ótimo, uma boa faculdade também, de preferência com uma pós.

Tirar todas as certificações da moda.. ótima ideia.

A questão é : O mercado paga realmente o que deve por todo este conhecimento ?

Trabalho em TI a mais de 30 anos, sempre ouvindo a conversa de que falta profissional qualificado, em resposta cada vez mais as pessoas se especializam, é uma beleza para os donos de faculdade, escolas para tirar certificação, escolas de idioma e etc...

Sou formado em computação pela USP, tenho MBA, pós, inglês fluente e certificações, tenho um salário que considero razoável, mas é só sair no mercado que me oferecem atrocidades como PJ, CLT-Flex, Cooperativa fajuta e etc.

Cadê o reconhecimento por todo este conhecimento ??
79 - Réplica - 28/02/15 - 08:28:52 - Daniel Santana - 201.92.181****

Tavares, concordo contigo que aqui no Brasil algumas empresas não reconhecem (financeiramente) bem as qualificações diferenciais de muitos profissionais e tampouco investem na evolução de seus colaboradores.

Por outro lado, acho que é justamente por isso que o inglês, por exemplo, pode alavancar uma carreira. A fluência neste idioma nos permite migrarmos para projetos e/ou países que reconheçam melhor nossas habilidades extras.

Ao longo de minha experiência na carreira percebi que o céu é o limite.

Abraço a todos e um ótimo dia.
dbassocia
79 - Réplica - 28/02/15 - 14:05:37 - Sacramento - 187.37.84.****

Concordo plenamente com seu comentário, o mercado aproveita muito da necessidade que todos temos de trabalhar e começar a criar exigências que muitas vezes jamais serão usada.
O inglês é recomendado, mas não adianta exigi-lo simplesmente como filtro de seleção de candidatos, em uma empresa que por mais que tenha 1 ou 1000 funcionários ele nunca seja utilizado idioma.
79 - Réplica - 27/02/15 - 20:52:50 - SILAS - 179.99.107****

Perfeito :)
80 - comentário - 27/02/15 - 20:13:08 - Giovanni Giazzon - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter inglês fluente não alavanca a carreira por si só. O bom profissional vai muito além das línguas que este fala. O quão importante ter proficiência em inglês será importante depende muito do mercado que o profissional está inserido. Inglês técnico não é o mesmo que fluência. Evidente que carreiras em multinacionais ou no exterior dependem da fluência, mas isto não é indicativo de sucesso. Tudo depende do que se quer para a vida profissional, o significado de sucesso para você.

De qualquer forma, saber falar bem o inglês é um indicativo de auto aperfeiçoamento em qualquer lugar.
81 - comentário - 27/02/15 - 20:48:17 - Mauricio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A fluência em inglês pode ampliar as oportunidades, mas não assegura que o profissional possa alavancar a carreira sem uma boa formação e acima de tudo com experiencia. Tive grandes oportunidades devido a fluência, morando fora do Brasil, mas sem provar experiência, não conseguiria nada.
GOC
82 - comentário - 27/02/15 - 22:08:46 - kleber vianna - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Definitivamente não! O que importa mesmo é o diploma ou certificado de algum curso de inglês, não a fluência em si.
Raramente alguém da empresa que contrata teria condições de avaliar o inglês do candidato.
Aliás, declarações do tipo _apto para entrevistas no idioma_ no currículum pode atrapalhar mais do que ajudar, uma vez que pode causar alguma insegurança no entrevistador.
82 - Réplica - 27/02/15 - 22:33:15 - Diogo - 187.2.103.****

Concordo em partes. Em 2010 fiz uma pré-seleção em uma consultoria em SP. Os bem avaliados no Inglês seriam indicados para a empresa contratante. A primeira parte da pré-seleção começou com uma redação. Resumindo: a consultora que iria me "testar" na conversação em Inglês não quiz nem falar "hi" pra mim. Fui direto pra entrevista com a empresa contratante.
Quanto ao diploma ou certificado, não concordo. Se a empresa faz tanta questão deste requisito, ela com certeza quer te ver falando ao vivo e não um certificado ou diploma.
Quanto a pergunta do forum, penso que como tudo na vida, "depende".
Depende da empresa que você trabalha. Ela valoriza o Inglês?
Depende da empresa que você pretende trabalhar. Ela exige Inglês fluente?
Depende do uso do idioma na empresa. Além de a empresa exigir, o Inglês é realmente usado no dia-a-dia?
Se sim, há chance de o Inglês alavancar sua carreira.
83 - comentário - 27/02/15 - 23:26:11 - Marcos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, inglês é fundamental, principalmente nas multinacionais. Hoje tenho diálogos em inglês quase todos os dias na empresa. Por um momento, imaginei que esse dia não chegaria, mas chegou. Por sorte (Deus), a preparação começou cedo.

Pra quem ainda está na dúvida, minha dica é começar já. Matricular-se num bom curso e alavancar assistindo filmes com idioma e legendas em inglês ou ouvindo música e acompanhando a letra. Não há tempo a perder.
84 - comentário - 27/02/15 - 23:34:15 - Nilton Carlos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende um pouco da sorte e das políticas internas da empresa. Muitos recrutadores pedem inglês fluente para filtrar os candidatos de uma melhor forma, ou porque o gestor da área de TI solicitou, pois de vez em nunca ele irá conversar com alguma pessoa do suporte ou gestor de projeto que é estrangeiro, ou até mesmo irá muito esporadicamente ao exterior para assistir um curso ou trabalhar. Fora isso, o inglês instrumental (técnico) é suficiente.
Agora, alavancagem de carreira em Y, na minha visão, está muito mais relacionada aos Soft Skills do que aos Hard Skills, ou seja, serão destaques: a capacidade de comunicação, relacionamento, persuasão, networking, bajulação (valiosíssimo!), maturidade, etc.
Para subir de nível em sua área técnica, o que vale mesmo é a EXPERIÊNCIA, decorada com certificações técnicas.
apipesq
84 - Réplica - 28/02/15 - 11:43:48 - Marzo - 177.80.193****

Caro Nilton, uma dica: fuja de empresas onde a "bajulação" é valiosíssima. Isso ainda é uma verdade em nosso país, mas muito mais raro fora daqui onde os outros atributos que citou é que são valiosíssimos, e todas as empresas onde a bajulação é ítem valioso, o caráter de seus dirigentes são questionáveis e por isso não sobrevivem ou ficam paradas no tempo pois quem se dedica à bajulação emburrece e atrasa. Sou desenvolvedor de sistemas BI e tive contato de com isso. Já implantei sistemas em empresas assim, com a cultura do "puxa-saquismo" e o resultado eram projetos que não eram usados por ninguém.
Se torna meio que uma lei da compensação, o profissional compensa a deficiência em inteligência e trabalho com bajulação extrema e é diretamente proporcional, ou seja, quanto mais incompetente, mais puxa-saco. Vamos acabar com isso boicotando essas empresas e profissionais!
85 - comentário - 27/02/15 - 23:40:42 - Ademilson G. de Oliveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Saber Inglês foi fundamental em minha carreira como Técnico Eletrônico, Analista de Sistemas e mesmo para meu crescimento humano.
Quando iniciei aos 18 anos, meu objetivo era muito modesto_ eu só queria ser capaz de ler alguns manuais e livros técnicos da empresa em que trabalhava. Não pensava em falar fluentemente e nem sonhava que 5 anos mais tarde meu futuro empregador me enviaria para um treinamento nos EUA, ou que muitos anos mais tarde eu daria aulas de inglês em uma escola de idiomas.
Mas mais importante, é a certeza do quanto isso contribuiu para minha percepção do mundo, esse mar de informações, ideias, filosofias, oportunidades de conhecer pessoas, culturas e desenvolver empatia.
Compreender é preciso!
Nesse caminho, é fundamental gostar do que se faz. Aquilo que fazemos com gosto acaba sendo a nossa expressão, a nossa realização!
86 - comentário - 28/02/15 - 07:58:47 - Daniel Santana - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Quando comecei na área a internet não era tão difundida quanto atualmente e o resultado era a falta de conteúdo, principalmente em português. Treinamentos, softwares, apostilas, fóruns, suporte ao cliente? Na época, tudo em inglês.

A tecnologia amadureceu e hoje encontramos quase tudo já traduzido e ainda assim o inglês exerce um papel fundamental. Já trabalhei com equipes de NY, Austrália, Índia, Holanda, etc. Em todos os casos foi preciso ou uma entrevista ou que um problema surgisse no meio do dia e alguém perguntasse: _quem aqui conhece o projeto e fala bem inglês?_.

A globalização aumentou a interação entre países e línguas estrangeiras abrem portas para vagas e projetos com empresas de fora. Além disso, idiomas extras exercitam nossa inteligência e ampliam nossa área de atuação permitindo nos deslocarmos com a segurança de bem nos comunicarmos. Boa sorte e um abraço a todos!
87 - comentário - 28/02/15 - 09:16:04 - Bete - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com Certeza, principalemente se vc for trabalhar em uma empresa amercana que esteja há muito tempo no Brasil. Pois a maioria dos pro de projetos são internacionais e a linguagem utilizada para a comunicação é o Inglês.
Pecados
88 - comentário - 28/02/15 - 11:29:50 - Marzo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Definitivamente! Mesmo que trabalhe em uma empresa nacional, todo material com um nível melhor está escrito em inglês, é a linguagem de tecnologia e negócios. A proposição de uma questão como essa demonstra como, aqui no Brasil estamos defasados em relação ao que acontece no resto do mundo.
Vejam só vocês que mesmo uma das sociedades que é tida como mais atrasada em relação à estratificação social, que é a indiana, realizaram um programa nacional de ensino de tecnologia e inglês à população e hoje vemos o que está se tornando este país em relação à exportação de profissionais e terceirização de serviços em TI. Estamos perdendo, de novo, o bonde da história.
Não estranhem, se daqui 3 ou 4 anos seus cordenadores, gerentes, diretores, aqui no Brasil, forem indianos.
89 - comentário - 28/02/15 - 12:47:22 - Michael C. Buratti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Reprovamos 40 candidatos por mentir no nível de inglês. Do currículo, o inglês fluente não passava de embromatiom! Além de documentação e cursos em inglês, de nada serve o certificado se a pessoa não consegue conversar com os clientes, chefes ou colegas de outro país. Quem não domina o inglês está fadado a cargos de coadjuvante.
90 - comentário - 28/02/15 - 13:50:31 - Ivo Garcia - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente. As melhores vagas em multinacionais exigem inglês fluente. Outro ponto importante é que transferências entre escritórios da mesma empresa somente são oferecidas às pessoas que dominam o inglês e às vezes também a língua local. Analistas de negócio e coordenadores devem investir nisso. Gerentes e demais executivos, sem inglês, vão ter dificuldades em se recolocar nos próximos anos.
90 - Réplica - 28/02/15 - 13:54:53 - Ivo Garcia - 201.6.175.****

Só um ponto que esqueci de comentar: De nada adianta o inglês ser fluente se a pessoa não consegue escrever corretamente em português. Leia bastante! Escolha qualquer tipo de literatura que lhe agrade e LEIA! Deixe o "vc", "naum", "vixi", "é nois" e outras aberrações de lado, pois isso ajudará a manter sua escrita afiada.
Pecados
91 - comentário - 28/02/15 - 15:08:39 - Reynaldo - 177.183.13****

Inglês fluente só é necessário para cargos gerenciais em TI, assim mesmo com ressalvas, no demais é entender e se fazer compreender.
92 - comentário - 28/02/15 - 15:47:36 - Merielen Sabaini - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente que ajuda, principalmente se o objeivo é estar apto a trabalhar em multinacionais, nas quais é um requisito básico. Já para empresas nacionais pode ser um diferencial, afinal infelizmente ainda em muitos casos só conseguimos achar alguns materiais (de boa qualidade) em inglês. No meu caso ajudou muito na conclusão do me TCC também, como trabalho com teste de software resolvi fazê-lo sobre o assunto e o que escolhi pesquisar tinha vasto material para pesquisa, só que não em português... Se eu não soubesse inglês isto teria se tornado um grande problema.
93 - comentário - 28/02/15 - 17:35:52 - Marcelo Alves - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Falando da minha experiência ajudou muito, pois utilizo o idioma todos os dias no trabalho, mesmo não estando em um cargo gerencial. Se for considerado o processo seletivo, saber o idioma será um diferencial entre outro candidato. Se o foco da carreira é uma empresa multi-nacional o inglês é necessário.
94 - comentário - 28/02/15 - 17:53:30 - Juliana Rastrello - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, com toda certeza. Hoje o mercado esta cada vez mais globalizado e a tendência é que muitos grupos de suporte sejam offshore. Desse modo, o não conhecimento do idioma, realmente influi na sua capacidade e produtividade no trabalho.
API
94 - Réplica - 01/03/15 - 10:55:53 - Dalton - 177.76.213****

O problema eh o salario incompativel com o mercado estrangeiro.
95 - comentário - 28/02/15 - 18:24:41 - JOAO - 179.157.25****

INGLÊS É IMPORTANTE SIM, E NÃO SÓ O INGLÊS, COMO SABER UMA SEGUNDA OU TERCEIRA LINGUA COMO ESPANHOL, ALEMÃO, CHINÊS,ETC
96 - comentário - 28/02/15 - 20:36:28 - Norberto de Abreu Junior - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Trabalho em uma multinacional onde a língua predominante é o inglês,
já é comum ouvir o jargão _inglês não é mais um diferencial é um pré requisito_ e
apesar de ouvir muito isso, discordo em parte, porque não é muito fácil encontrar profissionais com essa qualificação, muitas pessoas ainda confundem inglês fluente com inglês técnico.

Eu continuo acreditando que fluência ainda é um diferencial.
97 - comentário - 01/03/15 - 12:05:52 - Rogerio Sisti Peres - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Definitivamente é um diferencial muito importante. Graças ao Inglês fluente, já trabalhei em grandes empresas nos EUA (SAP, Conoco-Phillips, ExxonMobil, entre outras) morando ou passando longas estadias durante o período de trabalho. Da minha área menos de 5% dos meus colegas tem inglês fluente. Todos os colegas que seguiram minha orientação e estudaram inglês até alcançarem um bom nivel de fluência tiveram um salto em suas carreiras e seu mercado de trabalho deixou de ser limitado ao Brasil e passou a ser mundial, devido ao tipo de consultoria que prestamos e características do modo de trabalho dos brasileiros.
GOC
98 - comentário - 01/03/15 - 14:18:01 - Marcelo Valle - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Nunca achei que fosse morar fora do pais, mas descobri recentemente que eu tinha direito a cidadania espanhola e comecei a procurar emprego em Londres. No processo, vários outros amigos que já trabalham fora há um tempo me deram dicas e descobri que muitos deles conseguiram visto e adiquiriram a cidadania por outros meios.
É incrível a mudança positiva que está sendo em minha vida, consegui emprego aqui em Janeiro numa empresa e numa vaga que eu jamais veria no Brasil. Aqui posso trabalhar com desenvolvimento de jogos se eu quiser, por exemplo. Além disso, vários amigos trabalham remotamente para empresas no exterior, o que tem ficado cada vez mais comum.
O inglês é importante? Nenhuma dessas oportunidades está disponível se você não tem o inglês. Outras capacidades são necessárias, mas o inglês é básico, é bom ter o quanto antes, pois nunca se sabe quando algo surgirá.
99 - comentário - 01/03/15 - 17:35:04 - Christian Claudino Greggio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim. As melhores posições estão em empresas multinacionais. Portanto, inglês fluente é um diferencial, principalmente, quando se pretende atuar nas áreas estratégicas destas empresas.
100 - comentário - 01/03/15 - 19:29:36 - Hélvio Poletti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Quando se fala em Inglês fluente, deve-se perguntar baseado em qual certificado de proficiência? Ielts? Tofel? Muitas pessoas falam que tem inglês fluente e na hora da entrevista ficam no máximo no intermediário. É óbvio que quanto melhor o seu inglês, melhores as chances de conseguir boas oportunidades, ainda mais na área de TI, onde vira e mexe precisamos conversar com pessoas de diferentes partes do mundo, para diversos fins.
101 - comentário - 01/03/15 - 20:59:40 - Rodrigo Ciochetti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não tenho certeza se alavanca a carreira, mas que tem um peso considerável para uma melhor colocação, com certeza tem.
O ingles é fundamental para funcionários de T.I. de qualquer área de atuação.
Hospitalhd
102 - comentário - 02/03/15 - 02:08:34 - Marcos Monteiro de Souza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente representa expandir horizontes na carreira. Quanto melhor a proficiência, mais fácil será o desenvolvimento de atividades e maior a tendência de conquistar cargos e salários superiores. Os melhores conteúdos disponíveis na web estão em inglês. Na área de TI, a língua nativa da maioria das tecnologias é inglês, ou seja, para ser um profissional completo é muito importante ter domínio deste idioma. Além de todos esses pontos, falar inglês proporciona um aumento de nível cultural, networking, parcerias e até mesmo amizade com estrangeiros.
103 - comentário - 02/03/15 - 06:40:35 - Luiz Castro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, sem dúvida o conhecimento de idiomas, atualmente não apenas o inglês alavanca em muito a carreira do profissional de TI.
104 - comentário - 02/03/15 - 08:17:29 - Thiago Bueno - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha carreira sempre foi um diferencial. Consegui boas oportunidades por causa do inglês.
105 - comentário - 02/03/15 - 09:18:09 - Rosemberg - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida o domínio da língua inglesa impacta positivamente na carreira de TI, entretanto este conhecimento deve esta alinhado a uma boa formação acadêmica.
dbassocia
106 - comentário - 02/03/15 - 09:24:35 - marcelo - 201.52.249****

Raramento usei e raramente meu chefe sabe ingles melhor que eu! e olha que meu ingles e ruim viu!
107 - comentário - 02/03/15 - 09:35:10 - Andre L M Oliveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Amigos alguns empregos meus foram devido ao inglês. Inclusive no meu emprego anterior a entrevista foi em inglês.
108 - comentário - 02/03/15 - 09:48:56 - George Robinson - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Estamos em um mundo globalizado onde várias empresas estão terceirizando serviços de suporte em países em desenvolvimento. Além disso, muitos dos suportes avançados estão localizados em países de língua majoritariamente inglesa, o que torna imprescindível conhecer o idioma. Empresas chinesas têm se instalado por aqui e usam o inglês como língua obrigatória em seus ambientes corporativos, então, sim, todo conhecimento agrega valor ao profissional, e falar inglês é um habilidade valorizada e essencial.
109 - comentário - 02/03/15 - 09:49:32 - Marcelo Rodrigues - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na empresa que trabalho que é umas das líderes do segmento em serviços de TI, o inglês já é obrigatório.
Ter o nível de fluência é um diferencial para alavancar sim a carreira em TI.
GOC
110 - comentário - 02/03/15 - 09:50:03 - Joao Henrique - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É importante, tem sim algum peso, mas em grande parte das empresas - possivelmente pelo fato da maioria das empresas no Brasil ser SMB- é apenas um _a mais_ e essa grande parte das empresas não utiliza todo o potencial de alguém com inglês fluente. As empresas que de fato necessitam de alguém com fluência no idioma inglês são minoria.

Não minha opinião, não diria que alavanca a carreira, mas que pode te deixar à frente e te colocar em uma boa oportunidade. Neste ponto, vale muito a pena investir em aperfeiçoamento.
111 - comentário - 02/03/15 - 09:50:28 - Joao Paulo Ferreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês intermediário é fundamental, pois a maior parte das documentações está neste idioma. Além disso, os fóruns em inglês são muito maiores e numerosos, porém, inglês avançado não é garantia de alavancar carreira, apenas expande seu mercado de atuação.
113 - comentário - 02/03/15 - 09:53:40 - Daniel Gaya Campero - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o inglês fluente alavancou minha carreira, pois pude entrar em uma vaga que pedia inglês fluente em uma grande empresa multinacional, onde fiz estágio e tive minha primeira experiência com SAP, onde no dia-a-dia no trabalho, trabalhei com colegas da Índia, Europa e EUA, só teria sido possível com o inglês.
Minha dica é começar com tradução de textos e quando tiver pego um pouco de vocabulário, investir em aulas de conversação, seja em escolas ou professor particular. Realmente vale a pena.
114 - comentário - 02/03/15 - 09:55:03 - Marcio Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para mim, o inglês é fundamental, pelo menos o nível intermediário. Todos os bons livros, tutoriais e fóruns de TI estão em inglês.
O inglês fluente abre muitas portas, certamente. Hoje existem diversas empresas contratando freelancers em toda parte do mundo para trabalhar remotamente, e esta tendência traz a necessidade de conversar com o cliente em inglês. Neste sentido, quanto mais fluente o inglês, melhor para o profissional. Mais portas estarão abertas para ele.
apipesq
115 - comentário - 02/03/15 - 09:58:41 - Luís Arthur - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para mim, não só na TI como em qualquer outra área, o inglês fluente hoje é fundamental.
Costumo dizer que _Inglês não é dúvida, é dívida!_
Sem ele fica muito difícil progredir na carreira.
116 - comentário - 02/03/15 - 10:00:42 - Italo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês me colocou nos últimos 3 empregos. Sem ele, nem entrevista você faz. Se a potência mundial é Anglo-Americana, você tem que falar INGLÊS.
117 - comentário - 02/03/15 - 10:02:00 - Mariana Aravena - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Apesar de ser um ponto SEMPRE requisitado em entrevistas, quase nunca utilizei meu inglês no trabalho.
Porém, facilita no momento de entrar em uma empresa multinacional ou até trabalhar com clientes internacionais.
Enfim, acredito que ele alavanque a carreira, pois você sai na frente de outros candidatos que não possuem essa habilidade mas infelizmente ainda é pouco utilizado pelas empresas que a exigem nas vagas.
117 - Réplica - 02/03/15 - 10:16:08 - Carlos ABS - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concordo plenamente, todo mundo cobra mas usar de fato, além do inglês técnico, é raro.
dbassocia
118 - comentário - 02/03/15 - 10:02:01 - msa - 177.112.68****

o conhecimento da lingua inglesa, a meu ver, é diferencial nas contratações de ti, mas passou a ser acessório diante do custume cultural brasileiro de não se utilizar da meritocracia, como ocorre nos EUA, mas das relações de amizade para indicações de vagas. Assim, a proficiência no inglês é necessária para cargos e situações especificas e pouco usuais no mercado brasileiro.
119 - comentário - 02/03/15 - 10:03:52 - Nicolas Cerachiani - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim , o inglês fluente alavanca não somente a carreira de TI mas muitas outras carreiras e principalmente sua VIDA !

Com relação a carreira de TI , o idioma inglês não apenas lhe permite alcançar vagas em multinacionais e trabalhar junto com equipes globais , mas também lhe permite ter acesso aos melhores materiais de ensino do mundo , aumenta a gama de materiais que você tem acesso e potencializa o quanto você pode aprender e o quanto pode conquistar com isso , muitos dos cursos online que eu fiz são todos em inglês e me ajudam muito no meu dia a dia.

Atualmente trabalho em uma empresa multinacional e com um time composto por americanos , irlandeses , ingleses , alemães e holandeses, tudo graças ao inglês fluente.

Hoje em dia inglês é obrigação na carreira de TI , quem não consegue ter um dialogo , participar de uma reunião entender e se fazer entendio , está fora do mercado.
119 - Réplica - 02/03/15 - 10:40:08 - Carlos Victor Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concordo! Na minha carreira, quando fui trabalhar numa multinacional onde minha área era composta por times multidisciplinares e multiculturais (EUA/Canadá/Europa/Tailândia/Índia) meu nível de inglês, que eu considerava bom, na verdade estava longe disso. Nas primeiras reuniões que participei, houve um certo desconforto. Por conta disso precisei correr atrás (e principalmente praticar) para melhorar. A fluência veio naturalmente com o tempo (algo em torno de 3 meses vivenciando esse contexto).
120 - comentário - 02/03/15 - 10:04:35 - Arthur Rogel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Minha experiência nesse mercado diz que inglês já deixou de ser um diferencial há muito tempo, hoje em dia sendo mais um pré-requisito. O que é um diferencial é o inglês fluente, a conversação. Muitas pessoas param no inglês técnico (e é o que a maioria das empresas pede), que se limita a ler artigos e fazer pesquisas no google em inglês.

Já fui envolvido em mais de um projeto em empresas onde trabalhei com a justificava de que seria necessário fazer algumas conference calls com fornecedores de fora do país e nenhuma outra pessoa na empresa tinha conhecimento e confiança para participar dessas calls ou reuniões em inglês.

Bottom line, inglês fluente não é estritamente necessário, mas abre diversas portas e pode sim alavancar sua carreira.
Hospitalhd
121 - comentário - 02/03/15 - 10:04:53 - Fernando Vieira Machado - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A fluência em língua inglesa foi determinante para o meu ingresso na carreira quanto para o meu desenvolvimendesenvolvimento, seja pelas oportunidadese exclusivas para anglófonos seja pelos materiais e informações disponíveis primeiro ou somente em inglês.
122 - comentário - 02/03/15 - 10:07:59 - Vivian Weigert S_ F_ Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Gostaria de saber o que motivou a pesquisa, por favor compartilhem!

O conhecimento de outros idiomas por si só, em especial o inglês, não constitui fator que _alavanca carreiras_, mas um pré-requisito que as impede.

No cenário técnico/operacional, a documentação das tecnologias é mundialmente desenvolvida em inglês.

No cenário executivo (presidentes/diretores/gerentes), observo que cada vez mais o gestores das regiões (APAC / LATAM / EMEA / Américas) se encontram em outros continentes, o que transforma o inglês naturalmente na linha de comunicação mundial.

Atuo na capacitação de usuários em novas tecnologias, e tenho optado em investir em traduções apenas no nível da administração de sistemas para permitir melhor entendimento e performance dos usuários. Nos níveis que exigem senioridade técnica, a documentação e idioma de referencia continua sendo o inglês.
123 - comentário - 02/03/15 - 10:09:43 - Cesar - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião não _alavanca_. Com certeza é um diferencial na hora da contratação porém não ajuda a _alavancar_ a carreira. Onde se é necessário o inglês fluente é um requisito e no restante um diferencial que pode ser desenvolvido pelo profissional como qualquer outra habilidade.
124 - comentário - 02/03/15 - 10:11:06 - Carlos Victor Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na maior parte da minha carreira trabalhei em empresas multinacionais. Posso afirmar que é extremamente importante a fluência em idiomas sendo o inglês o mínimo requerido. É necessário destacar que o termo _fluência_ significa possuir proficiência verbal para compreender e fazer-se entender. Dependendo da posição ocupada, exige-se um bom conhecimento de gramática como por exemplo, quando houver necessidade de produzir relatórios ou apresentações.
Algumas empresas, a exemplo do setor financeiro valorizam candidatos com conhecimento de idiomas adicionais como o espanhol e o francês. No setor industrial, o alemão e o chinês (mandarim) também são requisitados.
GOC
125 - comentário - 02/03/15 - 10:14:51 - Gabriel Cruz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é fundamental em qualquer área. É um conhecimento que abre completamente horizontes profissionais e pessoais. Há empresas que atual principalmente no mercado brasileiro e nestas, talvez, o idioma inglês não tenha grande peso. Mas para os profissionais que queiram mirar em empresas com atuações globais o idioma é o primeiro pré-requisíto. Não creio que a afirmação seja correta, que o idioma inglês vá alavancar uma carreira em TI. Saber o idioma não é garantia de promoção de cargo ou aumento de salário. Mas sim é um fator decisivo se um profissional se qualifica ou não para uma vaga.
126 - comentário - 02/03/15 - 10:15:11 - Carlos ABS - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não. É um adicional importante com certeza, mas não é um fator determinante para alavancar a carreira. Trabalho em uma multinacional norte americana e meu diretor de TI fala um inglês barril.
127 - comentário - 02/03/15 - 10:17:57 - Kleber Wilson A S Oliveira - 191.247.22****

Com certeza é muito relevante. Foi um fator importante para ingressar na área, pois meu primeiro estagio pedia inglês fluente!
128 - comentário - 02/03/15 - 10:24:58 - Celso - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Fundamental. Não chega ser um requisito, mas é fundamental. Tanto para um programador no início de carreira interpretar um erro, quanto para um gestor entender os requisitos e impendimentos de um projeto.
Hospitalhd
129 - comentário - 02/03/15 - 10:26:07 - Luiz Telles - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Claro, porém existe um gap entre o que os consultores de RH avaliam e a real necessidade, vejo que isso é colocado como pré-req para posições em empresas nacionais e em projetos locais.
130 - comentário - 02/03/15 - 10:28:05 - Guilherme Macedo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

No meu caso particular a resposta e_ sim.

Resolvi trancar minha faculdade antes de iniciar o ultimo ano para ir a Inglaterra estudar ingles, acabei melhorando bastante meu ingles em um periodo de 6 meses estudando a lingua em Londres. Isso resultou em uma oportunidade como desenvolvedor trainee na Holanda.

Ao final da oportunidade na Holanda retornei ao Brasil e em 15 dias estava empregado principalmente pelo meu ingles. Alem disso rapidamente consegui uma oportunidade ja como Senior em um banco americano, tambem pelo meu nivel de ingles e a experiencia internacional na Holanda.

Quando resolvi pausar minha faculdade muitos me criticaram, dizendo que deveria terminar antes de ir, etc. Mas no meu retorno rapidamente estava melhor posicionado no mercado do que todos que criticaram.

Ha quase 4 anos trabalho na Irlanda, que consegui tambem pelo meu nivel de Ingles e experiencia.
130 - Réplica - 02/03/15 - 11:06:43 - Marcos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ola Colegas,

Ter inglês fluente me ajudou tanto na época da faculdade onde os livros traduzidos sempre vinham com problema de traducão e causava problema de entendimento. Assim sempre procurava direto na fonte nos livros em Inglês

Outro ponto é quando precisa ir aos EUA ou outro pais .... quem será escolhido para ir .... QUEM tiver inglês

Pensa nisso e continuem evoluindo seus skills com ingles, espanhol e outras linguas

Depois de formado sempre consegui trabalhos para clientes internacionais que usavam Inglês como linguagem padrão basicamente por ter um bom inglês

Infelizmente o projeto terminou e tomei uma aviso prévio. O maior salário que consegui é para atender clientes nacionais devido a crise no pais

Mas vou tentar ao máximo manter meu nivel de inglês para voltar o quanto antes a atender clientes internacionais que pagam salarios melhores que os clientes nacionais
131 - comentário - 02/03/15 - 10:34:50 - Everson de Andrade - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acho importante sim. Porém muitas empresas colocam isso como um requisito básico e no frigir dos ovos, no dia a dia, não é usado tanto o inglês.
O que não pode acontecer é a banalização do pré-requisito, ou seja, para qualquer vaga que abra na empresa, os recrutadores já querem colocar inglês como item essencial, sendo que o profissional não vai usar o inglês para cumprir com as suas funções.
dbassocia
132 - comentário - 02/03/15 - 10:35:21 - Michel Ayres - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não há obrigatoriedade na fluência da lingua inglesa para o ingresso na área, mas há necessidade do inglês no nível técnico ao menos. Porém, há empresas que e alguns cargos que possuem essa obrigatoriedade.

Mas o ponto do post é sobre se o _Inglês fluente realmente alavanca a carreira em TI ?_ e a resposta é SIM.

Ele é um facilitador em estudos e consultas na área. Códigos, independente da região são escritos em inglês (exceto por comentários), há projetos que é necessário que a documentação seja em inglês (multi-nacionais por exemplo) dentre outras coisas.
133 - comentário - 02/03/15 - 10:42:56 - Luis Carlos Fonseca - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião o inglês sempre alavancou a carreira, seja em TI ou qualquer outra área.
Porém o que acontece nos dias de hoje é a banalização deste diferencial pelo mercado, venho notando que todos pedem inglês fluente nas vagas, mas nem sempre usaremos este requisito prioritário.
134 - comentário - 02/03/15 - 10:44:04 - eduardo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Há muito tempo que inglês se tornou pré-requisito para quem deseja trabalhar em ti, não só pelos manuais técnicos que ainda são em grande maioria em inglês, agora espanhol está quase chegando a ser pré-requisito também.
135 - comentário - 02/03/15 - 10:46:39 - Thiago Martins Ribeiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Há alguns anos, ter fluência na língua da rainha não era um fator determinante no mercado. Profissionais que almejavam posições em multinacionais se preocupavam, mas mesmo assim não havia tanto peso.
Hoje em dia, vejo uma mudança de paradigma muito forte. O inglês fluente (escrita, leitura, E conversação) se apresenta como pré-requisito para muitas vagas. O que antes era um ponto de diferenciação, se tornou um item básico no Curriculum do profissional de IT, em vista ao grande volume de multinacionais em nosso território.
Se a sua idéia é ter uma carreira ascendente, com bons salários, tenha em mente: o inglês vai apenas te manter na pilha de CVs de seleção, e não mais te colocar na pilha menor.
GOC
136 - comentário - 02/03/15 - 11:07:25 - Wellington Fernando S. Petz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Vejo em muitos lugares a necessidade da fluência em inglês, porém em poucos lugares que passei efetivamente precisei fazer uso.
Na verdade, aqui no Brasil, a língua estrangeira é usada como um diferencial, e que ajuda sim a alavancar a carreira do profissional. Mas o mínimo que imagino que se deva ter, é o nível técnico na leitura, que isso irá salva-lo em muitas situações.
137 - comentário - 02/03/15 - 11:07:56 - Leopoldo - 200.64.92.****

Sim, o inglês ajuda bastante, o fato de ter inglês fluente já é um importante indicador do perfil de um profissional que corre atrás do conhecimento, que gosta de diferentes culturas, que provavelmente tem nível superior, uma boa formação e etc.

A questão que coloco é que as empresas banalizam este requisito a ponto de oferecer uma vaga de mil reais com exigência de inglês fluente, quando minha empregada ganha mais do que isto, registrada como CLT.

Todo conhecimento exige investimento de tempo e dinheiro, do ponto de vista profissional só vale a pena quando realmente as empresas pagam mais por ele.

Sua empresa realmente te paga a mais pelo inglês fluente ?
Existem outras pessoas que fazem o mesmo trabalho e não possuem inglês ?

Ou seja ter inglês fluente por sí só não é o diferencial, é necessário achar empresas que reconheçam e paguem por isso.
138 - comentário - 02/03/15 - 11:10:06 - Roman - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Minha experiência é que o inglês no meu ramo de trabalho abriu várias portas para oportunidades melhores.
A realocação, um fato cíclico na vida de um consultor independente, fica mais fácil, pois vc tem um diferencial.
O espanhol e noções de alemão ajudam bastante, aliados ao inglês.
139 - comentário - 02/03/15 - 11:10:08 - Bruno Grano Prior - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, isso influenciou bastante na minha carreira.
E enxergo isso como um diferencial muito grande nas entrevistas em que participei e não vejo isso como uma banalização de forma alguma.
Mais pelo fato de ser normal na área de TI o inglês ser pré-requisito, é simplesmente por que também vejo o inglês como o fato de ser comum nas linguagens de programação. Tenho em mente os termos como _If / Else_, _While_ e _Select.._. São comuns para um programador e estão em inglês.
apipesq
140 - comentário - 02/03/15 - 11:15:18 - Liliana Periotto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não existe carreira que sobreviva sem inglês fluente, em multinacionais ele é avaliado desde a primeira entrevista e a maioria dos candidatos são desqualificados do processo por falta de fluência, mesmo se a conta em questão não for internacional.
O meu curso de engenharia só teve livros em inglês à partir do 2o ano, então esse já é um termômetro do que o mercado espera. A tecnologia evolui em inglês, saber esse (e mais) idiomas é a chave para o sucesso.
141 - comentário - 02/03/15 - 11:16:31 - Eduardo Rocha - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá a todos, considero me fluente a nativo na lingua inglesa, na minha carreira sempre foi muito importante, sempre fiz a diferença, sempre fui requisitado e considerado por causa disso, o que não deveria ser, deveria ser normal falarmos inglês até o momento a lingua universal, porém o que vejo é que o brasileiro é preguiçoso quando se trata de ler e aprender o idioma, não generalizando, mas vejamos, um país onde o desde ensino fundamental voce aprende mais ou menos o verbo TO BE repetidamente nos colégios, resultando em menos de 10% da população falando inglês, os que conseguem superar e se dedicar, aprendem o minimo de vocabulário que consigam se comunicar e já fazem a diferença e está bom assim, não se aprimoram ou ganham mais vocabulário para uma conversação ampla.
Por este motivo, acredito ser primordial ler, escrever, entender e falar o inglês.
Tentem ganhar mais vocabulário.
142 - comentário - 02/03/15 - 11:48:38 - Magno Leite - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tudo em TI basea-se em inglês, desde os códigos, livros, materiais na internet. Então se vc pretende crescer em sua carreira e estar mais interado dos assuntos em primeira mão aprenda inglês. Vc só estará apto a ser totalmente globalizado e tendo o mundo abrindo-se portas e portas se dominar estar lingua. Participar de reuniões com muitas nacionalidades diferentes entendo e podendo participar é simplesmente genial. A lingua inglesa realmente me ajudou e continuará me ajudando não somente na carreira mas na vida. Dedique-se a aprender!
143 - comentário - 02/03/15 - 11:59:22 - Felipe Vicari - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá pessoal, a resposta ao questionamento do forum é SIM, alavanca a carreira acelerando o crescimento e facilitando o caminho do profissional. Para quem almeja fazer carreira em TI normalmente no inicio o Inglês Técnico é suficiente, basta para um programador ou analista Jr que atue em empresas Nacionais. Agora para dar continuidade, se tornar um profissional nível Sr, passando a área de negócios ou gestão de projetos, o Inglês fluente fará total diferença. Claro que hoje muitos profissionais Sr. não tem inglês fluente, na pratica isso diminui bastante o escopo de atuação deste profissional. Hoje atuo numa grande empresa de tecnologia, entrevisto semanalmente consultores para oportunidades das quais 95% exigem inglês, estou falando de oportunidades para clientes nacionais e multinacionais. Todo projeto de TI hoje tem alguma parte feita fora, que exige o Inglês e outros idiomas.
Pecados
144 - comentário - 02/03/15 - 12:01:05 - Luiz Alberoni da Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para mim, nunca foi um diferencial tremendo -- como não havia contato com estrangeiros, nunca foi realmente requisitado, de forma direta. De forma indireta foi imprescindível, já que sou autodidata e odeio usar as publicações técnicas traduzidas (normalmente são péssimas). E também tem o problema de palestras --muitas em inglês... embora um inglês técnico ajude, vai ficar _boiando_ nos detalhes corriqueiros e nas piadinhas ... :)
Já o espanhol teve um diferencial a mais, já que no emprego atual tenho contato direto com clientes na Venezuela e Panamá.
145 - comentário - 02/03/15 - 12:03:45 - Leonardo Muniz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

No meu caso, sempre me interessei em outros idiomas, desde pequeno. Desde meu primeiro emprego, sempre me exigiram conhecer um segundo idioma, ou espanhol ou inglês. Sempre me destaquei em projetos por conhecer bem e ser fluente em uma outra língua. Na área de TI não só alavanca a carreira, como é um pre-requisito. Tudo em nossa área é baseado em inglês, seus códigos, materiais e sites. Quem não sabe o inglês infelizmente está fora da área. Muitos se especializam em conhecer apenas o _inglês técnico_ com palavras mais usuais de sua área de atuação. Com o mundo globalizado e muitas empresas com projetos envolvendo outros países (américa latina, índia, europa e outros) se comunicar acaba sendo em inglês mesmo. Para quem ainda está pensando se deve ou não se especializar em um outro idioma, pense que já está atrasado! Corra, ou senão ficará para trás!
146 - comentário - 02/03/15 - 12:16:13 - Felipe Rosário - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acho que inglês na nossa área é imprescindível, principalmente no que diz respeito à busca por conhecimento. Há uma quantidade abundante de informação em inglês na web, já em português há bem menos. Eu acho que sem conhecimentos de inglês o profissional fica muito defasado.

Eu já tive uma relação direta entre inglês fluente e oportunidade de trabalho, durante 2 anos e meio eu trabalhei para a IBM com uma equipe internacional de indianos e americanos, foi uma ótima experiência.
147 - comentário - 02/03/15 - 12:19:47 - Carlos Eduardo Manoel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o Inglês fluente não esteja mais no patamar de habilidades que alavancam a carreira em TI, e sim, entre os pré-requisitos para uma carreira minimamente sólida. Grande parte do conhecimento gerado no mundo, incluindo metodologias, frameworks, linguagens, etc,é disponibilizado em Inglês, o que exige domínio considerável da língua apenas para serem utilizados.
Especificamente no mercado brasileiro, a fluência na língua ainda pode ser considerada uma vantagem em processos seletivos, uma vez que muitos profissionais ainda pecam nesse quesito, porém, no dia-a-dia de funções estratégicas de uma organização (onde uma carreira realmente _se alavanca_), seja ela de TI ou não, esse conhecimento é apenas viabilizador e não diferenciador.
Pecados
148 - comentário - 02/03/15 - 12:28:01 - Gabriel Coelho - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com toda certeza.
Não apenas na área de TI, mas em todas as áreas e ramos de atividade.
Hoje o inglês é fundamental.
149 - comentário - 02/03/15 - 12:37:08 - Ismael Marculino - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

No meu caso o inglês concedeu oportunidade de participar de grupos solucionadores de incidentes que envolviam times de suporte da América, Europa e Ásia, tornando o inglês o meio de comunicação entre todos. Claro que numa seleção entre candidatos com certificação ou inglês, a primeira opção prevalecerá, mas para quem busca oportunidades de projetos internacionais e aprimorar seu networking com profissionais ao redor do mundo, inglês é primordial.
150 - comentário - 02/03/15 - 13:03:12 - Diogo Carriço - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês atualmente faz parte do curriculum, não sendo mais um diferencial do profissional, ou seja, todo profissional deve ter um entendimento minimo do inglês fazendo com que não deixe passar as oportunidades de trabalhar em empresas globais.
151 - comentário - 02/03/15 - 13:14:43 - Paulo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não. Ter inglês hoje é um requisito básico para qualquer profissional, independente da área de atuação.
API
152 - comentário - 02/03/15 - 13:24:02 - Gilberto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para se trabalhar no Brasil não alavanca, mas para se trabalhar com TI é necessário inglês avançado.
153 - comentário - 02/03/15 - 13:25:56 - Olivia Braga - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o inglês dentre outras competências de um profissional de TI é imprescindível, assim como habilidades pessoais e de relacionamentos, somos uma composição de várias características que dependendo da carreira ou função podem ser excludentes, gostaria aqui também de registrar minha total satisfação com o Site Apinfo, onde consegui todas as oportunidades de emprego por onde passei, empresas como Enterasys, Siemens, TmSolutions, entre outras !!!
Obrigada pela oportunidade, vocês foram a diferença na minha carreira !!! Atualmente sou professora no Ensino Superior e Pos graduação, indico o site a todos meus alunos !!
154 - comentário - 02/03/15 - 13:28:14 - Marco Bandeira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim!
Inglês fluente é um grande diferencial, já vi vários colegas perderem oportunidade por não falarem inglês.
Não somente às multinacionais, mas também empresas 100% brasileiras já tem buscado profissionais com essa competência.
155 - comentário - 02/03/15 - 13:33:59 - Fabio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza. A empresa no qual trabalho hoje tem como idioma padrão o inglês, sem ele eu não teria conseguido a vaga. A empresa é excelente, oferece boa remuneração e benefícios, além do ambiente ser super agradável. O inglês para quem trabalha com TI é obrigatório.
GOC
156 - comentário - 02/03/15 - 13:42:15 - Jose Renato Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Hoje falar, escrever ou ler em inglês deixou de ser princípio básico e sim uma necessidade, principalmente à profissionais na área de TI.

Primeiro a maioria das documentações da tecnologia estão em inglês, como ser um bom técnico sem poder tirar o melhor das informações.

Segundo a comunicação é um fato predominante não se pode estabelecer uma relação sem ela.

Para o profissional que quer ser bem visto e quem alavancar dentro das empresas precisam ter a consciência da importância disso, a maioria dos executivos de multinacionais precisam se relacionar com o mundo exterior.
157 - comentário - 02/03/15 - 13:45:35 - Mayla - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, é um diferencial que ainda alavanca a carreira, pois muitas entrevistas e processos seletivos dos quais eu participei foram realizados em inglês, além disso muitas multinacionais exigem o inglês como uma segunda língua, visto o contato com vários profissionais de diferentes países.
158 - comentário - 02/03/15 - 13:48:15 - Renato Pezzotti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que alavancar é uma palavra forte...
O Inglês deixou de ser um diferencial e passou a ser uma necessidade.
Conhecer o idioma lhe permitirá concorrer de forma justa às oportunidades, mas não vai mais deixar você em uma posição diferencial a ponto de transformar radicalmente sua carreira...
Não conhecer o idioma não é mais uma opção. Comunicação efetiva é o básico.
159 - comentário - 02/03/15 - 13:56:04 - Marcelo Pádua - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, hoje muitas empresas preferem contratar profissionais com menos experiência profissional mas com inglês fluente, pois é mais fácil capacitar esses profissionais tecnicamente do que no idioma.
Além disso, clientes internacionais preferem muito os profissionais brasileiros com fluência em inglês do que de outras localidades (India ou China por exemplo), pois além da diferença menor de fuso horário, o sotaque dos brasileiros é de longe melhor de se entender.
Além de ser diferencial na contratação, oportunidades de crescimento para profissionais fluentes no idioma são sempre maiores.
Hospitalhd
160 - comentário - 02/03/15 - 14:08:01 - Tamara Oliveira Amorim - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida o inglês fluente é um item que chama bastante atenção durante os processos seletivos, mas na maioria dos casos o idioma por si só não garante a vaga, ele deve estar aliado a um perfil que esteja a altura da oportunidade. No entanto, existe outra vantagem muito importante do inglês mas pouco discutida, ele te permite ter contato com informações e tendências de mercado antes dos demais profissionais através de livros, notícias e artigos estrangeiros, pois novas metodologias e tecnologias geralmente nascem fora do Brasil. Esta é na verdade a maior vantagem da língua inglesa, posicionar o profissional sempre um passo a frente servindo como ferramenta para que ele tenha dados mais atualizados que os demais e possa expandir continuamente sua visão sobre o negócio.
161 - comentário - 02/03/15 - 14:11:28 - Gustavo Calderon - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, e muito importante ter a fluência em inglês, pois varias multinacionais pedem e tem a necessidade de você ter fluência.
Também tem as empresas que pedem a fluência em inglês, mas no dia a dia não e utilizado.
De qualquer maneira e sempre bom falar duas ou mais línguas para seu crescimento profissional.
162 - comentário - 02/03/15 - 14:13:45 - Emmanuel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concordo. Falar inglês fluentemente indica que o profissional está interessado em subir na carreira de forma estruturada, adequando-se a uma realidade cada vez mais comum, que é o contato com equipes e pessoas no estrangeiro. E, quanto mais se quer crescer, mais o inglês será necessário, até ser obrigatório.
163 - comentário - 02/03/15 - 14:21:32 - Hugo O. - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Do topo à base da pirâmide, do primeiro colocado ao último do horizonte, tudo e centrado no Inglês. PMI, SCRUM, redes Cisco, SAP (etc...) e 99% das linguagens de programação têm gênese e razão de ainda viverem por causa do inglês.

Não é pelo fato que algo seja em uma linguagem estrangeira específica, mas no ponto em que estamos, o inglês está fundamentado em TI. Assim como em outros ramos uma linguagem é marca de sua atuação: culinária, ciências humanas: Francês_ Religião como profissão: Italiano, Árabe, Hebraico, Latim, etc... Até em hobbies como o Radioamadorismo que é algo feito por prazer, o inglês é imprescindível.
dbassocia
164 - comentário - 02/03/15 - 18:24:40 - Giuseppe Lanza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês foi e é fundamental para o crescimento profissional e como experiência pessoal, todos as vagas e empregos que tive envolveram o uso da língua inglesa no dia a dia. Aqueles que ainda não falam ou não dominam o idioma, estudem e se esforcem para aprender, pois é um grande diferencial.
165 - comentário - 02/03/15 - 18:44:14 - Oscar de Menezes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que um dos melhores investimentos que você pode fazer na sua carreira, é se dedicar ao estudo do Inglês. Nosso país, infelizmente, não coloca isso como prioridade. Na Europa e na Ásia, é normal você encontrar profissionais que falam vários idiomas. O retorno do seu esforço pode até não ser imediato. Vai exigir muita dedicação. Mas quando a oportunidade surgir, e você estando preparado, sua carreira terá um verdadeiro upgrade. Boas oportunidades não faltam !
166 - comentário - 02/03/15 - 18:54:53 - Marco Antonio Pugliese Seixas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em virtude da globalização, não é incomum em TI o contato com colaboradores das mais variadas regiões do planeta e como o Inglês é a lingua universal, não tenho dúvidas da importância de aprender e desenvolver, em especial a conversação, neste idioma. Este é o primeiro e melhor investimento que os profissionais de TI devem fazer.
Quanto à fluência, tenho algumas restrições, pois cobram pela fluência em Inglês, mas cometem erros de português gravíssimos e que, por vezes, numa avaliação de Inglês, seríamos taxados como não fluentes. Exemplo: Uso indevido do pronome pessoal reto EU. Estou cansado de ouvir pessoas falarem coisas como _ o gerente chamou eu_, Em Inglês: The manager call I_ Ambos estão errados, mas parece que em português é aceitável e ninguém é reporvado numa entrevista de emprego, mas em Inglês esta pessoa seria reprovada na hora! Portanto, cuidado!!!!
167 - comentário - 02/03/15 - 18:56:15 - Convidado Sem Numero - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião apenas alavanca a carreira dos profissionais de empresas de consultoria multinacional e ainda assim que tem bom jogo político e contatos que possibilitem essas movimentações para outros países, por que o que eu vejo hoje no mercado, é que a maioria dos profissionais não fala inglês, entendem um pouco. E o fato de eu ser um bom profissional e ter inglês, não faz diferença se eu não tenho um bom jogo político. No final das contas, se você não trabalha na parte de consultoria(que é diferente de bodyshop ou fábrica), a movimentação, seja para fora do país ou até mesmo internamente nas empresas já é complicada...
Então, não, no atual cenário, não faz tanta diferença você ter inglês.
Talvez quando todo o corpo executivo falar bem o inglês, de qualquer empresa, o mesmo passe a ser mais valorizado.
GOC
168 - comentário - 02/03/15 - 19:33:31 - Fernando Queiroz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês deixou de ser diferencial e tornou-se fundamental para as pessoal que atuam no setor de TI. Atualmente trabalho numa empresa americana de telecomunicações, onde de fato o idioma separa internamente joio de trigo, pois algumas posições não necessita do idioma. Mais pensando em longo prazo a fluência pode trazer muitos benefícios para alavancar sua carrega dentro da empresa que atue, fora as oportunidades e salários. A área de TI além de exigir conhecimento técnico, necessita do inglês e achar profissionais bons nos dois quesitos não é tarefa facial para os contratantes, devido esse senário muitas empresas optam pelo idioma e preferem capacitar o candidato tecnicamente.
169 - comentário - 02/03/15 - 19:57:59 - Rodrigo Prado - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que alavanca sim e não só dos profissionais de TI, mas de qualquer área. Já há algum tempo é algo indispensável para quem realmente quer ter uma Carreira e não ser só mais um que vai esperar as coisas caírem do céu. Quem não conhece o inglês vai ficar para trás. Principalmente em um ano que tende a ser difícil economicamente.
170 - comentário - 02/03/15 - 20:41:13 - Wellington Souza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês nos dias de hoje, agrega e muito não só na carreira de TI, mas também nas demais carreiras. A língua inglesa tem sido um diferencial pra quem está buscando um oportunidade no mercado de trabalho ou ou pra quem deseja dar um _UP_ em sua carreira. No meu caso, o inglês foi o fator determinando e indispensável pra que conseguisse uma oportunidade numa multinacional. Ao contrário do que muitos por ai pensam, o inglês na minha vida não foi um gasto que tive nos meus tempos de faculdade, foi um #INVESTIMENTO na minha vida profissional.
171 - comentário - 02/03/15 - 20:54:41 - Cristiane Guerra - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu creio que o idioma faça muita diferença sim, para qualquer nível hierárquico.
O inglês ajuda na leitura de materiais técnicos, na conversação, em todo momento.
Outros idioma também estão se tornando importantes.
apipesq
172 - comentário - 02/03/15 - 21:32:08 - Everton - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A pergunta não é se _inglês_ alavanca a carreira em TI. Óbvio que um profissional de TI precisa conhecer inglês.

A pergunta é se inglês FLUENTE alavanca a carreira em TI.

Minha opinião: inglês fluente é igual superior completo.
Não é imprescindível.
Você pode conseguir um bom desempenho profissional, e alguns cargos de destaque, conhecendo apenas o inglês técnico, se você tiver outras qualidades técnicas que superem esta falha, e se o meio que você trabalha for propício (empresa brasileira, sem muito contato técnico com o exterior, etc.)

Dito isso, surgem ótimas oportunidades quando se tem certo tempo de experiencia na carreira, em que aí sim, inglês fluente e uma faculdade tornam-se quase que imprescindíveis, quando estamos falando de empresas multinacionais, e/ou cargos mais altos na carreira profissional.
173 - comentário - 02/03/15 - 21:44:23 - Artur Drummond - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês no passado era visto como um grande diferencial e dava destaque aos profissionais de TI. Atualmente o inglês passa a ser exigido como um requisito praticamente obrigatório. É rara a entrevista ou bate papo com um recrutador que não solicite nível de inglês no mínimo técnico (para leitura e escrita de manuais e documentações dos projetos).
Acredito que o inglês fluente abre portas e possibilita o ingresso em projetos que envolvam equipes de diferentes partes do mundo. Sem esse conhecimento, por mais forte tecnicamente que seja o profissional, pode-se perder novas oportunidades e pesar negativamente em eventuais promoções.
174 - comentário - 02/03/15 - 22:10:51 - Ricardo Forastieri Moreno - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente alavanca sim a carreira em TI, hoje em dia se faz completamente necessário falar, ouvir, ler e escrever em inglês.

Reuniões, conferências telefônicas, e-mails, etc, são alguns exemplos onde é imprescindível possuir um bom inglês, esquecendo o _inglês técnico_ mas o inglês mínimo para se desenvolver conversas, expressar opiniões, resolver problemas, entre outras situações.

Principalmente em multinacionais, mas hoje em dia, qualquer empresa precisa de profissionais que falem inglês, é o mundo dos negócios globalizado.
175 - comentário - 02/03/15 - 22:31:10 - Carlos Henrique Gandarez - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu larguei um ótimo trabalho em 2012 para morar no Canadá durante 6 meses. Estudei inglês por 5h diárias porém quando voltei em dezembro de 2012 tive dificuldades na realocação no mercado. O que percebi é que o inglês não fez diferença no curriculo. Depois de muito tentar consegui uma realoação em uma empresa de pequeno porte na qual fiquei pouco tempo. Logo após iniciei um projeto em uma empresa multinacional de grande porte na qual tive que usar inglês para quase tudo, tanto na minha área de desenvolvimento de software como na conversação.
dbassocia
176 - comentário - 02/03/15 - 22:47:18 - Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente sem dúvida alavanca a carreira, para começar, o maior pólo de tecnologia e inovação do mundo está localizado nos Estados Unidos.

De um modo geral, o mercado de trabalho cada vez mais enxerga o domínio do inglês como uma competência obrigatória. Mas também em um mundo que a cada dia está mais globalizado, é preciso saber outros idiomas, em especial os profissionais de TI, justamente por desenvolverem e manterem, os sistemas informatizados, que gerem as diversas organizações em todo o mundo. Além disso, as vagas mais almejadas do mercado de TI, tem como requisito fundamental o inglês fluente.

Entre as diversas atividades necessárias ao profissionais de TI, estão: participar em reuniões, conferências em geral, e-mails, etc. Portanto acredito que a cada dia se exigirá ainda mais o domínio do língua inglês.
177 - comentário - 02/03/15 - 23:12:28 - Fernando - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O nível de domínio da língua de fato abre portas, cria oportunidades e te direciona para um bom caminho.
Mas isso não é o bastante, haja vista a necessidade cada vez maior de outros skills não técnicos e comportamentais.
Domínio de melhores práticas, metodologias, resiliência e perspicácia são tão importantes quanto o conhecimento de inglês e outras línguas.
O fato é que a língua inglesa por si só deixou de ser um diferencial e passou a ser um requisito básico para o crescimento profissional, não apenas na área de TI, mas para qualquer área de atuação onda a formação superior esteja presente.
178 - comentário - 03/03/15 - 00:15:40 - Carlos Oliveira - 189.43.49.****

Sim, faz diferença. É necessário considerar o que significa _alavancar_ a carreira para cada um. Um aumento de salário brutal no curto prazo talvez não seja evidente, mas será notório o ganho (financeiro e profissional) ao longo da carreira. O idioma inglês virou obrigação, quem não tem fluência suficiente (cuidado com o termo inglês _fluente_) para trabalhar numa empresa global, certamente terá que dar _desculpas_ sobre o motivo pelo qual ainda não tem o idioma, seja por falta de planejamento ou circustâncias da vida profissional. Os pais, quando possível, colocam as crianças para fazer inglês desde o pré-primário, é complicado um profissional de Ti normalmente formado e qualificado nas técnicas de TI formular argumentos para justificar porque nunca em sua carreira profissional desenvolveu o idioma inglês. E o mesmo recado vale também para o Espanhol.
179 - comentário - 03/03/15 - 00:22:52 - Richard Mendonça - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Boa noite pessoal,

Acredito que dependa da área em que você quer trabalhar. Digo por experiência própria, trabalhei em varias multinacionais, onde as vezes eles pediam inglês... porém no trabalho não era utilizado.

Hoje sou analista de produção de uma multinacional, trabalhando em outra multinacional, e não usei nada de inglês em 8 meses...anteriormente, na Vivo, também não utilizei inglês, nem espanhol...e tenho conhecimento em ambas.

Meu cargo é mais técnico, e acredito que talvez estes cargos mais técnicos não tenham uma exigência tão grande quanto um cargo de gestão, mas sempre é um diferencial! Como diria o seguros Bradesco: É melhor....ter! rs

Abraços
GOC
179 - Réplica - 03/03/15 - 01:55:17 - Carlton - 177.79.27.****

O meu ingles eh tecnico, e eh o suficiente para ler e entender livros tecnicos em ingles. Mas se for para reunioes e atendimento para clientes ESTRANGEIROS, neste caso o ingles fluente serah o necessario. No meu ponto de vista a lingua portuguesa nao tem valor no mercado mundial.
180 - comentário - 03/03/15 - 05:01:11 - Cimmerian - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende da área, porém vou falar a respeito da área de desenvolvimento.

Pra desenvolvedores não faz diferença alguma. Sinceramente acredito que quem pensa em fazer curso de inglês achando que vai conquistar melhores posições no mercado de trabalho de desenvolvimento, atuando como programador, só vai perder tempo. Exceto se for pra uma vaga de desenvolvedor em especial no qual realmente seja necessário isso. Caso contrário, besteira. Por quê?

Simplesmente porque o mercado de software no Brasil, no geral, oferece serviços para o próprio país. Não somos a Índia que oferece serviço pro mundo todo e que dependa de uma mão de obra especializada nesta língua. Sou fluente em inglês, atuo na área de TI como desenvolvedor há quase 5 anos e só fiz uma entrevista em inglês. Mas era um caso bem específico, como disse antes.
Inglês técnico capaz de interpretar alguns textos simples já basta.
181 - comentário - 03/03/15 - 06:22:03 - Vitor Strabello - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ele chega a alavancar sim mas isso também depende de outros fatores, tanto do profissional quanto das expectativas (e) da empresa em que trabalha ou deseja ingressar.
182 - comentário - 03/03/15 - 07:43:47 - Elaine Kawanishi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não diria que alavanca, mas é fundamental e também depende da área e do cargo. Quem trabalha com suporte, em multinacional, por exemplo, o ingles é fundamental, pois muitas vezes é necessário contato com o fabricante (geralmente localizado no exterior).
Hospitalhd
183 - comentário - 03/03/15 - 08:45:20 - Ivan Lehner - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Se você tem expectativas de crescimento profissional, seja em empresas de maior porte ou em posições de liderança o inglês é mais que alavancar carreira, é essencial. Entrevistas em inglês são parte do processo e sem esse pre-requisito nem é possível seguir no processo seletivo.
Mesmo em empresas nacionais é comum o comercio e relacionamento internacional, então investir em um bom inglês fundamental.
184 - comentário - 03/03/15 - 09:50:29 - Leandro Zacchi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Se o profissional atua no mercado formal de trabalho, possuir Inglês fluente é definitivamente um fator de sucesso e este não é um privilégio somente para os profissionais de TI. Vou além, hoje não só o inglês, mas também o espanhol são invariavelmente os idiomas que servem como base para qualquer comunicação quando não usa-se o idioma local para isso.

Além da questão profissional, o que desqualifica o famigerado _conhecimento técnico_ do idioma é o fato de que muito conteúdo acadêmico de qualidade foi escrito nesses idiomas, principalmente inglês. Se o profissional ficar dependente da tradução para ter acesso a esse conteúdo, certamente sera influenciado pela interpretação de quem o traduziu. O que algumas vezes não representa a verdade!
185 - comentário - 03/03/15 - 10:31:51 - Guadalupe - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o conhecimento de outro idioma é um fator importante na carreira profissional. Em especial, na carreira de TI, é um conhecimento crucial ao profissional. Não só como fator de desempate em uma entrevista como ferramenta fundamental no dia-a-dia de trabalho.
186 - comentário - 03/03/15 - 10:35:42 - César Narvaes Garcia - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim realmente alavanca a carreira à melhores oportunidades de trabalho.
dbassocia
187 - comentário - 03/03/15 - 10:36:14 - Luis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Seguramente o domínio do inglês é algo fundamental para profissionais de IT. Eu não diria que dominar o idioma permitiria _alavancar a carreira_, eu diria que sem ele o campo de atuação fica limitado, e muitas oportunidades (e boas) podem ser perdidadas. Mas não espere que dominar o inglês, isoladamente, irá levá-lo ao topo. Ele irá oferecer um suporte muito importante, mas é preciso ter uma visão ampla do espectro profissional.
188 - comentário - 03/03/15 - 10:42:11 - Leandro Barros - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Saber inglês, não é apenas um diferencial de mercado. É sobrevivência no ambiente profissional. A grande maioria dos materiais de estudo, vídeos, especificações técnicas e soluções pioneiras, encontram-se em inglês. Uma parte muito pequena é traduzida para nossa língua nativa. Existem muitas empresas que adotam o inglês como língua oficial no dia a dia, para enviar emails, se comunicar com filiais ao redor do globo, dentre outras necessidades. Infelizmente, quem não souber ler e escrever, se limita muito nas oportunidades.
189 - comentário - 03/03/15 - 10:44:15 - Gerson Martins Campoi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não creio que o inglês fluente alavanque a carreira de TI. Tenho 10 anos de experiência nessa área, atualmente atuo como gerente de projetos, e foram raros os projetos onde precisei, de fato, utilizar o inglês _fluente_. Já trabalhei em projetos onde a língua oficial era o inglês, mas a comunicação basicamente ocorria por e-mails e haviam alguns calls de vez em quando.
O que asseguro é que o nível intermediário é obrigatório, pois muitas documentações estão em inglês, logo é necessária uma boa compreensão de leitura.
190 - comentário - 03/03/15 - 10:49:18 - Mario Danieli Barbosa Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Vejo o inglês fluente em diversas vagas como um pre-requisito. Em algumas empresas, com certeza é. Discordo de quem diga que não é importante para um desenvolvedor, por exemplo. Talvez para o mercado interno não seja. Trabalhei em empresas onde os desenvolvedores passavam longos períodos alocados na matriz fora do Brasil. Em contrapartida, em muitos casos, os próprios expatriados e/ou stakeholderes não se encaixam como _Fluentes_.
Primeiramente, acredito que saber se relacionar seja mais importante que o Inglês. Vejo que no mundo de TI, existe muita dificuldade de expressão. Essa barreira ou desinteresse na comunicação, dificulta o indivíduo a adquirir o conhecimento da língua, quando há a oportunidade.
GOC
191 - comentário - 03/03/15 - 10:49:21 - Oscar Alejandro Aránguiz Cortê - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende da empresa para qual se trabalha. Algumas solicitam inglês fluente mas dificilmente você o utilizará para uma reunião, call. No máximo uma resposta por e-mail.
Outras realmente fazem você usá-lo na resolução de problemas.
Estou esperando uma oportunidade para trabalhar fora.
192 - comentário - 03/03/15 - 10:50:33 - André Gustavo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

nglês não é fundamental apenas para a carreira em IT, mas para todos as áreas dada a globalização em que vivemos.

Quando trabalha-se em um time, é importante manter relacionamento com diversos fornecedores/clientes ao redor do mundo. Tanto para contratos comerciais como para compartilhar conhecimentos e tecnologias.

Vejo a fluência em Inglês uma qualidade que pode fazer a diferença neste mercado competitivo.
193 - comentário - 03/03/15 - 10:50:36 - Marcio Henrique Guimaraes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês é essencial para que os profissionais possam ter acesso a materiais com melhores conteúdos, que normalmente são prejudicados por traduções muitas vezes feitas por pessoas que não possuem domínio sobre os assuntos ligados a TI. Alem disso, cada vez mais é necessário que os profissionais de TI conversem com profissionais estrangeiros e o Inglês é a forma mais universal de comunicação. Outro ponto a destacar é a necessidade muitas vezes de realizar chamados a empresas de TI, sendo que estes devem ser feitos em Inglês, seja escrito ou falado. O ultimo ponto é a universalização da carreira de TI, cada dia mais profissionais são procurados por paises como Canadá, Nova Zelândia, Austrália, Irlanda, e o conhecimento de Inglês é essencial para que o profissional possa buscar ampliar as fronteiras para a carreira escolhida na area de TI.
194 - comentário - 03/03/15 - 10:51:43 - André Tannús - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Nunca senti que meu domínio do inglês tenha garantido diretamente uma vaga, sendo um diferencial mais indireto do que direto.

Isso, contudo, não reduz a importância da língua. Profissionais com domínio da língua inglesa tem acesso a um corpo de material técnico muito mais amplo e atualizado. A vasta maioria das bibliotecas estão escritas e documentadas em inglês, o que vale também para tutoriais e outros materiais para treinamento.

É verdade que muitos projetos populares (especialmente os comerciais) são documentados em português brasileiro, mas essa documentação é comummente traduzida da versão inglesa, sendo assim tipicamente defasada.

A atividade em projetos open source também é predominantemente em inglês, o que deixa defasado o profissional que depende de traduções.

Quem quer ficar no _cutting edge_ tem que dominar o inglês (ou se virar com o Google Translate).
apipesq
195 - comentário - 03/03/15 - 10:52:26 - Adriano De Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente alavanca, afinal toda documentação é escrita em inglês, qualquer comunicação no âmbito internacional se dá em inglês e certamente é interessante saber um segundo idioma.
196 - comentário - 03/03/15 - 10:52:42 - Fabio Matias - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Senhores (as), hoje é claro que com a internet, e o google, e tudo mais, todos podem sim traduzir de qualquer língua para qualquer língua em questão de minutos dependendo do seu processador segundos. Só não podemos contar com isso se não tivermos a tecnologia ao nosso lado. Muitos podem estar sorrindo nesse momento e indagando assim: Mas quando eu não terei a tecnologia ao meu lado? Nos meus 28 anos de experiência em TI me via em várias situações e em algumas delas o INGLÊS me salvou a vida. Por que? Porque você pode estar em um cliente em algum momento fora do horário de expediente e pode ter ocorrido um problema especifico com hardware e esse hardware pode ter gerado um código de erro que o google desconhece (hoje em dia é difícil de acontecer mas acreditem, acontece) e o manual do fabricante tem a resposta para o erro gerado só que se o INGLÊS não é compreendido já era. Façam INGLÊS.
196 - Réplica - 03/03/15 - 11:06:07 - Willy - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Dependendo da empresa o inglês fluente faz diferença, principalmente se o profissional tiver contato com a matriz. A maioria das empresas onde trabalhei não foi necessário inglês fluente mas considero o meu caso pura sorte. Jamais alcançaria o estágio onde estou sem pelo menos conseguir ler especificações, manuais ,conceitos de novas tecnologias, etc sem o inglês.
197 - comentário - 03/03/15 - 10:54:31 - Rodrigo Milharese - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá Pessoal, trabalho a 10 anos no mercado de TI. e posso afirmar pra vocês que se tem a pretensão de trabalhar ou prestar serviço para alguma multinacional ou setor bancário, a fluência no inglês será determinante para sua entrada no mercado e crescimento na mesma. Como experiência posso compartilhar com vocês meu momento atual. trabalho em uma multinacional chinesa, onde meu diretor prefere contratar profissionais de acordo com seu nível de inglês do que em seu conhecimento técnico.
Pecados
198 - comentário - 03/03/15 - 10:56:30 - Douglas Nascimento - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião o que realmente alavanca carreira em TI seja o conhecimento no foco que se está buscando. Se for Expert no que faz (Banco de dados, processos, projetos, etc.) o inglês será somente um detalhe. Porém, o idioma é muito importante e é um diferencial ajudando muito na busca de boas oportunidades (principalmente para quem está começando).
199 - comentário - 03/03/15 - 10:57:12 - Fatima Franca - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Pelo menos na minha área de atuação (Redes) o Inglês é imprescindível.
No meu trabalho o Inglês é considerado o idioma oficial. Se o telefone toca, eu tenho que atender em Inglês. O suporte é mundial e o Inglês interconecta o mundo, não há como fugir dessa realidade.
Efeito da Globalização e o Outsourcing, as empresas vão em busca de diferenças de horário (timezone) e preço para prover o suporte aos seus produtos para os seus clientes sem limites territoriais.
No meu time tem pessoas da India, República Checa e EUA fazendo as mesmas coisas. Quando um vai embora o outro continua o trabalho - chama-se Follow the Sun. O suporte está sempre ativo - 24h por dia.
(vou terminar em outro post - Limite de caracteres atingido)
200 - comentário - 03/03/15 - 10:57:49 - Fatima Franca - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

(2a parte)
Falar inglês é estar apto a oportunidades em empregos como esse. Treinamentos de capacitação das tecnologias Cisco, Juniper, Checkpoint e qualquer outro grande fabricante é mais dinâmico em inglês. Temos o CBTNuggets com treinamentos rápidos sobre diversos assuntos em Inglês. Fora a imensidão de materiais e laboratórios disponíveis em Inglês.
Sem contar o benefício de que provas de certificação oferecem 30minutos a mais quando a prova não é feita em sua língua nativa.
E o melhor de tudo é compreender e ser compreendido, claro!
Inglês deixou de ser status há muito tempo e passou a ser necessidade nesse nosso mercado tão competitivo.
Bons estudos e boa sorte!
201 - comentário - 03/03/15 - 10:59:41 - Marcos Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu passei 9 meses de intercâmbio na Inglaterra considerando que quando voltasse muitas portas se abririam para mim.
Ledo engano. O conhecimento da língua inglesa não é mais um diferencial. É um requisito obrigatório.
É claro que muitas empresas não requisitam esse conhecimento em seus anúncios de vagas. Mas, para se executar um trabalho em que se queira uma evolução de carreira e um crescimento profissional acelerado, o inglês é uma ferramenta indispensável.
Porém, pelo que tenho notado recentemente, as vagas com exigências de inglês e ainda vagas para empresas estrangeiras em que o inglês é obrigatório, têm aparecido com mais frequência.
Minha recomendação é: mesmo que o inglês não venha a ser útil a curto prazo, você deve estar preparado. Quando a oportunidade surgir um profissional deve estar preparado.
Pecados
201 - Réplica - 03/03/15 - 11:20:17 - Weslei da Silva Jesus - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que pode alavancar sim a carreira, porém vai depender do tipo de empresa que você está, do tipo do trabalho que você executa, enfim. Eu possuo um inglês avançado, fruto também de um intercâmbio nos Estados Unidos, trabalho como analista de sistemas em uma multinacional americana, porém, o Departamento de T.I faz pouca interação com a Matriz Americana, logo o inglês acaba não sendo tão utilizado. Embora não seja utilizado, concordo com o Marcos, é necessário estar preparado quando a oportunidade surgir.
202 - comentário - 03/03/15 - 11:00:31 - Lucia Shiraichi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que isso varia de acordo com a empresa que você trabalha. No meu caso, trabalho com fornecedores da Índia/Estados Unidos/Inglaterra/Nova Zelândia e se não tivesse o inglês fluente, com toda certeza eu não estaria trabalhando aqui no momento.
E tendo em mente que vários materiais que temos hoje com relação a tecnologia, desenvolvimento de software vem em inglês, ter a fluência no idioma te auxilia a interpretar e aprender mais facilmente.
203 - comentário - 03/03/15 - 11:01:36 - Paulo Singaretti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Entendo que sim, principalmente pelo fato de o _ingl_#7869_s fluente_ não ter um prazo curto para ser alcançado, e que pode levar anos para chegar a esse nivel de maturidade do inglês, é um diferencial na carreira de um profissional qualificado, principalmente para empresas multinacionais, que muitas vezes não conseguem preencher vagas com requisitos profissionais especificos, e que tem a disponibilidade para ensinar a utilização de ferramentas corporativas, profissionais com conhecimentos técnicos para auxiliar um funcionário em uma nova atividade, etc., mas que não tem como oferecer um suporte a um profissional sem inglês fluente para uma conversação ou leitura por exemplo.
204 - comentário - 03/03/15 - 11:09:34 - Flavio Fonte - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião Inglês fluente é muito importante na carreira de TI. Eu mesmo perdi excelentes oportunidades de emprego na época que ainda não era fluente em Inglês. Algumas oportunidades requerem que você trabalhe com pessoas de outros países e use a língua inglesa. Neste momento o inglês fluente é um diferencial muito importante para você conseguir desempenhar o seu papel da melhor forma possível.
API
205 - comentário - 03/03/15 - 11:15:29 - Eric Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Independente de se almejar uma vaga numa multinacional ou em outro país, o inglês fluente não apenas alavanca a carreira, bem como é indispensável para que um profissional seja dinâmico e consiga ser independente dos colegar com mais experiência. Observo a dificuldade que colegas de trabalho que não saber ler e escrever em inglês pelo menos de forma avançada têm para encontrar conteúdo realmente relevante na web, visto que a maior parte deste se encontra apenas em inglês. No mínimo, é necessário pesquisar em inglês, saber ler fluentemente as respostas, e formular uma pergunta no stack overflow, para que alguém consiga se destacar como profissional. Se não, vira apenas mais um recurso humano, dependente do Senior.
206 - comentário - 03/03/15 - 11:15:36 - Carlos Henrique Pinto da Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu diria que atualmente conhecer outros idiomas (espanhol, alemão, francês) se tornou diferencial_ inglês é REQUERIDO. Pelo menos no que diz respeito à desenvolvimento de software (área em que trabalho há uns 15 anos), a situação é tal que a falta do inglês (pelo menos leitura técnica) praticamente inviabiliza a atuação do profissional.

Sem inglês, na hora de pesquisar algum assunto o desenvolvedor fica limitado a sites e fóruns técnicos de língua portuguesa (que, em minha opinião, são poucos e de nível informativo bem inferior), ou tem que apelar para ferramentas de tradução online, com resultados que frequentemente deixam muito a desejar.

Como outros já disseram, não se trata mais de alavancar carreira_ inglês não é mais diferencial, é algo que o mercado já presume que você possui, por isso nem é mais citado em algumas descrições de vaga.
207 - comentário - 03/03/15 - 11:18:28 - Débora Iocken Bastos Verissimo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês é um diferencial na área de TI, independente da carreira que se queira seguir: técnica ou gerencial. Cursos, relacionamento com os superiores, clientes e fornecedores - principalmente neste mundo globalizado - se utilizam do inglês como língua padrão. Então, ser te dá um diferencial em relação aos demais independente do cargo.

Saber inglês , para alguns cargos e objetivos de carreira, pode ser mais importante até do que o conhecimento técnico específico.

Por outro lado, não ter a fluência não é impedimento para a maioria das vagas no Brasil, apenas o conhecimento necessário para leitura de manuais e interpretação de erros de sistemas já basta.
208 - comentário - 03/03/15 - 11:20:00 - Priscilla Barbosa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O conhecimento do Inglês é essencial na área de TI e na vida.
Também é possível exigir um salário melhor porque saber inglês e, com fluência, ainda é um diferencial no mercado.
Terá oportunidade de trabalhar numa empresa multinacional, onde a comunicação em inglês é essencial, seja escrito ou falado.
Sem o Inglês, não será possível abranger conhecimentos, não será possível ler os materiais mais atuais, sites, pesquisas, livros, participar de foruns de discussão e webaulas na rede mundial de computadores...Enfim, o profissional fica muito limitado.
No meu caso, por exemplo, passei um tempo fora do país para dar um UP na minha fluência e hoje trabalho numa multi-nacional, com contrato com uma empresa gringa e ganhando em dolar.
Eu recomendo que voce se preocupe com sua fluência no ingles, porque quanto maior for o conhecimento e a fluência, maiores serão as oportunidades com certeza!
GOC
209 - comentário - 03/03/15 - 11:25:07 - Bruno Arruda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Como estamos em um mundo sem fronteiras hoje, não só para carreiras em TI mas para outras tambem, eh muito importante que tenha fluência em uma segunda lingua. Já estou no ramo de TI a mais de 15 anos e sempre aparece alguma oportunidade onde eu tenha que utilizar meu nivel de inglês tanto na parte da escrita como oral também. Agora que atuo com ERP sempre aparece oportunidades de se fazer projetos internacionais onde tenho que utilizar minhas habilidades.
210 - comentário - 03/03/15 - 11:27:00 - Wagner Araújo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida falar outro idioma, principalmente o inglês, impulsiona e amplia as possibilidades de crescimento profissional. Com um mercado mundial globalizado, empresas interconectadas por redes e a vigente necessidade de comunicação entre profissionais de todo mundo, tornou-se imprescindível um código/lingua que todos compreendessem.
Aos jovens que iniciam nessa carreira de TI, ter esse idioma ainda é um diferencial que abrirá portas. Aos profissionais experientes te-lo é uma necessidade como uma ferramenta de trabalho.
Profissionais de TI trabalham com o conhecimento, com a tradução da linguagem das máquinas em função das necessidades de comunicação e negócios, quanto mais dinâmico o entrosamento entre profissionais através de um idioma universal, mais eficiente serão seus propósitos.
211 - comentário - 03/03/15 - 11:27:07 - Douglas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na maioria das vezes não é necessária fluência, somente leitura já resolve. Há muitas vagas (a maioria) para quem não fala fluentemente inglês.

No meu caso a fluência em inglês ajudou pois pode abraçar pouco depois de formado uma oportunidade na IBM, onde trabalhei numa equipe que se comunicava em inglês 100% do tempo. Tendo esta experiência no currículo, portas se abriram com mais facilidade.

Já _flertei_ com outras oportunidades graças ao inglês fluente e eventualmente posso acabar embarcando numa destas. Mas para o meu trabalho atual não acrescenta taaanto.
212 - comentário - 03/03/15 - 11:29:07 - Dan Moreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente ou avançado na área de TI é simplesmente mandatário pois não só não vejo como se manter atualizado em outro idioma como também não vejo como estar bem colocado no mercado sem ter essa vantagem (que hoje nem é mais tão vantagem já é obrigação).
Hospitalhd
213 - comentário - 03/03/15 - 11:29:51 - Reinaldo João Ferreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida. Consegui trabalho em várias empresas multinacionais que tem por requisito obrigatório a fluência no idioma Inglês. A expansão dos mercados e interação global faz do inglês ser não mais um diferencial mas um requisito obrigatório quando em TI noventa por cento dos conteúdos são regidos nesse idioma. Par mim foi o que alavancou a minha carreira e por isso não abro mão de procurar uma vaga no mercado de TI que tenha como parte da função a atuação em inglês. Fica a dica!

Abraços.
214 - comentário - 03/03/15 - 11:32:48 - ALEX ARRUDA CâMARA CAMPOS - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida o inglês em qualquer carreira é essencial e diferencial, ainda mais em TI, onde tudo é em inglês, a fluência nesta lingua te abre portas no que diz respeito a parceiros internacionais e hoje é isso que as organizações precisam, recurso que possa ultrapassar fronteiras.
215 - comentário - 03/03/15 - 11:34:41 - Renata - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu pessoalmente acho que inglês fluente é um diferencial em qualquer área. No meu caso, devido à fluência em inglês consegui oportunidades muito boas em multinacionais renomadas na área de TI. Inclusive no início de minha carreira, fui aprovada num projeto americano na IBM para uma vaga de nível de experiência acima do que meu, principalmente por conta do meu inglês.
216 - comentário - 03/03/15 - 11:41:12 - James McCormack - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês não necessariamente vai te dar um salário maior, mas ele vai te dar mais oportunidades. Para trabalho estritamente técnica leitura é suficiente. No entanto meus dois últimos emprego foram em empresas internacionais que deram suporte 24 horas. Isso significava que eu tinha que registrar problemas em inglês e teve de telefonemas regulares com a Índia ou Cingapura para falar com as equipes que estavam resolvendo problemas que eu tinha registrado ontem ou que estavam passando trabalho para mim para continuar durante o meu dia. Ambos os empregos exigiram inglês fluente e a segunda certamente pagou acima da média do mercado.
dbassocia
217 - comentário - 03/03/15 - 11:49:31 - Leonardo Baldan - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, eu acredito que o inglês fluente é hoje um grande diferencial a nós profissionais de TI.
Independentemente do tipo de projeto que atuamos, a proficiência no inglês se faz presente nas negociações com clientes e fornecedores, documentação técnica, linguagens de programação, além de ser uma excelente bagagem para atuação em experiências internacionais.
Atualmente trabalho em uma empresa multinacional indiana de tecnologia, em um projeto internacional em um cliente multinacional alemão do setor industrial químico. O inglês se faz presente nas sessões com as equipes offshore na Índia, na elaboração dos documentos do projeto, no desenvolvimento dos trabalhos.
218 - comentário - 03/03/15 - 11:59:36 - Juliano Alves Cassoli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A fluência em inglês realmente amplia o leque de oportunidades, permite a possibilidade de trabalhar com equipes internacionais. E ter o contato com profissionais de outros países enriquece não só como profissional, tendo contato com outros tipos, métodos e processos de trabalho, mas também desmistificando por vezes rótulos de como trabalham americanos, chineses ou indianos, trazendo a percepção da realidade, da competência individual. Também no âmbito pessoal, entrando em contato com outras culturas e valores. O trabalho como desenvolvedor de software já exige que a pessoa conheça bem a língua inglesa ou se tornará um profissional medíocre, limitado a informações traduzidas para o português, praticamente tudo nesta profissão tem origem e produção em língua inglesa, a fluência em inglês vem a tornar a pessoa um desenvolvedor completo, preparado para trabalhos de nível mundial.
219 - comentário - 03/03/15 - 12:01:39 - Thiago - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não sei se a palavra correta é _alavanca_. Como alguns bem falaram, te dá _diferencial_. Isso significa que o inglês por si só não vai te levar para patamares maiores. Ele vai complementar e ajudar na hora de uma escolha.
220 - comentário - 03/03/15 - 12:03:47 - Monica - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter inglês fluente é um diferencial na contratação. O site do APInfo tem uma pesquisa que indica que poucos profissionais na área de TI possuem inglês, de forma que as chances de contratação para quem tem inglês fluente aumentam. Claro que às vezes, as empresas super valorizam. Já participei de processos seletivos que exigiam inglês fluente mas, na prática, apenas conversação era suficiente. Outra vez um cliente exigiu inglês fluente, mas o idioma não foi utilizado ao longo do projeto. Acho que resta também às empresas dimensionarem corretamente a fluência na língua.
GOC
221 - comentário - 03/03/15 - 12:05:45 - Silvio Cesar de Paula - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tenho formação em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica e tenho trabalhado praticamente ao longo de mais de 20 anos na área de TI, seja em projetos ou suporte ao cliente. Passei por empresas multinacionais e atualmente estou fora do país trabalhando em outra multinacional. Posso dizer que sem o inglês fluente não estaria na posição em que estou e nem teria trabalhado em muitas das empresas pelas quais passei. A fluência e domínio do inglês depende muito do trabalho a ser feito e da empresa, como já indicado em outros comentários. De qualquer forma é um diferencial positivo para a carreira de uma pessoa.
222 - comentário - 03/03/15 - 12:09:06 - Diego Murakami - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês alavanca a carreira sim pois o profissional passa a ter um diferencial. Trabalhar em empresas onde o inglês é necessário, significa que você está trabalhando para uma empresa multinacional onde você passa a conhecer uma cultura diferente. Só com isso você já passa a ser um profissional mais _caro_. Obviamente que cada profissional deve valorizar sua carreira da melhor forma independente da empresa que trabalham. Vi muitas pessoas que não aproveitavam a oportunidade de trabalhar em uma empresa com essas características (sentiam vergonha de falar inglês, medo em reuniões, etc). Falar uma lingua a mais (seja ela qual for), te dá um diferencial nesse mercado globalizado.
223 - comentário - 03/03/15 - 12:19:50 - Marcos Gonçalves - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter um idioma agregará valor na sua vida profissional, porem, existem outros pontos como qualificação tecnica, certificação, MBA, entre outros, que fara que a diferença na sua vida profissional.
Não esquecendo que, um bom relacionamento é tudo para garantir uma carreira de sucesso!!
224 - comentário - 03/03/15 - 12:23:20 - Daniel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Obviamente e um diferencial. Mas depende um pouco de onde se esta trabalhando. Eu falo Ingles e Espanhol porem muitas empresas as quais trabalhei, exigiam estes conhecimentos mas nunca foi necessario no dia a dia. Somente ha 5 anos que comecei a utilizar de verdade, pois os projetos sao todos no extrangeiro. Mas o ingles e espanhol me ajudaram muito, principalmente abrir portas e deixar o pais. Mas independente de carreira, todos deveriam falar ingles e/ou espanhol. Nao se trata apenas de conseguir trabalhos melhores. Se trata de liberdade e flexibilidade. Atualmente estou aprendendo Frances para realizar projetos em Quebec e Franca.
apipesq
225 - comentário - 03/03/15 - 12:24:20 - Amanda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, muito. Vários profissionais colocam inglês fluente em seu currículo, mas poucos são realmente fluentes e capazes de lidar com diferentes sotaques da lingua inglesa, como por exemplo o ingles indiano.
226 - comentário - 03/03/15 - 12:27:49 - Rodrigo Rajão - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não necessariamente, muito menos no momento atual da economia. Morei nos EUA durante 10 anos e falo inglês fluentemente. Tenho, portanto, conhecimento do assunto.

As empresas procuram um profissional completo, e a fluência no idioma é apenas um dos requisitos necessários. Apenas saber inglês não vai te abrir muitas portas. Multinacionais de países de língua inglesa obviamente dão mais valor ao inglês, mas não é tudo.

Finalmente, _inglês fluente_ não é inglês de curso, mesmo q tenha estudado não sei quantos anos e tenha diploma do Ibeu ou Cultura Inglesa. É ter vivência no exterior, contato com a cultura, pessoas, etc. Aprender um idioma vai muito além de um curso de línguas. Quem te disser o contrário, ou está mentindo, ou está querendo vender curso de inglês.

Sempre q perguntam eu respondo a mesma coisa: Mais vale um intercâmbio de 6 meses q um curso de 5 anos.
227 - comentário - 03/03/15 - 12:31:37 - Rodrigo Reis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não, acho que ajuda, mas não alavanca carreira. Inglês fluente ainda hoje é um diferencial em se tratando de profissionais brasileiros de TI, uma vez que a grande maioria não domina o idioma. Porém, trabalhei em projetos nos mais variados clientes e tive poucas oportunidades de colocar o inglês em prática. A ausência de conhecimento em inglês resultaria na minha não participação nesses projetos? Talvez. Mas o ponto é que eu não acho que _alavancar_ a carreira seja a palavra ideal. Com certeza conhecer o idioma abre muitas portas, mas em um mercado tão carente de profissionais tecnicamente competentes, o principal diferencial para alavancar a carreira em TI ainda é, na minha opinião, dominar os assuntos/ferramentas com as quais se trabalha e investir em habilidades interpessoais.
228 - comentário - 03/03/15 - 12:33:46 - Bruno Palma - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Completamente, principalmente se estivermos falando em _atualizações_ de conhecimento e estudos. Estou respondendo a este forum no momento de folga de um curso ministrado em inglês, diretamente por desenvolvedores do produto que vieram dos EUA e que são os maiores detentores do conhecimento no produto. Não está tendo tradução simultânea e estamos debatendo vários assuntos. Outro ponto importante é que, com a ferramenta que trabalho, os melhores livros são em inglês e possuir esse idioma fluente nos possibilita comunicação direto com especialistas de outros países para compartilhamento de experiências e informações. Sem a detenção do conhecimento desse idioma, dificilmente alguém que sustenta com a ferramenta que trabalho
dbassocia
229 - comentário - 03/03/15 - 12:38:50 - Renan - 200.62.185****

Acho que pode alavancar, mas depende do seu momento na carreira.


Eu por exemplo já estou com 47 anos, comecei a trabalhar com 10, paguei meu colegial e faculdade, com muito esforço, por volta dos 30 anos consegui chegar no inglês intermediário, que tem sido suficiente até então. Para evoluir para o inglês fluente, teria que dispor de muito tempo e dinheiro e dificilmente teria este investimento de volta.


Agora quem esta começando em TI, já teve oportunidade de estudar inglês fora da escola regular e ainda pode contar com om Pai-trocinio para fazer um intercambio, ou viver algum tempo no exterior, tem mais é que aproveitar, pois quando surgir uma grande oportunidade o profissional estará pronto.
230 - comentário - 03/03/15 - 12:47:49 - Marcelo Trindade Gonçalves - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Boa tarde gente:

Fiz inglês naquela empresa que o R. Santoro faz o comercial.
Prometia fluência em 18 meses.
De fato meu inglês ficou muito bom, porém em muito mais tempo.
28 meses.

A sensação era de saber falar a língua do mundo genérico,
fazia muitas entrevistas faladas em inglês, passava em todas,
mas não sentia que isso era uma vantagem, ainda.

Porém a grande verdade é que o idioma por si só não alavanca a carreira em si.
No meu caso o inglês me ajudou a ter acesso a livros em inglês da informática
de todos os assuntos, por exemplo sabendo ler em inglês,
conheci o PHP5 numa época em que toda a internet ainda usava o asp.

O mundo fala inglês, logo todas as bibliografias mais atualizadas
estão nessa língua, para nossa área de TI isso vale ouro.

Então se nfala inglês, aprenda a ler e entender.
Ele não alavanca sua carreira, mas alavanca seu conhecimento.
231 - comentário - 03/03/15 - 12:49:00 - Fabio Hellu - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, com certeza.
Ao longo dos últimos anos deixou de ser diferencial e passou a ser essencial o conhecimento da lingua inglesa e em pouco tempo o espanhol também será.
Portanto encarem como investimento e não custo o aprendizado das línguas inglesa e espanhola.
Apenas para justificar a afirmação, toda entrevista para nível gerencial tem no mínimo 1 das fazes executada em inglês, assim como testes de tendência, psicológico e de conhecimento a expressão verbal em inglês é fundamental para todos os profissionais não só os de Tecnologia da Informação.
232 - comentário - 03/03/15 - 12:53:13 - Joaquim José Ferreira Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida. No início da carreira é importante para ter um bom entendimento (que alguns pensam que tem mas na verdade não) dos materiais técnicos, para falar com suporte de produtos (normal ser atendido por profissionais na Índia em Inglês) e para se destacar dos demais, principalmente se trabalhar em uma multinacional. Ocupando cargos mais elevados ou mesmo empreendendo o domínio do Inglês é fundamental pela globalização das empresas, participação em eventos no exterior, conversar com aquele superior novo que se for de qualquer país de primeiro mundo irá utilizar o Inglês. Invista no Inglês, dentro das suas possibilidades. Não precisa ser filhinho de papai e ir morar no exterior. Hoje existem ótimos cursos on-line muito acessíveis, além dos tradicionais. Isto ajudará na sua carreira e na sua vida pessoal também.
Hospitalhd
233 - comentário - 03/03/15 - 13:09:26 - Marcos Paulo Simões Luiz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente com certeza é um diferencial sobre quem não o tem. Em alguns casos, já é até pré-requisito, uma seleção natural. Atualmente, para ser um profissional diferenciado na área de TI, o inglês é primordial, uma vez que treinamentos, cursos, livros, apostilas e sites de referência na área tendem a sair primeiramente na língua inglesa.

O que vejo que ainda falta, no mercado brasileiro, é uma maturidade em reconhecer isso em processos seletivos. Digo, por experiência própria, que ainda são poucas as empresas que levam o inglês em conta na hora de selecionar um candidato para uma vaga que não precise necessariamente utilizar o inglês. Porém, não levam em conta o diferencial que a fluência do idioma traz ao profissional no seu dia-a-dia.
234 - comentário - 03/03/15 - 13:35:51 - Christian R. - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A fluência em inglês vai ser um diferencial na quantidade de oportunidades em que você pode se colocar.

Não ter Inglês, significa que você não vai ser considerado em alguns casos.

Inglês fluente e o chamado _Inglês técnico_ são coisas bem distintas.
235 - comentário - 03/03/15 - 13:38:51 - Leandro Andreoli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O ingles para profissionais de TI é absolutamente necessário e cada vez mais imprescindível no dia a dia do profissional. Eu mesmo só conseguir avançar na carreira por conta do inglês, principalmente por conta dos projetos globais existentes hoje, voce pode executar o projeto no Brasil, mas as diretrizes podem vir da matriz em outro país, e com certeza terá que atuar, informar status, e até discutir assuntos técnicos em ingles, e digo mais além do ingles informal o profissional de TI deve estar atendo ao inglês focado em negócios que existem cursos especializados e também o inglês técnico que você poderá aperfeiçoar em livros em inglês específicos a sua área de atuação/especialidade.
236 - comentário - 03/03/15 - 13:46:02 - Thiago Bernardo Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter inglês fluente com certeza alavanca a carreira do profissional de TI em todos os aspectos. Claro que para um profissional que esta começando (sem muita experiência), o idioma não fará tanta diferença financeira, mas em contrapartida, ele abrirá muitas portas, principalmente em multinacionais. Sem mencionar que na área de TI existem muitos materias (livros, artigos, cursos, etc) disponíveis em inglês que ajudará no desenvolvimento do profissional.
Por outro lado, para os profissionais qualificados o inglês serve como um exponencial, principalmente pelo lado financeiro e na gama de oportunidades.
Minha sugestão é que se você esta entrando no mercado agora sem falar inglês, procure um bom curso ou faça um intercambio quando puder. Esse investimento valerá muito ao longo da sua carreira.

Sucesso.
GOC
237 - comentário - 03/03/15 - 14:18:09 - fernando - 177.138.94****

sim... o mundo é globalizado, mais dia menos dia vc vai precisar... inglês e espanhol no mínimo...
238 - comentário - 03/03/15 - 14:26:56 - JEOVA VIEIRA LEITE - 187.38.160****

Inglês não alavanca carreira. Apenas ajuda a manter a empregabilidade.
Quem alavanca carreira é diploma de boas instituições, principalmente pós graduação. Também, e principalmente, QI, isso mesmo: quem indica
239 - comentário - 03/03/15 - 14:27:36 - Fabio Cavalcante - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente aumenta as chances de classificação para alguma fase durante um processo seletivo.

Serve como quesito eliminatório nas entrevistas. A maioria dos recrutadores, ao se deparar com muitos currículos de mesmo nível, potencializa o inglês para eliminar a maioria dos candidatos e facilitar a escolha.

Posso dizer que em 80% dos empregos a pessoa não utilizará o idioma ou será pouco frequente. Somente ao responder algum e-mail ou dialogar via conferência/telefone.

Acho muito exagero dizer que _O INGLÊS ALAVANCA A CARREIRA EM TI_. Esta idéia é passada através de publicidade realizada por escolas de idiomas com o intuito de, claro, conquistar mais alunos.
240 - comentário - 03/03/15 - 14:57:30 - Ivan Tasso - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com toda certeza. E claro quanto mais línguas faladas melhor.
Hospitalhd
241 - comentário - 03/03/15 - 15:01:17 - mvmc - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Antigamente você precisava de inglês somente para ler livros, manuais e para saber operar maquinas.
Hoje é a ponte que liga você a pessoas de países que não necessariamente tem o inglês como lingua nativa.

Com certeza se o profissional é da area de tecnologia e pretende trabalhar em empresas multinacionais é essencial saber ler, escrever e falar inglês.
Cada vez também tem se tornado menos um item desejável e mais um requerimento em empresas nacionais que pretendem expandir seus negócios a outros países ou via internet.
242 - comentário - 03/03/15 - 15:08:42 - Daniel Rocha - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que é um grande diferencial possuir fluência no inglês, senti isso quando voltei do intercambio que realizei.
Consegui um destaque maior nas entrevistas que participei e tambêm uma melhoria no salario e nível de empresa que estou trabalhando.
Mas é importante dizer que é um bom diferencial em relação a outros candidatos e não que você ganhara altos salários e terá um cargo de alto nível apenas porque fala inglês, tudo dependera do seu histórico profissional.
Conheci muitas pessoas que voltaram de intercambio acharam que ganhariam fortunas apenas porque falam inglês, e claro que ficaram decepcionadas.
243 - comentário - 03/03/15 - 15:31:11 - Carlos Kenji Takata - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não precisava usar o inglês até surgirem minhas duas últimas oportunidades (uma delas ao qual trabalho hoje). Entretanto, com a globalização e o barateamento dos custos dos serviços nos países de terceiro mundo (o Brasil entre eles), é essencial que usemos o inglês para atuar no mercado internacional. A grande vantagem que temos, com relação aos Estados Unidos e o Canadá, é a diferença de fuso (cerca de 3 horas, mais ou menos), o que nos torna mais aptos e como escolha ao invés da India, que hoje tem crescido bastante na terceirização dos serviços de TI.
244 - comentário - 03/03/15 - 15:32:43 - Paulo Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não concordo com o termo _alavanca_, acho inadequado. Eu diria que inglês fluente amplia e potencializa o crescimento do funcionário na carreira de TI.

Em vários cargos a fluência no inglês é valorizada porque muita documentação, suporte técnico (fornecedor) e call center são em inglês. Além disso, saber inglês lhe possibilita viajar pela empresa para, praticamente, qualquer país.

Minha conclusão é que inglês é essencial para manter carreira em TI. Testemunhei muitos colegas conseguindo vagas interessantes em outros países e realizando viagens temporárias à trabalho por estarem capacitados para tal_ e também testemunhei colegas perdendo oportunidades por não ter essa capacitação.
dbassocia
244 - Réplica - 05/03/15 - 14:46:22 - Priscilla Barbosa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ótimo comentário
245 - comentário - 03/03/15 - 15:35:42 - LEANDRO ARAKAKI - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês por si só não alavanca a carreira, mas certamente influencia positivamente no momento de uma seleção e abre muitas portas.

Oportunidades que você jamais teria acesso se não dominasse o inglês surgirão.

Em um mercado globalizado, onde podem surgir interações de qualquer parte do mundo, é importante, sim, estar apto a se comunicar e, no momento, o inglês é a língua padrão mundial.
246 - comentário - 03/03/15 - 16:09:21 - Carlos Cruz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que durante toda a sua vida profissional será importante ter o inglês como segunda língua.

Seja no início, meio ou final o uso desta língua lhe será exigido em maior ou menor grau. Dependendo de seus objetivos profissionais e aspirações isto pode fazer muita diferença.

Alguém comentou que os processos de seleção usam o critério da fluência como balizador. Acho que isto é correto e que deve ser olhado com preocupação para os necessitam se manter no mercado.
247 - comentário - 03/03/15 - 16:13:53 - Leonardo Souza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês fluente potencializa suas chances de obtenção de uma vaga, ainda mais se tratando do mercado de TI, onde inglês é fundamental.
Em se tratando de minhas experiências profissionais, ter o inglês afiado foi ótimo, pois pude rapidamente conversar com fornecedores de softwares, agilizando o atendimento e facilitando a troca de informações.
GOC
248 - comentário - 03/03/15 - 16:59:12 - Thiago Machado - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que hoje o inglês faz sim um diferencial quando você esta se candidatando a uma vaga na área de TI, por muitas vezes escutei a frase mais facil achar alguem que fale inglês e dar a ela treinamento na área tecnica do que, fazer um tecnico aprender inglês.

O meu primeiro emprego na área mesmo foi devido ao meu inglês, foi a porta pela qual entrei no setor.

Portanto inglês hoje é excencial para quem esta querendo entrar na área de TI e digo mais não somente para esta área mais como para qualquer outra.
249 - comentário - 03/03/15 - 17:06:47 - Fernando Nogueira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Hoje mesmo participei de um Workshop ministrado por 2 experientes consultores Oracle. Um deles é americano e outro é alemão. As dicas que recebemos e o conhecimento que compartilharam foram preciosos, de companhias mundialmente famosas e de larga escala. Naturalmente, o idioma usado no Workshop foi o inglês, e então me pergunto: E se eu não falasse inglês? Teria perdido o que pra mim foi um dos melhores fóruns técnicos que já tive a oportunidade de participar. O inglês é essencial, tanto para o trabalho quanto para a vida social.
250 - comentário - 03/03/15 - 17:08:53 - Gustavo Machado - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para a minha carreira o inglês fluente foi fundamental para conseguir a efetivação na multinacional americana na qual trabalho há mais de cinco anos. Lá é constante a necessidade de participar de conferências onde a língua oficial é o inglês. Isso sem contar que muitas vezes é necessário atuar em conjunto com equipes de suporte avançado (L3) que invariavelmente estão fora do Brasil. Sem falar inglês, corre-se um grande risco de se ter um atraso desnecessário para obtenção de uma solução de um problema crítico de produção ou mesmo não conseguir solucioná-lo. Para finalizar, tenho diversos amigos muito competentes em TI que poderiam facilmente estar trabalhando comigo, possivelmente recebendo um salário acima da média nacional mas pela falta do inglês não foi possível a indicação. Por incrível que pareça, na empresa onde trabalho o inglês é tão ou mais importante que o conhecimento em TI.
251 - comentário - 03/03/15 - 17:14:30 - Luci - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião o inglês fluente abre portas de mercado para o profissional que procura oportunidades. Mas, depois que ele está na empresa, descobre que o que se valoriza é a comunicação, a falta de medo de se expressar em inglês e a capacidade de resolução dos problemas. Muitas vezes eu fui testemunha dos que _ousaram_ mesmo não sendo fluentes e conquistaram a fluência juntamente com a confiança dos superiores no ambiente de trabalho, porque atenderam às necessidades da empresa. Eu gostaria de deixar o conselho para quem está começando e para quem já é fluente: não tenha medo, mantenha seu inglês _em dia_ e enfrente os desafios que virão com as oportunidades, além de, é claro, começar já a investir no estudo da terceira língua, preferencialmente Espanhol.
apipesq
252 - comentário - 03/03/15 - 17:57:31 - Grazielle Codogno - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Conhecer inglês, saber ler e se comunicar em IT é fundamental, pois a maior parte do material e conceitos são feitos e desenvolvidos em inglês. Além disso, ter fluência e se sentir confortável com o idioma geralmente é importante para conseguir se comunicar de forma eficiente. Porém existem pessoas que não são fluentes e se comunicam com mais facilidade de as que são. Obviamente depende muito também de como é o mercado que você atende e quanto a empresa te expõe a clientes/filiais internacionais. Mas de qualquer forma é sempre bem visado no curriculum, mesmo que a empresa não irá exercitar tanto o seu uso de inglês, geralmente multinacionais grandes pedem a fluência.
253 - comentário - 03/03/15 - 18:09:39 - Eric Miranda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Making the long history short: Speakint English in IT is pretty much like having a paddle while aboard a little boat in open sea. You can leav without it, but it´s easier with it.
253 - Réplica - 03/03/15 - 18:10:10 - Eric Miranda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

*speaking.
253 - Réplica - 03/03/15 - 22:07:59 - William Gomes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

*live
if you could write without frills it would better...I think when you have the opportunity to say something ...do it fine
Pecados
254 - comentário - 03/03/15 - 18:55:24 - Julio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Vivemos atualmente em um mundo globalizado. Nossos concorrentes não são mais somente nossos colegas da mesa ao lado, são profissionais especializados do mundo todo. O Brasil, por exemplo, pelo seu fuso-horário estar relativamente próximo ao das principais regiões dos EUA e Canadá poderia ser um competidor global de serviços de T.I. Infelizmente, a falta de investimento em educação no nosso país gera impacto na preparação de milhares de profissionais e proporciona vantagem competitiva para países como a Índia. Tecnicamente nossos profissionais são tão bons quanto os melhores do mundo, mas a maioria não fala a principal língua da área. Na verdade, deveríamos estar discutindo se, além do Inglês, deveríamos ter também alguma noção de chinês, francês, etc... pois a longo prazo o profissional que não tiver capacidade de se comunicar em um mercado global estará as margens do mercado de TI.
254 - Réplica - 03/03/15 - 19:05:16 - Cristiano Ossola - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter somente ingles fluente não é suficiente para alavancar carreiras. Lembrando que falar uma lingua estrangeira é apenas um meio para um determinado fim que é resolver proglemas para os quais as pessoas são contratadas.
Falar ingles irá facilitar ter acesso a determinadas vagas que necessitam que as pessoas que resolverm problemas falem a lingua nativa dos contratantes, porem é necessário o skill determinado para o trabalho.
254 - Réplica - 03/03/15 - 23:32:07 - Julio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concordo plenamente, apenas ressalto que o país perde oportunidades de atuação significativa em um mercado global de serviços devido à uma limitação educacional. Nossa economia não precisaria ficar "refém" da exportação de matéria-prima, caso tivéssemos uma política sólida de investimento em educação e particularmente em TI. Como disse acima, nossos profissionais são tão bons tecnicamente quanto os de outros países. Se o profissional de qualquer área não tiver um mínimo de conhecimento técnico para atuar o mercado não oferecerá oportunidades ao menos para que ele se pergunte se deveria estudar uma língua estrangeira.
255 - comentário - 03/03/15 - 19:48:48 - Roberto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Bem , minha experiência diz que sim.
Tenho conseguido destacar-me no mercado de TI , com o diferencial de ter inglês para conversação , participar de audioconferences , etc. Pelo que tenho visto , ter o mínimo de inglês hoje é um requisito adicional hoje e sempre , talvez até mesmo , mais importante do que ter ou não graduação completa concluida. Além do que , não entender manuais do fabricante ou não conseguir responder numa audio , pode comprometer sua carreira. Não é o fator único , mas quem possui , _ganha pontos_.
Esta é minha conclusão com quinze anos em TI. Espero ter contribuído e obrigado.
Pecados
256 - comentário - 03/03/15 - 20:41:40 - Mauro Tonon - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá a todos,

Obrigado pela espaço para compartilhar um pouco de minha experiência profissional.
Hoje em dia inglês é imprescindível, especialmente para quem deseja trabalhar em uma empresa multinacional e busca de posições mais estratégicas em sua carreira.
No entanto, o domínio de uma língua extrangeira não é o suficiente para garantir uma boa comunicação, é necessário o conhecimento da cultura do time e do país onde está a matriz.
Normalmente as tomadas de decisão são feitas sob a ótica das pessoas da matriz e dessa cultura e portanto, da mesma forma é necessário compreender que os expatriados da matriz que trabalham em seu país sempre terão gaps culturais para o entendimento da comunicação em sua totalidade.
Vale ressaltar que, segundo estudos, mesmo numa comunicação verbal apenas 7% do seu conteúdo é dado pela fala propriamente dito.
Boa sorte e $ucesso a todos.
256 - Réplica - 03/03/15 - 21:34:53 - Cris - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

você pode ter uma carreira estratégica e não precisar falar inglês porque a empresa é 100% brasileira e ai você pode se empenhar na parte técnica e empresarial.
você tem que saber porque tudo vem de fora. Não necessariamente falar.
Conheço quem não fala, trabalha para multinacional e só tem clientes brasileiros, ZERO de conversação em inglês. Os cliente elogiam.
É especialista e e empresa não pensa em dispensá-la.
Conhecimento técnico acima de tudo.
257 - comentário - 03/03/15 - 21:16:22 - Higor Takahashi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Resposta de Consultor: depende.

Depende da motivação pessoal para comunicar-se efetivamente em inglês (ou qualquer outro idioma), a necessidade do negócio e que ferramentas _importadas_ serão usadas.

No meu caso, já trabalhei em diversas organizações de diversos portes e nacionalidades em que a exigência da fluência em um segundo idioma serviu diretamente para o negócio e, em outros casos, para acobertar a ausência de fluência de pares ou superiores que precisavam se comunicar em um segundo idioma.
257 - Réplica - 03/03/15 - 21:24:00 - Cris - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

isso é verdade, você vira um tradutor/interprete e atrasa seu trabalho.
as empresas deveriam ser mais críticas internamente para avaliar necessidades reais.
API
258 - comentário - 03/03/15 - 21:22:10 - Cris - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

olá galera!
gostaria de compartilhar minha experiência com vocês.
Bom, profissional da área de TI deve ter inglês pelo menos intermediário para ler documento técnica, pois a maior parte da documentação é escrita nesse idioma. A tradução demora e, as vezes, nem vem para cá.
Agora ser fluente em inglês me ajudou para trabalhar em ambiente das empresas multinacionais que trabalhei, sendo inglês a língua para comunicação, e depois me ajudou quando fui convidada para trabalhar em projetos fora do Brasil.
Enfim tudo depende como o profissional quer gerenciar sua carreira, pois engana-se quem pensa que a empresas faz isso por você.
Sempre temos que nos preparar para nova onda, seja cloud, seja ejb, seja lá o que for sabemos que dificilmente as trends ( hehe) nascem aqui. De novo temos que viajar para um simpósio, curso, ler livros, revistas e fóruns internacionais.
É isso. Boa sorte!
259 - comentário - 03/03/15 - 21:33:24 - William Gomes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês é sim um divisor de águas, seja para uma promoção ou para se conseguir uma vaga no mercado de trabalho, o qual se encontra a cada dia que passa mais acirrado.
Não há como negar que o idioma mundial seja o inglês. É simples entender o porque, o mundo globalizado faz com que o mercado de trabalho seja um só, ou seja, a concorrência ocorre em uma esfera bem mais ampla, que apenas o território nacional. Hoje, todos lutam pelas mesmas vagas, principalmente em empresas multinacionais e também naquelas que visam o mercado internacional para expandir os seus negócios. É claro que a incidência seja extremamente maior em nichos específicos como o de TI, por ser uma área de serviços e também pelo advento de não existir barreiras, no sentido do escritório físico, onde uma pessoa alocada no interior da China, pode ser a prestadora de serviços de uma empresa brasileira.
260 - comentário - 03/03/15 - 21:59:36 - Alexandre Nicolau - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês não só alavanca a carreira de TI, mas também carreiras de outras profissões nas quais é necessário se destacar.
É muito improvável e até de certa forma inocente um profissional da área de TI achar que pode profissionalmente se destacar se não dominar bem o inglês.
Isso porque os principais lançamentos, artigos importantes, documentos e diversas outras fontes são publicadas em inglês, não só porque os Estados Unidos tem um papel decisivo, mas porque também o inglês é a base de comunicação e denominador comum para interlocução com profissionais de outras nacionalidades.
O inglês fluente irá permitir que o profissional possa participar de eventos internacionais com os principais lançamentos de tecnologia. Se não dominar o inglês, boa parte do conteúdo e das mensagens apresentadas irá se perder.
Uma mensagem importante para se lembrar é que nunca é tarde para começar.
261 - comentário - 03/03/15 - 22:06:09 - Fábio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Conseguir ler/escrever em inglês sempre foi mais importante e necessário para a minha carreira do que falar. É inviável tentar trabalhar com TI sem conseguir ler manuais/artigos. Depender de tradução de outros sempre vai te deixar atrasado.

Agora quanto ao inglês falado, minha experiência diz que depende da empresa. Passei pelo Banco Citibank, onde o inglês era imprescindível e usado quase que diariamente.
Depois, ao mudar de emprego para o Itaú BBA, fiz a primeira entrevista em inglês para uma empresa nacional e o inglês era requisito da vaga. Mais de quatro anos depois, somente precisei falar inglês uma vez em um evento opcional. Ainda não entendi porque o inglês era pré-requisito.
GOC
262 - comentário - 03/03/15 - 22:47:37 - Jacques Maeda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza. Ingles fluente abre oportunidades de trabalho em todas as areas, principalmente TI, onde o fenomeno globalizacao é muito mais forte, as maiores empresas de TI atuam com recursos do mundo todo e os maiores clientes tambem depende de um atendimento a nivel mundial, alem disso a possibilidade de capacitacao amplia uma fez que nao esta limitado pelo idioma uma vez que o ingles é a lingua universal.
263 - comentário - 03/03/15 - 23:12:46 - Leandro Bremer - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Pode sim alavancar a carreira, porém acredito que seja apenas um diferencial em uma entrevista de emprego, a fim de lhe colocar um passo à frente de outros candidatos, ou em casos onde é requisito mínimo para ingressar em alguma empresa que a língua seja utilizada regularmente. Agora, não é um indicador de que terá um salário melhor por ser fluente, isto é ilusão. O que pode ocorrer é você facilitar sua ascensão na empresa, seja em uma carreira técnica ou gerencial.
264 - comentário - 03/03/15 - 23:14:34 - Navarro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tenho uma outra opinião sobre o tema. Estudei durante muitos anos o Inglês, fiz intercâmbio para aperfeiçoar e cheguei a trabalhar em escolha de idiomas. Com certeza ter no currículo o inglês avançado ou fluente é um diferencial na hora de participar de um processo seletivo. Contudo, se as atividades do cotidiano não exigem um constante uso do idioma, este não lhe servirá para praticamente mais nada. Desde que entrei no mundo de TI, passei por empresas multinacionais. Mas até hoje, nos projetos e atividades onde atuei, nunca me foi necessário utilizar o segundo idioma. Muitas vezes seu inglês servirá de consulta para seus colegas e até superiores, mas não representará uma _Alavanca_ em sua carreira, o que é difícil de aceitar em um mundo tão globalizado.
265 - comentário - 03/03/15 - 23:32:48 - Ariel Whitaker De Almeida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim e não.

O conhecimento da língua pode ser um diferencial em muitas oportunidades, porem o mercado Brasileiro não está preparado para oferecer o pagamento correto para esses profissionais.

Infelizmente é normal acontecer de uma vaga ser apresentada onde oferecem um valor de salario base do piso salarial para um profissional que não tem conhecimento em nenhuma língua adicional, porem é necessário que o profissional saiba falar dois ou até três idiomas adicionais.

Também é preciso em muito levar em conta o profissional. Conheço muitas pessoas que sabem inglês, entendem com maestria, escrevem sem erros, porem não conseguem falar. Isso pode acarretar em muitas oportunidades perdidas de se encontrar ótimos profissionais.
Hospitalhd
266 - comentário - 03/03/15 - 23:50:32 - Jair - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu não diria que alavanca a carreira, mas sim que abre mais um leque de oportunidades em empresas que é necessário o uso da língua. Não é apenas o inglês que vai fazer alavancar e sim um conjunto de coisas como: experiência profissional, experiência em ferramentas especificas, certificações e etc.
267 - comentário - 04/03/15 - 07:57:28 - Rodrigo B Freitas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Dado ao modelo de consultoria que temos no Brasil, onde normalmente os profissionais alocados no cliente tomam frente de projetos junto às matrizes de multinacionais, o Inglês tornou-se ferramenta essencial para um bom desenvolvimento na carreira, as boas vagas pedem este _skill_. Há ótimas vagas sem a necessidade do idioma, porém são mais raras.
268 - comentário - 04/03/15 - 08:32:55 - Marco Antonio - 186.203.8.****

Sinceramente, não.
269 - comentário - 04/03/15 - 09:28:57 - Ygor Nasscimento - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que o ingles, assim como o espanhol e outros idiomas podem sim lhe ajudar a ter algo melhor onde se trabalha ou onde se deseja trabalhar. Hoje, trabalho em uma multinacional e só tive a necessidade de falar ingles 2 vezes (em dois anos). Sempre acreditei que o ingles é indispensável para a carreira em TI, até porque, mesmo se voce não falar, voce vai precisar ler e muito, não apenas artigos técnicos. Outra coisa, o conhecimento do idioma será seu, pra onde quer que você vá, então, estude!
dbassocia
270 - comentário - 04/03/15 - 09:44:18 - Anibal Marques - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Uma pessoa é fluente em inglês quando está destravada. Ser fluente não significa ter um vocabulário soberbo. Um analfabeto americano, britânico, indiano, alemão ocidental ou australiano é fluente em inglês. A diferença é que ele sabe se comunicar para atingir seus objetivos, ainda que simplórios e básicos. Baseado nisso, a fluência na nossa carreira passa em saber o jargão técnico e conversar como se estivesse trabalhando normalmente com essa língua. Já o bate-papo do dia-a-dia não seria necessário em um escritório de TI. Já as empresas estrageiras sediadas no Brasil, como IBM, por exemplo, o trato do profissa de TI cruza com outros tipos o que faz necessário aumentar o vocabulário sem contar que a língua franca lá é o inglês. O alto escalão contém estrangeiros que a falam. Daí se tira ser ou não necessário em outras empresas que não sejam estrangeiras.
271 - comentário - 04/03/15 - 09:50:39 - Willian Oki - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida alavanca - experiência própria. Mas penso que a busca pela fluência, seja do americano, seja do inglês britânico, resulta em conquistas além do escopo profissional, é uma conquista cultural. O inglês é hoje, indubitavelmente, a língua de integração mundial de facto, não só em TI, mas em quase todas as áreas do conhecimento e negócios.
272 - comentário - 04/03/15 - 10:54:29 - Jose Soares - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Por definicao, TI _e uma diciplina de origem na lingua Inglesa. Desta forma o dominio deste idioma e indispensavel.
273 - comentário - 04/03/15 - 11:08:01 - Marco Vinicius Aguemi Cabral - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Primeiramente, fluência no inglês consiste na combinação em: #1 vasto vocabulário, #2 preciso conhecimento gramatical, #3 naturalidade com a qual o locutor se expressa, #4 escuta ativa praticada pelo ouvinte (indagando sempre que necessário) e #5 interpretação correta da mensagem em questão a ser passada. Tudo isso resulta numa alta capacidade do comunicador em lidar com situações variadas assim como numa maior rapidez de reação durante uma interação no idioma em questão.
Além disso, boa parte das tecnologias disponíveis no mercado são propriedades/criações de empresas Americanas, ou ainda tem sua essência baseada em referências acadêmicas (Harvard, MIT, etc). A partir do momento em que um profissional domina o idioma, facilita seu entendimento na tecnologia e permite eventuais contatos com essas empresas para um suporte preciso e uma consequente solução mais efetiva.
GOC
274 - comentário - 04/03/15 - 11:40:16 - Luigi - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Língua Inglesa não é requisito exclusivo de TI. Qualquer área de especialização técnica, inclusive na área de Humanas, tem esta necessidade. TI sempre se mostrou ser um campo com profunda especialização, cuja pesquisa sempre teve inicio em países estrangeiros. Convenhamos, é a língua universal para intercâmbio, transações e negócios mundo afora.
_Fluência_ sugere _pleno domínio_ nas formas oral e escrita, o que sempre é muito requerido no grau de competitividade em que vivemos. No mais, parabenizo aos comentários feitos neste fórum. Grato e boa sorte a todos..
275 - comentário - 04/03/15 - 12:22:15 - Pedro - 177.99.241****

Tirando todo blablabla de sempre, não.
276 - comentário - 04/03/15 - 12:44:27 - Maíra - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que falar uma segunda lingua é importante pois metade do mercado mundial utiliza o inlgês como primeira lingua para fechar negocios.
277 - comentário - 04/03/15 - 13:27:30 - Alexandre Farinelli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sempre gostei da lingua inglesa e comecei fazer curso por gostar, quando ainda tinha 15 anos de idade. Desde lá, sempre procurei me aperfeiçoar, inclusive com aulas particulares, quando estava no nível avançado.
O ingles - SIM - faz muita diferença na carreira de TI, bem como em outras áreas. Uma vez que vivemos cada vez mais globalizados, é mandatório o conhecimento cada vez mais de novas linguas.
Hoje tenho certeza que o ingles é fundamental na carreira de TI, sempre esbarramos com: e-mails, ligações, documentações, video aulas em inglês... coisas onde a lingua não deve ser barreira.
apipesq
278 - comentário - 04/03/15 - 13:33:16 - Roger - 200.143.18****

Não alavanca em nada, trabalhei em grandes projetos de empresas americanas, a diferença de ganhos entre um _fluente em inglês ou espanhol_ era ridícula comparada aos não fluentes, ou seja, não vale a pena investir, tempo e $$$. Aliás TI caminha a passos largos para se tornar algo parecido com o chão de fabrica.
278 - Réplica - 04/03/15 - 21:04:24 - Eliana de Cássia Varani - 189.33.5.1****

Não concordo... Qualquer estudo faz diferença, mesmo em chão de fábrica.
279 - comentário - 04/03/15 - 14:15:12 - Lindalva Santos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim! Como exemplos, posso lembrar:
- Muitos treinamentos e certificações ainda não estão disponíveis em português, você não precisa esperar pela versão em português.
- Inglês fluente é uma exigência de processos das vagas que são consideradas como alavancas de crescimento na carreira.
- No trabalho muitos relatórios, e-mails, ?conference calls? são em inglês. E isso não é coisa exclusiva de multinacionais, muitas empresas pequenas/médias já têm planejadas fusões ou entrada em novos mercados.
- Se trabalha em uma multinacional, será que aquela vaga em outras filiais no exterior vai ser oferecida pra você se não tiver inglês fluente?
- Existem bons projetos no exterior com possibilidade de trabalhar remotamente do Brasil como freelancer, sem inglês fluente, não rola.

E como alguém aqui no fórum já comentou, a fluência no inglês _resulta em conquistas além do escopo profissional_.
280 - comentário - 04/03/15 - 14:54:16 - Paulo Alves - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Definitivamente falar outro idioma, principalmente inglês é essencial para qualquer profissional da área de Tecnologia da Informação que tenha como objetivo trabalhar em grandes empresas de TI ou até mesmo de outro segmento(consumidores de TI).
dbassocia
281 - comentário - 04/03/15 - 15:55:01 - Andre Bovo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Falar um segundo idioma é fundamental na carreira de TI, que de todas talvez seja a que mais foi impactada pela Globalização e cada vez mais atuamos com parceiros de várias partes do Globo. Eu diria que não somente o inglês mas também o espanhol, melhor se falar os dois idiomas claro, pois cada vez mais temos contato com recursos de países como Costa Rica, India, Lituania em projetos globais.
282 - comentário - 04/03/15 - 17:04:26 - Edyo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, para todos que tem como objetivo trabalhar na area de Tecnologia da Informação ter o dominio de outro idioma é muito importante, posso dizer por experiência propria. Hoje em dia as grandes empesas de TI estão procurando pessoas que o domino do ingles e o espalhol, é essencial para qualquer profissional da área de Tecnologia da Informação.
283 - comentário - 04/03/15 - 17:22:45 - R F - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Antes de fazer o post, observei algumas opiniões aqui no fórum, e baseado na minha vivência gostaria de expor o seguinte_

Acho que há casos em que trabalhamos em grupos focados, ou empresas menores, na produção, na correria e é bem possível que um inglês fluente não seja necessário, bastando o inglês instrumental.

Mas a pergunta é: A fluência alavanca a carreira?

Em minha opinião, depende da aspiração do candidato. No entanto, para trabalhar em alguma empresa multi-nacional não muito verticalizada, ou alguma grande companhia do ramo de TI (tome: Oracle, EMC, VMWare, Microsoft, Red Hat, etc.) torna-se não essencial, mas sim, fundamental, a ponto de em alguns cargos, nem passar na peneira do RH.

Vamos estudar, pessoal!
283 - Réplica - 04/03/15 - 21:01:39 - ELIANA DE CASSIA VARANI - 189.33.5.1****

Concordo sim...
Hospitalhd
284 - comentário - 04/03/15 - 19:10:59 - Arthur - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingês fluente é bom para sua vida. Em TI então, assim como em qualquer outra carreira, é imprescindível. Porém o culto exacerbado que se propaga sobre dessa lingua é demais. Inglês tem que ser aprendido de forma divertida e por quem está interessado, não por pressão ou medo de perder emprego. Senão gera trauma.
284 - Réplica - 04/03/15 - 21:00:42 - Eliana de Cássia Varani - 189.33.5.1****

Concordo... Há pessoas que simplesmente não conseguem aprender...
285 - comentário - 04/03/15 - 21:10:49 - Eliana de Cássia Varani - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Qualquer conhecimento faz diferença, talvez simplesmente por te fazer ter mais conexões...
Neurônios, pessoas, assuntos, vivências, habilidades, possibilidades, não importa qual tipo de conexão, você vai ter um número maior de chances de se dar bem. Demonstra interesse em ser melhor também, em se encaixar em um nível melhor de vida, desejo de progresso, tudo isto e muito mais... Principalmente para deficientes físicos... Quanto mais estudo, mais chances...
286 - comentário - 04/03/15 - 22:24:38 - Daniel Olops - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Creio que ter inglês fluente (leitura, escrita e conversação) é fundamental para quem pretende trabalhar em empresas de grande porte, onde podem ocorrer reuniões com a matriz e/ou demais unidades da empresa espalhadas pelo mundo. Ou ainda, quando você tem a oportunidade de trabalhar em uma empresa que presta serviços a clientes internacionais. O idioma é fundamental também para aqueles que pretendem pleitear vagas no exterior, que podem ser bem interessantes dum ponto de vista profissional e financeiro. No entanto, se a pessoa trabalhar majoritariamente com empresas de médio ou pequeno porte, um bom inglês técnico (leitura E escrita) pode já ser o suficiente. Pelo menos no meu caso, ter habilidades de conversação fez pouca ou nenhuma diferença nestes lugares.
GOC
287 - comentário - 04/03/15 - 22:30:07 - Giovanni William - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu penso que o idioma inglês não impulsiona a carreira, mas tenho certeza ao afirma que ao não ter no mínimo um nível avançado de inglês para conversação ou ao menos domínio técnico de leitura em inglês pode te desqualificar de uma vaga, de uma possível participação de projeto ou a exclusão até daquelas reuniões com algum estrangeiro que possa vir visitar a empresa. É fundamental o idioma inglês, porém não é mais um diferencial. Uma obrigação.
288 - comentário - 04/03/15 - 22:31:48 - André Scotá - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida nenhuma inglês é fundamental. Deve ser visto como um degrau a ser vencido por qualquer pessoa não-nativa que adentra a área de TI. Deve-se aprender sim! Os melhores artigos estão (infelizmente??) em inglês e uma tradução pode demorar semanas... Talvez não é a língua que gostaríamos que fosse o _padrão_, mas é como é. Sem tempo para mimimi.
289 - comentário - 05/03/15 - 09:44:56 - Alexandre Gomes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida é fundamental um inglês de bom nível, o dia a dia da área de TI demanda não só leituras técnicas como conversações sobre tópicos específicos, comunicação é fundamental e por muitas vezes participei em reuniões onde executivos e técnicos que não conseguiam se comunicar em inglês tiveram sérias dificuldades de interação, com outros participantes _perdendo o interesse_ em conversar como os mesmos, dando mais atenção a participantes de nível não tão sênior porém que conseguiam habilmente se comunicar em inglês.
290 - comentário - 05/03/15 - 10:53:37 - Carlos Mello - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O que alavanca a carreira em TI é um conjunto de capacidades técnicas, comportamentais e de competências. Falar mais de um idioma é apenas um dos componentes embora seja importante.
Hospitalhd
291 - comentário - 05/03/15 - 13:24:20 - Marcos Pereira da Cruz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho que sim, o inglês fluente agrega muito na ascensão da carreira profissional. Um profissional com uma boa qualificação, formação, experiência e bilíngue é diferenciado.
292 - comentário - 05/03/15 - 16:19:45 - Hermogenes - 201.65.128****

É claro que quanto mais conhecimento melhor, mas na pratica o inglês de nível intermediário já é suficiente para a grande maioria dos profissionais de TI.


Quem correr atrás da mídia e das empresas e buscar de forma frenética aumentar suas qualificações em idiomas, certificações, pós graduação e etc, vai terminar falido e mal pago.


Um profissional com inglês intermediário, uma boa rede de contatos e um conhecimento técnico atualizado já esta no bom caminho, o equilíbrio é a melhor alternativa para alavancar a carreira.
292 - Réplica - 06/03/15 - 08:12:44 - Thadeu - 189.62.87.****

Concordo plenamente, esta é uma visão mais pragmática.
Atualmente muitos acreditam em conceitos que são politicamente corretos, sem ter uma posição crítica a respeito.
293 - comentário - 05/03/15 - 17:00:14 - Thiago Pavanelli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não alavanca, é necessário.
dbassocia
293 - Réplica - 06/03/15 - 09:57:13 - Paulo Silveira - 177.135.16****

Realmente não alavanca, mas muitas vezes as vagas exigem inglês fluente e isso diminui o leque de oportunidades de que não possui fluência em inglês (meu caso).
Tenho inglês avançado, mas não sou fluente e estou buscando oportunidade para intercâmbio no exterior, trabalhar e estudar!
295 - comentário - 06/03/15 - 06:35:04 - Everton - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho que conhecimento de inglês em um nível intermediário é de extrema importância para qualquer profissional de TI, mas não acho que inglês fluente alavanca a carreira, o que alavanca a carreira é seu conhecimento técnico em sua área, sua determinação, empenho e dedicação. Ter inglês fluente pode te colocar na frente de outros candidatos num momento de decisão, mas é o fator principal que vai fazer crescer na sua carreira.
296 - comentário - 06/03/15 - 10:44:42 - Henrique - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não acho que alavanque tanto assim, mas inevitavelmente coloca o candidato num patamar acima dos demais. Dá uma notoriedade maior ao candidato quando a vaga exige inglês. E na prática, saberemos se vamos usar nosso inglês se na entrevista, for feito teste no idioma. Das 20 entrevistas que já fiz em toda minha carreira, somente uma delas me selecionou por ver que tenho inglês avançado e de fato me entrevistou em inglês. Acho que o inglês é mais importante para o próprio candidato do que para sua carreira em si, pois aumenta os conhecimentos, e desloca para um nível maior de experiência. Experiência sim, conta mais do que inglês.
297 - comentário - 06/03/15 - 10:44:43 - Bruno Vaz da Costa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho que somente inglês fluente não, pois é necessário um conjunto de habilidades profissionais e pessoais. Porém, acho que há dois pontos a serem considerados: empregabilidade e multiculturalidade. Um bom nível de inglês, obtido através de intercâmbio estudantil ou profissional e agregado a uma experiência com outra cultura, ajuda a aumentar a empregabilidade. Esse profissional se torna um pouco mais atraente às empresas, pois isso é proporcionado não só pela habilidade em falar outro idioma, mas também em ter aprendido a lidar com diferenças culturais, o que num mundo globalizado se torna interessante.
GOC
298 - comentário - 06/03/15 - 12:39:04 - Victor Amicci - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não somente alavanca. Considero o conhecimento da língua inglesa essencial a um profissional que deseja uma carreira de sucesso. Nós do TI, precisamos saber ler, falar, entender e escrever corretamente em inglês, pois a maioria da cultura e conhecimento de nossa área está documentada nesta língua, sem contar que a maioria das empresas têm como língua padrão a mesma, e ainda sem contabilizar o crescimento em cultura que pode ser proporcionado ao conhecer outra língua. É literalmente abrir novos horizontes.
Já passei por diversas entrevistas em inglês, e posso dizer que sim, é importantíssimo saber o inglês fluente. Claro que, como outros usuários comentaram abaixo, existem diversos outros fatores que entram como variáveis no sucesso individual da carreira de um profissional, porém diante desta questão, ajuda, e muito. Cabe então às empresas valorizarem o profissional com esta habilidade.
299 - comentário - 06/03/15 - 18:12:30 - Marco Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Olá, boa tarde a todos!
Acredito sim que Inglês Fluente alavanca a carreira e permite um profissional escolher vagas com melhores salários, pois se a vaga exige Inglês Fluente vai pagar um pouco mais.
Acho ainda que tem aumentando o número de empresas que se relacionam com outros países e vem requerendo um número maior de profissionais com Inglês Fluente.
Claro que serão necessárias outros conhecimentos e habilidades, porém Inglês Fluente ajuda e muito a alavancar.
Abraços!
300 - comentário - 07/03/15 - 08:08:36 - Fernando - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Se a vaga for para projeto internacional, sim vai alavancar e te abrir uma porta.

Agora como a maioria são de projetos nacionais, os recrutadores não vão te pagar a mais por isso.
300 - Réplica - 08/03/15 - 02:31:26 - Thomas - 177.79.12.****

Salario de profissional de TI com ingles fluente no Brasil eh menor do que um salario de limpador de piscina no pais de primeiro mundo. Ingles fluente soh alavanca carreira se for em outra area.
apipesq
300 - Réplica - 07/03/15 - 20:22:05 - Sacramento - 187.37.84.****

Fernando
Concordo com você, o inglês é essencial para projetos internacionais, porém para nacional não faz diferença.A empresa não vai pagar mais por isso e quem lucra com isso é somente o empregador que ainda vende sua hora-homem por um valor mais alto, sem falar nas escolas de idiomas.
Em resumo, se você vai ou pretende participar de projetos internacionais, tenha inglês fluente.
301 - comentário - 07/03/15 - 10:54:06 - Gabriel Andrade - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza é importantíssimo e fundamental para quem trabalha com TI
Sim, você consegue um emprego se não tiver inglês, mas os que trabalham com você e tem inglês terão uma vantagem e aproveitamento muito maior
Aprendi inglês aos 3 anos em uma escola americana e posso dizer por experiência própria que faz muita diferença, tanto com quem não tem inglês mas também com quem tem um inglês fraco
302 - comentário - 07/03/15 - 12:15:32 - Palmiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida, pois não importa para qual empresa você trabalhe, nesta área de trabalho o inglês é fundamental!
Para participar de forma online ou presencial de cursos,palestras,fóruns,etc é necessário ter fluência em inglês. Ainda hoje os melhores artigos, novidades e informações são lançados primeiro em inglês.
O profissional que tem inglês fluente tem muito mais chances de evolução profissional do que o profissional que não tem.
303 - comentário - 07/03/15 - 19:19:30 - Marcos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês é fundamental para se posicionar acima da média. Para ser melhor ainda pode contar com um terceiro idioma. Espanhol, Francês, Italiano, Alemão, Mandarim, Cantonês, Coreano... Não dependa apenas no Inglês para se diferenciar. Inglês te diferencia da maioria, mas o terceiro idioma te diferencia de quem é acima da média.
Pecados
304 - comentário - 07/03/15 - 21:47:31 - Fernando Cruz - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Como sempre, depende de como e onde irá atuar. Tive a oportunidade de morar nos Estados Unidos quando criança e desde então falo inglês. Trabalho há mais de 15 anos com TI e só agora o inglês foi crucial no novo emprego que arranjei. Agora se eu acho importante? Sim, sem sombra de dúvida. Faz falta? Sim. Vai deixar de arranjar um emprego por causa do inglês? Não, principalmente se estiver procurando em empresas brasileiras.
305 - comentário - 08/03/15 - 11:19:52 - Daniel Pires - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Apesar de ver a necessidade de inglês fluente em várias vagas. Esta fluência só precisei em UMA empresa que trabalhei. Infelizmente aqui no Brasil utilizam desta _obrigatoriedade_ da fluência apenas para eliminação de candidatos em entrevistas. Quem trabalha em TI e tem um bom inglês técnico consegue se virar muito bem. Na minha opinião a Fluência só é necessária em cargos executivos ou em empresas MULTINACIONAIS.
306 - comentário - 08/03/15 - 13:32:40 - Joel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O mercado brasileiro está muito carente de profissionais bem qualificados em diversas tecnologias. Diante dessa necessidade a questão do inglês, se não for diretamente necessária para a vaga (como suporte ou projeto internacional, conforme comentado anteriormente), não vai ser decisivo para a contratação de alguém.
O que friso é que tudo é um processo, e conforme o profissional for se especializando e aumentando o seu nível (com especializações em determinados produtos/serviços, pós-graduação, certificações por exemplo) a necessidade do inglês passa a ser natural e obrigatória, tendo em vista que o mesmo começará a ser envolvido em projetos maiores, com interações direta com equipes e fornecedores estrangeiros, além de participação em fóruns em eventos internacionais.
306 - Réplica - 09/03/15 - 02:10:45 - Mike - 177.79.14.****

Pelo que eu entendi pra ser profissional de TI tem que ter pos-graduacao, certificaçoes, ingles fluente e etc. Me responda, se possivel, de onde virah o dinheiro pra investir nisso tudo?
Pecados
307 - comentário - 08/03/15 - 19:29:24 - Rafael Hanashiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Hoje o inglês é simplesmente indispensável, principalmente para profissionais da área de TI. O profissional de TI, mais que qualquer outro, precisa ser auto didata e as melhores referências estão em inglês. Assim, acredito muito que o inglês possa ajudar na evolução profissional do indivíduo.
Outro ponto importante são as oportunidades de atuar em multinacionais e ter o contato com o pessoal de fora. Pensando neste ítem, acredito que não apenas o inglês, seja importante, mas também o espanhol.
Conhecimento nunca é demais, porém a principal língua utilizada no mundo deve ser obrigação.
308 - comentário - 09/03/15 - 08:45:24 - Thiago - 187.22.103****

Inglês é importante sim, como aprender uma segunda língua além dessa, como espanhol, chinês, alemão,etc, ai será um diferencial.

Mas só o idioma não é o essencial, tem que ser proativo,ter habilidades de comunicação até para formar sua rede de contatos e não podemos esquecer, o conhecimento técnico na área, cursos, certificações e fazer faculdade.

Com tudo isso, se a pessoa além de sua qualificação, contar com a sorte também, na hora certa e com a oportunidade certa de ser reconhecida, com certeza ela terá exito em sua carreira, podendo até se torna um profissional bem sucedido.

Espero que todos os colegas de ti, que estão ou não aqui, sejam reconhecidos e que tenham uma carreira de sucesso, e sim, estudem inglês, quem sabe, você precise trabalhar no exterior ou aparece alguma grande oportunidade lá fora.
309 - comentário - 09/03/15 - 16:31:56 - Uilson Souza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Obviamente que o inglês fluente não é um item 100% obrigatório para se conseguir uma vaga em TI, mas, veja bem, os melhores conteúdos e materiais de pesquisa estão em inglês...é importante que ao menos o inglês técnico esteja afiado para que você possa aprender mais sobre a nossa área.
Entretanto um diferencial é fundamental para o crescimento na área...o inglês fluente. Já participei de algumas dinâmicas de grupo para determinadas vagas em que meu inglês foi ponto crucial para continuidade...além disso, você irá trabalhar em casos e projetos que envolverão pessoas de fora do País, e você como envolvido no tema, se falar inglês fará com que o tema ou projeto ande de forma mais dinâmica se for o contato principal com essas pessoas.
Inglês hoje não é luxo...é necessidade para o mercado de TI
310 - comentário - 10/03/15 - 09:50:51 - Juliano Yuji Yamazaki - 200.91.221****

O inglês hoje é fundamental, não é nem questão de alavancar. Poucos atingem o topo não sabendo inglês, o fato é que a língua, encurta distâncias e cria caminhos.
API
311 - comentário - 10/03/15 - 10:01:42 - Igor - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opiniao o inglês pode sim alavancar sua carreira profissional mais para isso tambem e necessário que voce tenha conhecimento técnico na área que deseja trabalhar, somente ter inglês fluente nao adianta, preciso ter inglês, cursos, certificações e uma faculdade, a combinação de tudo isso faz sua carreira alavancar.
311 - Réplica - 10/03/15 - 12:42:39 - Gabriel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

condordo plenamente, se so souber ingles a pessoal vai ser so um tradutor.
312 - comentário - 10/03/15 - 10:08:43 - Fernando - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em TI quase toda documentação e tendências mais recentes são lançadas em inglês primeiro, assim como esta é a língua utilizada para comunicação entre pessoas e empresas quando se trabalha em times globais. Eu acho que aprender inglês bem é algo que pode alavancar mais a carreira de uma pessoa de TI muito e deveria estar na lista de prioridades de qualquer um, pois não só facilita o acesso às mais novas tecnologias, como é fundamental para quem pretende ampliar os horizontes, trabalhando no exterior ou em equipes globais.
313 - comentário - 10/03/15 - 10:12:35 - Raphael - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tenho 7 anos de TI e lembro exatamente o momento em que tive confiança para adicionar a informação
´´Ingles: fluente´´ no meu resumo.
As oportunidades mudam sim, sua faixa salarial é melhor e sua visibilidade dentro da empresa é totalmente diferente.
Por não haver muitos profissionais com essa skill voce tem um respeito a mais, chega a ser engraçado.. pois é só uma Lingua.
Porém acho que voce adiciona muito mais possuindo ingles se sua area é gestão, eu, por ser técnico, vejo uma diferença mas por incrivel que pareça nao é TÃO solicitado o ingles, as vezes a empresa quer só a segurança de pelo menos um técnico poder se comunicar.
GOC
314 - comentário - 10/03/15 - 10:18:47 - Fabio Almeida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês, para o profissional sério de TI, não é opcional, é fundamental. E nem digo isso visando ou em relação a cargos ou promoções. O inglês é a língua padrão de TI, um profissional jamais será completo sem o domínio do inglês, leitura e entendimento correto devem ser o foco. Quanto à fluência em falar é uma questão de prática e vivência. Se você é um profissional sério e deseja dominar tecnicamente sua área de interesse em TI, seja administração de redes, desenvolvimento, etc. O inglês deve ser sua meta principal, antes mesmo até do que o conhecimento técnico em si.
315 - comentário - 10/03/15 - 10:24:00 - Rafael Barioni - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu sempre pensei que, se você quer começar carreira na área de TI, você precisa ter, ao menos, um inglês técnico, capaz de ler livros e tutoriais técnicos.
Agora, se você pensa em entrar em qualquer empresa multi-nacional, o inglês passa a ser fundamental. Isso, porque, você nunca sabe se iré precisar ou não conversar com alguém de outro país.
Eu mesmo atuei por quase 10 anos apenas em times formados por estrangeiros e o inglês era essencial todos os dias, durante o trabalho.
E, claro, que seu salário irá acompanhar seu nível de inglês, pois ainda é um diferencial hoje em dia. Mas essa diferença tende a diminuir, pois cada vez mais pessoas aprender o inglês como segunda língua.
316 - comentário - 10/03/15 - 10:25:02 - Davis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende do foco que você deseja dar à sua carreira. Se for gestão ou trabalhar em grandes corporações, o inglês fluente faz toda a diferença. As faixas de salário, os cargos, e as responsabilidades começam a se diferenciar.

Claro que só inglês fluente não basta. É preciso ser bom no que faz, ter formação e saber trabalhar em equipe. Isso é tão importante quanto ou mais do que ser apto a conversar em inglês.

Um ponto que geralmente não se fala é sobre conhecimento cultural. Isso faz diferença no estabelecimento de rapport com pessoas de outros países. É um indiano? Aprenda algo sobre cricket ou bollywood. É um chinês? Aprenda algo sobre o que eles tem orgulho.

A minoria dos profissionais com quem você se comunicará serão americanos. Sendo de outros países, têm sotaque, vocabulário relativamente limitado...

E não confundam inglês técnico com inglês fluente.
317 - comentário - 10/03/15 - 10:25:52 - Flavio Candido - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, falar inglês para os profissionais de TI é fundamental.
Hospitalhd
318 - comentário - 10/03/15 - 10:27:07 - Jeff Cechinel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Moro a 3 anos e meio no exterior (Reino Unido), tenho sentido na pele, o quão importante é ter o Inglês afiado, não só na pronuncia, mas também com a gramatica. O inglês além de abrir portas para diversas oportunidades, também lhe auxilia a conhecer outras culturas.
A maioria das informações compartilhadas no mundo, é em inglês, e quando você possui domínio dessa língua, o seu conhecimento dobra, e você passa a receber informações de fontes confiáveis e antes mesmo do resto do mundo, por que geralmente os sites gringos trazem informações privilegiadas e demora um pouco para chegar no Brasil.
Esses são só alguns dos benefícios. Existem vários outros.
319 - comentário - 10/03/15 - 10:28:04 - Leandro Pereira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu acredito que os 3 principais requisitos de uma boa carreira são conhecimento, experiência e idioma.
O inglês é a língua padrão para área de TI e com certeza alavanca e muito a carreira de quem trabalha na área.
Além de um salário maior, você também tem a oportunidade de trocar experiências, cultura e conhecimentos com pessoas de todo o mundo.
Leandro Pereira - Adm. de Redes Senior.
320 - comentário - 10/03/15 - 10:28:06 - Marlon Costa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês s fluente é fundamental hoje para qualquer profissão!
Infelizmente os melhores conteúdos relacionados à TI/Telecomunicações sempre estiveram em inglês, e não digo infelizmente pelo idioma, mas também, pela capacidade educacional do Brasileiro.
Qualquer pessoa que deseja uma carreira de sucesso no segmento, é obrigado a ter um mínimo de inglês FLUENTE não apenas sobre conteúdos técnicos, mas também para relacionamento.
321 - comentário - 10/03/15 - 10:33:09 - Raphael Thaumaturgo Molnar - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês para o profissional de TI que deseja se aprimorar, independente de qual seja sua carreira, vertical, horizontal, é fundamental. Não entrando em mérito de cargos e exigências do mundo corporativo, o inglês é a língua em que se encontra 90% dos materiais de estudo, é a língua que empresas sérias utilizam para padronizar sua comunicação entre filiais internacionais, é a língua em que informações são discutidas nos fóruns e é a língua em que as palestras são apresentadas. Logo, qualquer profissional de TI que queira se aprimorar e ficar atualizado precisa do Inglês para não ficar preso a materiais defasados e a boa vontade de outras pessoas para traduzirem a novidades para sua língua. Acredito que o conhecimento e a curva de aprendizado regem a carreira de um profissional de TI, logo o Inglês fluente é imprescindível.
dbassocia
322 - comentário - 10/03/15 - 10:33:51 - Thiago de Lisboa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente foi fundamental na minha carreira, pois foi fator determinante para que minha contratação fosse aprovada nos meu últimos três empregos, fora que dominando a língua inglesa a pesquisa para resolução de problemas se torna muito mais fácil pois a maioria dos materiais de apoio estão em inglês.
323 - comentário - 10/03/15 - 10:39:53 - R Giatti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Extremamente. o mercado de TI é um dos mais globalizados muldialmente e ter a língua para estar hábil para fazer uma apresentação, defender uma idéia ou simplismente descrever algo com detalhes é crucial para ter uma performance de destaque.
Participo em projeto mundiais a vários anos onde temos equipes de várias localidades do mundo e a pluralidade de culturas exige uma forma universal de contato e sendo essa língua o inglês, é essencial para ser competitivo.
324 - comentário - 10/03/15 - 10:45:01 - Felipe Gustavo Fiad - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

SEM DÚVIDA.
Praticamente toda minha carreira de TI girou em torno do meu Inglês fluente. Eu tinha fluência em ingês antes mesmo de começar a trabalhar com TI. Quando optei por entrar nesta area, (além de ja ter afinidade, claro) tirei certificações e fiz vários cursos.

Meu primeiro emprego (conseguido aqui pela APINFO) foi na INTEL, em seguida na HP e agora em outra multinacional Americana. Nesta última, pode ter certeza que minha facilidade de comunicação pesou mais do que meu conhecimento técnico.

É bem sabido que, nesta area, as empresas preferem contratar o técnico com o ingles fluente e depois treinar a parte técnica, do que o inverso.

Vai a dica para quem já faz curso e quer treinar conversação - Games online. No meu caso, foi o que me deu fluência na conversação.
324 - Réplica - 10/03/15 - 10:47:08 - Felipe Fiad - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Complementando:

Hoje, ingles para a area de TI não é mais diferencial, mas sim PRE-REQUISITO. Se voce quiser ganhar mais de 3000/mes neste ramo, você tem que ter ingles.
GOC
325 - comentário - 10/03/15 - 10:46:17 - Roldão - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Bom, sendo bem sucinto e exato na resposta, o inglês fluente é mais do um diferencial e sim uma necessidade.

Muitas entrevistas que tenho oportunidade de participar, apresento minha fluência no inglês onde não só me concede uma vantagem sobre os outros possíveis candidatos, e sim a tranquilidade do recrutador de que o candidato ali presente realmente condiz com o conteúdo de seu currículo.

Caso queiram ajuda ou conselhos sobre nossa querida área de TI, por favor me enviem um email.

Ficarei feliz em ajuda-los.

brlopessilva@gmail.com
326 - comentário - 10/03/15 - 10:51:10 - Joao Eduardo Silva Correa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

No mundo globalizado que vivemos, a fluência é de suma importância para aproveitar novas oportunidades. Além do salário ser melhor, existem ótimas oportunidades fora do país.
327 - comentário - 10/03/15 - 11:02:56 - Arnaldo Ormenesse - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com relação a pesquisa segue meu comentário quanto a necessidade o Inglês para area de TI:

O Inglês é primordial para qualquer atividade na area de TI (demais Também), a comunicação do idioma abre portas para conhecimentos adicionais (treinamentos, Palestras, projetos Internacionais e etc) como também é de suma importancia devido ao processo de Globalização .

O dominio no idioma suporta uma carreira mais ampla com relacionamento com diversas culturas proporcionando abertura para uma carreira prospera em TI.

Portanto, o idioma dever ser considerado uma lingua impressíndivel para area de TI.
328 - comentário - 10/03/15 - 11:08:33 - Eduardo André Cândido Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Enxergo inglês fluente da mesma forma que vejo as certificações: Você passa a ter uma vantagem competitiva, passando a ter acesso a vagas em posições e empresas mais complexas e, por consequência, remunerações mais elevadas.

Discordo da maioria dos comentários e não considero o inglês fluente como um pré-requisito, tampouco as certificações. Porém, um profissional sem certificações e sem inglês terá, sem sombra de dúvidas, uma dificuldade incrivelmente maior de ter seu currículo selecionado para cargos mais elevados ou em empresas maiores, ficando este muito mais dependente do networking.

A tática do Oceano Azul é mais facilmente atingida combinando-se domínio de línguas (inglês em especial) com certificações diversas e sólida experiência profissional.
apipesq
329 - comentário - 10/03/15 - 11:09:24 - Reinaldo Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter fluência numa segunda língua de preferência o inglês no curriculum certamente projeta o profissional de TI para novos desafios e vantagem em oportunidades futuras. Mas é bom frisar que o profissional não deve esquecer em dominar os verbetes em sua língua nativa. Porque presenciei em entrevistas que fiz para grandes empresas, que o recrutador falava muito mal a nossa língua portuguesa, inclusive para me convidar para novas etapas na entrevista. Portanto deixo a dica, domine novas línguas até porque muitas certificações exigem que você capacite para entender novas metologias, mas não deixe de comer o arroz com feijão.

abraços e obrigado ao Fernando Matos e todos da APinfo, excelente canal de TI.
330 - comentário - 10/03/15 - 11:27:38 - Eduardo Pontes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Nos dias de hoje, não só acredito, como participei de muitas entrevistas para empresas multinacional, que o inglês é essencial, tanto para comunicação como para o negocio da empresa.
Se tratando de TI, nossa área mais que exige a fluência na língua inglesa, além de uma boa remuneração, o plano de carreira é excelente.
331 - comentário - 10/03/15 - 11:56:00 - José - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião o domínio do idioma Inglês é fundamental para todos, especialmente para TI. Mesmo quem atue exclusivamente no mercado nacional deve ter em mente que o Inglês é o idioma oficial para comunicação com qualquer nacionalidade.

Mas apenas ter o Inglês fluente não serve, o profissional precisa saber se comunicar bem e isto requer habilidades além do idioma. Precisa saber se relacionar, ser assertivo, manter um bom networking. Enfim, o idioma serve apenas para levar a sua comunicação para um maior número de pessoas. Se você tem habilidades ruins de comunicação vai continuar sendo ruim mesmo com inglês fluente.
332 - comentário - 10/03/15 - 12:05:08 - Pacheco - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês é a língua franca e não tem como fugir na nossa indústria. Mesmo que possa causar alguma estranhêza à princípio, é muito mais simples que alemão, chinês, espanhol e o próprio português. Te abre uma infinidade de portas, seja culturalmente, mercados por se explorar e até na manutenção do próprio profissional. Você não quer e não pode esperar por aquela tradução tardia e meia boca da federal tirada no google e ainda com a revisão assinada por um(a) picareta.
O profissional brasileiro , mesmo que não goiano ou mineiro, Governador Valadares ... Já sai na vantagem por nossa proximidade cultural, o inglês do brasileiro sequer possui sotaque, e o fácil acesso à recursos para estudo, da própria língua e IT em si.
dbassocia
332 - Réplica - 10/03/15 - 12:37:08 - GAbriel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

concordo com quase tudo, com tirando a parte que brasileiro nao tem sotaque...Brasileiro tem sotaque e muitas vezes forte, muitas vezes brasileiro fala como estivesee cantando. mas todo mundo tem sotaque, desde que a outra pessoal entenda nao ha problema nenhum.
333 - comentário - 10/03/15 - 12:31:58 - Gabriel - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

ingles e bom, especialmente para posicao de gerenciamento. Sinceramente so uso ingles no meu dia a dia do trabalho, se a pessoa nao souber ingles, na consegue nem entrar na compania que estou atualmente.
tambem nao podemos esquecer que na india tem muito trabalho de IT porque eles falam ingles. se no brasil se falasse ingles melhor muias posicoes poderiam ser colocas no mercado de trabalho do brasil, mas isso nao e porque o nivel de ingles no brasil e muito baixo. quem quiser entrar e empresa grande TI, ou uma empresa grande que tem um bom TI, vai precisar falar ingles.
333 - Réplica - 10/03/15 - 16:08:56 - Pacheco - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês do indiano na verdade é muito mais desvantajoso que uma vantagem em si. Seu grande diferencial competitivo é o preço dadas as condições miseráveis a que se sujeitam, ou transcendem, e ainda assim conseguem ganhar um pouco mais que os programadores daqui.
334 - comentário - 10/03/15 - 13:38:00 - Jorge Heitor - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Bom... Já atuei como gestor de TI em uma empresa chinesa, em que o Inglês me ajudou e muito com a comunicação.
Todas as reuniões, inclusive com empresas de sistemas, tinham de ser em inglês, para compreensão da diretoria, ou eu tinha de traduzir para garantir a comunicação do meu superior, com o prestador de serviços.
Realmente acredito que o idioma inglês é muito importante para alavancar a carreira em TI, pois a maioria dos conceitos, formulas, linguagens de programação, usam o idioma inglês para definir suas sintaxes.

Abraços!
Hospitalhd
335 - comentário - 10/03/15 - 13:48:46 - Marcus Arenas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Antigamente sim, hoje em dia qualquer criança de 14 anos que tenha interesse ja fala melhor que muito marmanjo pelo simples fato da globalização da Tecnologia.
Mas hoje em dia não é mais diferencial, é como ter ensino fundamental no CV.
336 - comentário - 10/03/15 - 13:58:31 - Edgar Ki - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, o idioma é fundamental na qualidade do aprendizado pois permite o acesso a um universo maior de material, livros e publicações, além da necessidade quanto à comunicação com distintos times e negócios de empresas externas ao seu país.
337 - comentário - 10/03/15 - 14:07:59 - Pri - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não considero o inglês uma engrenagem para alavancar a carreira.. não mais.. e sim a engrenagem para você iniciar no mercado de trabalho. Hoje a língua inglesa é essencial. É utilizada para tudo, não só no trabalho, mas no dia-a-dia também. Antigamente, ter inglês, era um diferencial, hoje já é requisito.
338 - comentário - 10/03/15 - 14:13:39 - Ronaldo Ricciotti - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concordo com a opinião de alguns que hoje o acesso a língua inglesa inicia-se desde a juventude, mas se você trabalha ou tem intenção de trabalhar numa Multinacional, mesmo que não haja necessidade de constantes reuniões em outras línguas faladas e escritas isso fará do profissional um diferencial.
Voce pode ser um estagiário de TI, ou um Diretor, mas se não fala inglês com certeza voce poderá perder chances de alavancar sua carreira.
GOC
339 - comentário - 10/03/15 - 14:28:04 - William Yoshida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não creio que hoje em dia o inglês seja mais visto como um diferencial, entendo que torna-se um pré-requisito, sem o qual, por mais básico que seja, torna-se quase impossível um profissional de TI sobreviver, vide que a grande maioria de especialistas, manuais e documentação ainda se encontram em inglês. Além deste fator, tem o já citado problema de comunicação em empresas multinacionais, para piorar.
Claro que a fluência sim pode ser vista como um diferencial, visto que garante maior flexibilidade do profissional com situações em que uma melhor forma de entendimento seja necessária, mas o principal é saber ler/falar/escrever o suficiente para se virar. A ausência de qualquer noção gera uma grande barreira para o profissional.

No meu ponto de vista, é claro.
340 - comentário - 10/03/15 - 14:42:48 - Francisco - 200.88.197****

O problema na área de TI é que tudo esta sendo visto como pré-requisito : Formação superior, inglês fluente, certificações, cursos de especialização e etc.

Do meu ponto de vista fico desanimado, pois vejo que o mercado paga cada vez menos e exige cada vez mais. Em outras profissões como Medicina, Direito e Engenharia, existe uma melhor relação entre a obtenção do conhecimento e o aumento da remuneração recebida, além da possibilidade de manter uma carreira em ascensão após os 55 anos.

O mercado de TI Atualmente esta marcado por exigências elevadas, jornadas de trabalho extenuantes e carreira curta.
341 - comentário - 10/03/15 - 15:13:27 - Gustavo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o Inglês seja fundamental na profissão de TI como um todo, pois mesmo que a empresa em que o profissional atua não utilize da comunicação em lingua inglesa, se fará necessário para treinamentos e leitura de manuais para aprendizado, pois nem tudo está disponível em Português para isso.
342 - comentário - 10/03/15 - 15:52:07 - Felipe Furlan da Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês pode sim ser considerado como fundamental para que um profissional se destaque e alavanque sua carreira no mercado de TI.
Pensando na carreira técnica, vemos que muitos materiais, cursos e treinamentos não estão disponíveis no idioma Português. Não é raro ver profissionais gastando mais tempo com a tradução dos termos de um guia do que com a execução do mesmo.
Pensando na carreira executiva e gerencial, as oportunidades atuais não estão somente em território nacional. Vemos inúmeros casos de empresas que conseguem novas oportunidades através de contatos internacionais!.
Hospitalhd
343 - comentário - 10/03/15 - 16:31:06 - Antigo Desenvolvedor - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

No começo da carreira sim, o inglês fluente ajuda bastante principalmente se o interesse for participar de multinacionais como a big blue, porém existe um teto e políticas e situações econômicas que contribuem com tudo isso, a grande realidade que no final das contas me ajudou, mas você pode ter inglês fluente e acabar nunca usando na vasta área de TI.
344 - comentário - 10/03/15 - 17:00:19 - Diogo Motta Küntzer - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A língua inglesa se faz essencial no mercado de trabalho que estamos inseridos de forma tão globalizada e que requer eficiência e agilidade em entregas e troca de informações. Especialmente quando falamos em TI, sem sombra de dúvidas julgo mandatório. É consequente o fato de que falar o Inglês alavanca sua carreira, ou simplesmente te diferencia de uma série de demais profissionais com certa dificuldade no assunto. Portanto, you better work on this asap.
345 - comentário - 10/03/15 - 17:35:39 - Leonel Nunes dos Santos ATT - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É fato, se você se interessa por TI, em algum momento irá ter contato com a lígua inglesa. Agora se a fluência nesse idioma é mandatória? Bom, depende! Se você planeja, por exemplo, atuar unicamente em empresas brasileiras, acho que você pode se dar bem sem o inglê fluente, mas ainda terá, inevitalmente contato com o idioma, simplesmente porque você trabalha com TI. Agora se você deseja trabalhar numa empresa global, a fluência não é diferencial, é pre-req! E trabalhar fora do Brasil? Nem preciso dizer né? Seria bom até um terceiro idioma.
Minha experência pessoal é que nao teria o meu atual emprego sem o inglês fluente. E mesmo antes deste trabalho, já passei por ocasiões que só achei soluções para determinados problemas, fazendo pesquisas em inglês. So start today learning or improving your English!
346 - comentário - 10/03/15 - 18:27:04 - Juliano - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, com certeza absoluta. Abre espaço nas multinacionais e permite se candidatar a uma carreira no exterior.
dbassocia
346 - Réplica - 10/03/15 - 19:13:13 - Mary Ueda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

COM CERTEZA
347 - comentário - 10/03/15 - 18:56:40 - Marcus - 187.21.181****

Sim. Mas não é mais um diferencial e sim uma necessidade.
348 - comentário - 10/03/15 - 18:57:46 - Enrike - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Concerteza o inglês fluente / avançado alavanca a carreira nas diversas áreas da TI pois estamos cada vez mais involvidos em um mundo globalizado onde se torna comum a terceirização de serviços, dando a possibilidade de trabalhar com diversas pessoas em diferentes lugares ao redor do mundo, sendo o inglês uma língua globalmente falada. Para os profissionais que possuem esse skill, concerteza portas irão se abrir para grandes empresas e ainda sendo possível se ingressar em uma carreira internacional, como acontece com o Canada e Nova Zelândia.
349 - comentário - 10/03/15 - 18:59:50 - Marcelo Mendes - 179.125.18****

Concerteza é muito importante, sendo uma necessidade e não um diferencial
GOC
350 - comentário - 10/03/15 - 19:11:24 - Mary Ueda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente alavanca a carreira de TI, posso afirmar. Tive a oportunidade de trabalhar para a GM pela EDS e tive o passaporte carimbado com visto para os Estados Unidos. Além de ter a oportunidade de atender Austrália e Alemanha. Também trabalhei com indianos. Estudar é condição para a vida toda. A vivência vai além das salas de aula. De repente, o mundo é pequeno.
351 - comentário - 10/03/15 - 19:44:55 - Antonio Anibal - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim. Aprender inglês já virou obrigação para quem trabalha com TI. Ele te dá a possibilidade de viajar a serviço pelo mundo, conhecer outras culturas (em nível de negócios e pessoal) e ficar atualizado com as últimas novidades que são lançadas em termos de tecnologia.
352 - comentário - 10/03/15 - 20:05:49 - Rodrigo Vedovato - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Hoje em dia o inglês em TI já nem deve mais ser considerado como um diferencial. É obrigatório! Mesmo as empresas que não tem contato com clientes ou filiais estrangeiras necessitam que o profissional saiba de comunicar em outra língua, principalmente pelo fato de que as melhores fontes de informação estão escritas em outra língua
353 - comentário - 10/03/15 - 20:10:15 - Paulo Cesar Moura Cabral - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Na minha opinião inglês atualmente é uma commodity não somente na área de TI, mas em qualquer área. É bobagem manter a postura de valorização do idioma nativo já que as informações circulam globalmente e o inglês é a língua de maior alcance comercial no mundo. Eu trabalhei uma multinacional francesa com plantas em mais de 30 países cujo idioma oficial era o inglês. Respondendo ao tema do fórum, minha opinião é que a alavancagem da carreira hoje em dia, no aspecto de idiomas, começa a partir do quarto idioma, pois o espanhol também está tendendo a virar commodity.
apipesq
354 - comentário - 10/03/15 - 20:13:58 - Rsouza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês avançado para leitura e escrita é o básico.

O Fluente mesmo é diferencial ainda sim. Muita gente se julga fluente mas não fala tanto assim no dia a dia ou nem viajou para fora do país.
355 - comentário - 10/03/15 - 20:34:56 - William - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida alguma!
O inglês hoje em dia é pré-requisito da grande maioria das vagas do mercado de trabalho.
356 - comentário - 10/03/15 - 21:02:20 - Alexandre Villar - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, com ingles fluente é possível participar de projetos internacionais, aqui e no exterior.
357 - comentário - 10/03/15 - 21:15:27 - Julio Prático - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A fluência em inglês hoje é importantíssima devido ao fato de que boa parte da atuação na área hoje se dá em ambientes globalizados, contando com profissionais de diversas nacionalidades precisando trocar informações no mesmo projeto. Não ter fluência na leitura, escrita e conversação pode tornar a vida do profissional muito difícil. Porém, ainda acredito no talento e não apenas no _padrão_ na _forma_ imposta pelo mercado, sendo assim, acredito que um especialista muito bom no que faz, pode sim ter espaço e ser útil também neste tipo de equipe. Saber explorar as características e capacidades dos profissionais, sem preconceitos e modismos de recrutamento, mas com criatividade, é a chave para montar boas equipes.
Pecados
358 - comentário - 10/03/15 - 22:57:52 - Global IT Manager - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A cada dia, cresce nas empresas a exigência do domínio do inglês na hora de selecionar candidatos. Profissionais que já possuem uma posição na empresa são pressionados a aprender o idioma. Apesar de ainda questionada a real necessidade do inglês para funções que em tese não envolveriam o contato com pessoas de outros países, a visão das empresas no atual mundo Globalizado é que quanto mais profissionais com inglês fluente em seu quadro de funcionários ganha-se mais eficiência e capacidade para explorar o amplo mercado mudial. Para essas empresas, é impossível pensar em interação com empresas estrangeiras se somente seus altos executivos falarem inglês satisfatoriamente. Profissionais que lidam com tecnologia, em geral, são os que mais precisam do inglês como ferramenta de trabalho. Que é a língua mais falada no mundo dos negócios. Seguida do Espanhol e Mandarim, _a linguá do futuro_.
359 - comentário - 10/03/15 - 23:07:54 - Luiz Duraes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é um grande diferencial sim.

Faz aproximadamente 7 anos que retornei de um intercâmbio de 1 ano (na Australia) e até hoje as oportunidades que necessitam fluência nesse idioma continuam surgindo.

Naquela época, ou seja, assim que retornei do intercâmbio, o mercado me _olhou com outros olhos_ e diversas oportunidades surgiram. Inclusive, a maioria dessas oportunidades estavam oferecendo um melhor salário pela minha fluência no idioma e por ter morado fora do Brasil.

Resumindo, mesmo não utilizando o inglês diariamente na empresa que trabalho atualmente, eu tenho certeza que ela a fluência foi determinante para minha contratação.
360 - comentário - 11/03/15 - 03:55:10 - Cleriston - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Se estivermos falando de uma grande cidade como SP, eu diria que é importante simplesmente pela concorrencia e pelo alto nivel de capacitacao dos profissionais. Alem do mais, pouquissimas empresas usam ingles no dia a dia (eu digo ingles que voce precisa falar com estrangeiro, nao ler um manual ou trocar alguns emails).

Embora no Brasil na teoria nao faz muita diferenca, fluencia em outo idioma aumenta possibilidades. Uma vez falando ingles fluentemente, é possivel conseguir boas oportunidades em outros paises.

Em suma, ingles alanvanca carreira por causa da hipocrisia de muitas empresas e porque, no meio de tantos candidatos, o idioma acaba sendo um diferencial. Por outro lado, se existe uma expectativa de uma carreira internacional, nao é necessario mencionar o quao fundamental é falar outra lingua.

Desculpa pela falta de acento ou ortografia. Sem teclado BR.
361 - comentário - 11/03/15 - 05:00:25 - Romulo Aguiar - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Entendo que se faz relevante saber ingles
Pecados
362 - comentário - 11/03/15 - 09:27:03 - Synesio Barin Junior - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Considero necessário o inglês fluente.
363 - comentário - 11/03/15 - 09:51:53 - Rodrigo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é importante, pois aumenta as possibilidades de emprego. Sem ele, não é sequer possível concorrer a muitas vagas de emprego, as que exigem fluência, e às vezes, não é possível sequer se candidatar a qualquer vaga de uma determinada empresa que exija fluência como requisito obrigatório pra tudo.

Porém, não se deve enganar achando que tendo inglês a conquista de uma vaga é garantida ou que a vaga será uma ótima oportunidade. Muitas empresas não precisam de inglês realmente, e usam apenas como fator eliminatório na escolha de candidatos.

Portanto, busque o desenvolvimento do seu inglês, e depois busque vagas no mercado de trabalho que realmente exijam sua utilização. É provável que nessas vagas a pessoa tenha a possibilidade de trabalhar em equipes internacionais e viajar internacionalmente. Dois pontos que muitos desejam encontrar numa empresa.
363 - Réplica - 11/03/15 - 16:08:33 - Pedro Paulo - 201.77.95.****

Perfeito o seu comentário, inglês fluente só tem sentido em empresa onde ele possa realmente ser utilizado, caso contrário é investimento jogado fora, pelo menos do ponto de vista profissional.

Para 95% das empresas, inglês de nível intermediário, ou avançado, já é mais do que suficiente.
364 - comentário - 11/03/15 - 09:58:47 - Rafael Guaglianone - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é um ótimo diferencial
Porém todos as pessoal voltadas para tecnologia tem que saber no mínimo o inglês avançado, tanto para leitura, quanto para fala e escrita
Atualmente os manuais são em inglês, as reuniões com equipes são em inglês portanto o profissional que estiver mais preparado serão melhor avaliado nas empresas. Irão ter destaque na equipe e provavelmente ser promovido.
API
365 - comentário - 11/03/15 - 10:13:37 - Daniele Alves Lima - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, é de muito importante. Mas minha experiência é que fez mais diferença para os processos de seleção, do que para o trabalho no dia a dia. Pois, hoje consigo participar de processos seletivos que exigem a fluência no idioma e ser aprovada em testes/entrevistas em Inglês, os quais eu não conseguia antes de apreender a lingua. Entretanto, na prática, há cerca de dois anos participo de processos seletivos que solicitaram o idioma mas não o utilizam nos projetos! Existem sim muitas companhias globais aqui no Brasil que realmente precisam do ingles no dia a dia, porém, a grande maioria me parece que solicita apenas como parâmetro de _corte_ de candidatos.
366 - comentário - 11/03/15 - 10:44:57 - Rogerio Campera - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês tem que caminhar junto com o profissional de TI. Em um mundo globalizado muitas empresas associam a certificação com fluência no idioma inglês. É uma forma de valorização do profissional que implica em melhores vagas e consequentemente melhores rendimentos.
367 - comentário - 11/03/15 - 10:46:15 - Diggenis Palácios Covo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Claro que sim.
Hoje a maioria das grandes multinacionais do ramo de TI são empresas americanas, e obviamente com clientes espalhados em vários países. Sem a fluência em inglês é praticamente impossível se trabalhar no ramo de TI, compreender os requisitos, comunicar-se com o cliente, reportar os avanços nos projetos, etc. Já trabalhei gerenciando projetos de TI para empresas com sede no Brasil, mas mesmo nesses casos, na maioria das vezes, a alta gerência dessas empresas são comandadas por executivos estrangeiros. Cito pelo menos dois exemplos que são a Nextel e a Vale. Ambas empresas com grande atuação no Brasil sendo a Vale uma empresa genuinamente brasileira, mas quase todas reuniões de alto escalão eram com executivos nos EUA no qual o inglês tornava-se mandatório.
368 - comentário - 11/03/15 - 11:23:07 - Bruno Cesar Carvalho - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tenho 17 anos de atuação na área de TI e sempre percebi que o inglês fluente era realmente um diferencial. Certamente não era o primeiro item da lista para se trabalhar em empresas nacionais e familiares, porém com a explosão da globalização em meados dos anos 2000 uma verdadeira enxurrada de aquisições foram feitas e o mercado sentiu bastante a falta de preparo dos profissionais de TI. Eu mesmo não estava preparado como deveria e precisei me mexer rapidamente, investindo no meu inglês. Percebeu-se que pouco adiantavam os anos de experiências, bem como certificações top de mercado, sem que fosse possível explicar tudo isso ao _novo chefe_ americano!
O inglês rapidamente deixou de ser _diferencial_ pra se tornar _mandatório_. Houve inclusive uma rápida febre pelo Mandarim que seria um diferencial nos tempos modernos, porém isso não se confirmou, e a tempo, ainda bem!
GOC
369 - comentário - 11/03/15 - 12:27:15 - Arthur Mastropietro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza. Para as grandes empresas inglês fluente já é um requisito implícito na contratação de um profissional. Supõe-se que o profissional já o tenha. Se o profissional quer alavancar sua carreira em TI em grandes empresas e atingir cargos de confiança, inglês fluente é obrigatório.
370 - comentário - 11/03/15 - 12:50:57 - Raphael Cenerini Pereira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida. De todas empresas que trabalhei o inglês foi um diferencial, trabalhei em um SOC onde eu era o único que falava inglês e todos os contatos com fabricantes eram em língua inglesa, isso me deu muita visibilidade interna. Hoje trabalho em uma multinacional e para fazer parte da _Globalização_ da empresa o inglês foi o diferencial, assim conquistei o respeito e meu espaço com a equipe global. Utilizo o inglês em 80% das minhas atividades. Não há como negar que o inglês é um diferencial ou melhor o inglês deveria vir na formação pois hoje é considerado parte _do pacote_ de exigências do mercado.
371 - comentário - 11/03/15 - 14:27:03 - Márcio Augusto Fajan - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Tive experiências internacionais graças ao meu nível de proficiência nesse idioma, o que garantiu visibilidade dentro das corporações aonde atuei. Tanto em negociações como ao envolver as equipes dos projetos, o idioma inglês foi fundamental - e continua sendo - para minhas atividades profissionais em TI.

Não tenho dúvidas que a FLUÊNCIA NO IDIOMA é que se tornou o diferencial entre os profissionais de Tecnologia da Informação.
372 - comentário - 11/03/15 - 18:11:52 - Andressa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Atualmente um profissional com inglês fluente realmente possui mais oportunidades que os demais. Embora hoje em dia profissionais fluentes no inglês não sejam os únicos procurados: a demanda por profissionais fluentes em espanhol, alemão, francês e até mesmo italiano está crescendo devido as grandes empresas multinacionais que estão chegando ao Brasil.

O inglês fluente é sim um grande diferencial para os profissionais de TI, porém é um estudo contínuo e recomendo até mesmo para os profissionais tirarem certificações no idioma, além de alavancar a carreira e o currículo também será possível alavancar a vida pessoal.
Hospitalhd
373 - comentário - 12/03/15 - 00:49:40 - Rafael - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu tinha inglês bem avançado e trabalhei por 5 anos área após concluir minha universidade em Brasília-DF. Neste tempo meu inglês nunca foi diferencial e fiquei frustrado por investir meu tempo e dinheiro em algo que não era valorizado.

Muito coisa mudou quando eu resolvi arriscar e aceitar uma proposta de trabalho para uma multinacional em Campinas-SP. Lá o meu inglês foi valorizado e alavancou a minha carreira profissional. Hoje, tenho fluência e trabalho com times de vários países incluindo: Canada, Estados Unidos e India.

Conclusão, inglês é diferencial se você conseguir tirar proveito dele. É necessário entender o mercado de trabalho ao seu redor.
374 - comentário - 12/03/15 - 11:05:04 - Roberto Angerami - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Atualmente o inglês para TI deveria ser considerado pelos profissionais como item obrigatório. Mesmo que na sua empresa atual você não utilize, pode abrir oportunidades.
Com a quantidade de empresas multinacionais e que fazem negócios com outros países ter um segundo idioma faz a diferença e o inglês é, ainda, a língua comum nos negócios.
Há pouco tempo precisávamos contratar pessoas com idioma inglês e conhecimento específico e foi muito difícil encontrar profissionais com capacidade básica de se comunicar e que tivessem o conhecimento específico mínimo necessário.
Além da iteração dentro da empresa, muitas vezes para solucionar um problema é necessário contatar o fornecedor, que muitas vezes tem o suporte ou a base de conhecimento somente em inglês.
E ainda, para uma consulta na internet a quantidade de informação disponível em inglês é bem maior que em outros idiomas.
375 - comentário - 12/03/15 - 13:32:03 - Moises Cardoso - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente, o Inglês faz toda a diferença no mundo do TI atualmente. Em outras áreas também faz diferença, porem a área de TI, certamente é uma das mais exigentes, tendo em vista o grande de multinacionais que prestam serviço no Brasil, as multinacionais orientais de Telecom entre outras.
Na empresa onde trabalho, por exemplo, temos dificuldade de contratar analistas bilíngues.
Ter uma segunda ou terceira língua, no nível no _conversação_, faz toda a diferença, o que falta agora é a conscientização dos profissionais para este assunto.
376 - comentário - 12/03/15 - 17:07:45 - Ligia Cavallini - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Após eu incluir no meu currículo o inglês como uma língua que falo fluentemente, não mudaram muito as ofertas de trabalho que tive aqui no Brasil. Tive apenas uma oferta em que exigiam o inglês para comunicação diária. Talvez por eu ser focada em programação e não em alguma área onde a comunicação seja mais usada. Posso afirmar com certeza que o que mudou para mim foi estar fazendo mais parte do mundo da programação fora do Brasil, por exemplo, estive em uma conferência sobre a linguagem que trabalho em Miami, fiz contatos excelentes e os mantenho. Estou vendo as possibilidades de uma vivência no exterior trabalhando com programação se aumentando, e isso sem dúvida foi o que fez a diferença na minha profissão por eu ter o inglês fluente.
dbassocia
377 - comentário - 12/03/15 - 18:57:37 - Tácio S. Diogo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Muitos já disseram aqui como o conhecimento do inglês é importante e essencial nas carreiras de TI, e eu também acredito que em todas as empresas de TI ter conhecimento avançado da lingua inglesa é um item obrigatório e necessário para realizar as funções do dia-a-dia. Porém, o questionamento aqui é se o _Inglês fluente...alavanca a carreira..._.

Na prática, inglês fluente só é necessário quando a empresa necessida que o profissional se comunique com pessoas de outras partes do mundo, e acontece com mais frequência em multinacionais. Quanto à _alavancar a carreira_ eu acredito mais que é o caso de não bloquear a carreira. O item mais determinante para alavancar a carreira na prática é ter excelência no trabalho e ser tecnicamente um ótimo profissional. Com esse pre-requisito atendido o inglês passa a ser ótimo um facilitador para abrir novas oportunidades.
377 - Réplica - 13/03/15 - 11:32:56 - Marcelo - 191.180.98****

Concordo que o inglês é secundário, mas em um processo de seleção, quando se descreve "necessário inglês fluente" mesmo sem necessidade, apenas por modismo, esta característica já barra o candidato na fase de entrevista que classifica o candidato como fora do perfil.
Na minha opinião, o nível de inglês maior do que o necessário para o cargo deve ser utilizado para critério de desempate.
Vale lembrar que no inicio do processo seletivo, pode não ser uma pessoa técnica que faz a triagem do candidato, ou até mesmo um sistema eletrônico que elimina um bom candidato por conta de uma característica que pode nem ser necessária.
377 - Réplica - 12/03/15 - 19:53:14 - Renan - 189.62.87.****

Muito bem colocado Tácio, o inglês por si só não leva a lugar nenhum...
378 - comentário - 12/03/15 - 20:29:34 - Jose - 177.83.174****

Não. Mas se vai morar fora do país isso é diferencial desde que tenha bastantes certificados em tecnologias que domina e saiba vender bem seu peixe.
GOC
379 - comentário - 13/03/15 - 01:04:26 - Paulo Guimarães - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sempre foi um diferencial na minha carreira profissional pois trabalhei em vários projetos globais e inclusive tive oportunidade de viajar profissionalmente duas vezes em treinamento. Tenho 16 anos de experiência profissional em TI sendo 7 em Segurança da Informação e sempre foi um diferencial ter inglês fluente. Vejo que hoje as pessoas não buscam mais se aperfeiçoar em línguas estrangeiras como Inglês, Espanhol, etc.
Estou trabalhando como Consultor em RH e todas as vagas que eu já publiquei no mercado a maioria pedia conhecimento em inglês fluente ou avançado. A última que estou procurando o cliente pede inglês intermediário ou avançado. Está bem dificil de encontrar pois a maioria das pessoas acredita que não é necessário.
Diria a todos que estão se formando hoje e em breve irão procurar emprego que estude Inglês pois irá abrir muitas portas na sua vida profissional.
379 - Réplica - 13/03/15 - 01:41:49 - Donovan - 177.79.26.****

Pelo que entendi voce tem 16 anos de experiencia em TI, sendo que 7 anos sao de segurança da informaçao e hoje eh consultor de rh, pra mim voce caiu de carreira.
380 - comentário - 13/03/15 - 11:21:19 - Marcelo - 191.180.98****

Das 3 ultimas empresas que trabalhei, todas pediam inglês fluente ou avançado na descrição da vaga, em 2 destas empresas nunca tive que dar bom dia em inglês, a outra é uma multinacional, neste caso não tem como não se comunicar com os demais.
Pra mim, é uma exigência que não serve pra nada a menos que de fato se venha a utilizar, como empresas multinacionais por exemplo.
Fora estes casos, na minha opinião, o inglês técnico ou intermediário é suficiente na área de TI.
Não desqualificando quem tenha o inglês, mas a partir do nível intermediário, outras características do candidato é que devem ser avaliadas.
381 - comentário - 13/03/15 - 11:56:08 - Álvaro Nunes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ajuda muito mesmo, na área de TI quase todos os conteúdos estão na língua inglesa, é sim um diferencial muito importante, dependendo da empresa é muito raro você usar para se comunicar em inglês com os outros colaboradores, mas tem muitos termos técnicos e palavras que são usadas diariamente e a tradução de alguma pode ficar sem sentido, no caso programadores usam muito inglês quem não sabe inglês e esta na área tenho certeza que passa uma certa dificuldade com vários termos e quando busca conteúdos para estudo ou aprimoramento.
apipesq
382 - comentário - 13/03/15 - 23:41:49 - Vanderley Alberto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente não tem nenhuma necessidade atualmente a não ser para eliminar candidatos em entrevista de emprego, obviamente não alavanca sua carreira profissional. O idioma só é necessário em duas situações, o que pode ser um _diferencial_, lembrando que nas duas situações não há uma oferta tão grande no mercado:

1o. Caso pretenda trabalhar no exterior, independente da lingua, deverá se comunicar, senão será um analfabeto, isso não significa que alavancou sua carreira, é uma necessidade.

2o. Empresas multinacionais necessitam de pessoas que se comuniquem, pois estamos falando de empresas que contratam pessoas de vários lugares do mundo e que provavelmente não falam português e não necessariamente o inglês.

Em minha opinião o que realmente alavanca a carreira em TI são conhecimentos extremamente sólidos combinados com excelente relacionamento humano.
383 - comentário - 14/03/15 - 09:33:08 - Rafael Pavan de Oliveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter apenas a fluência ajuda, mas considero um item complementar ao conhecimento da pessoa. Na minha opinião, a habilidade da leitura é mais importante do que a escrita, pois infelizmente os melhores sites e literaturas estão escritas em inglês.
Em contra partida, o que se vê na prática são _head hunters_ de grandes empresas, procurando profissionais cada vez especialistas no idioma inglês e que em um critério de desempate possivelmente pode fazer a diferença.
Possuir apenas o inglês não vai resolver todos os problemas, pois o conhecimento e a experiência adquirida também faz toda a diferença.
Não fique na zona de conforto e não espere de braços cruzados a oportunidade bater na porta, esteja preparado no momento que ela aparecer.
Lembre-se também que o mercado de TI não é só no Brasil.
384 - comentário - 14/03/15 - 11:54:42 - Marcela Grotto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês ou qualquer outro idioma é importante para qualquer carreira. Como o inglês é uma língua universal, para trabalhar em qualquer multinacional é importantíssimo, principalmente na área de TI. No entanto, hoje há muitos profissionais de TI que não possuem fluência no inglês e conseguem crescer profissionalmente.
385 - comentário - 14/03/15 - 23:45:51 - Vitor Rubio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês tem me ajudado muito na minha carreira. Muitos livros da área ainda não estão traduzidos em português (Patterns of Enterprise Application Development, Martin Fowler por ex., e nHibernate cookbook) o que te obriga a comprar e ler os livros em inglês mesmo.
Quando você faz isso você está simplesmente um passo a frente de muitos brasileiros que nunca lerão esses livros.
Procurar por termos de erros no google e no stack overflow também é mais eficiente e mais provável de encontrar as melhores respostas.
Para isso o Inglês não precisa ser fluente. Embora eu possa manter uma conversação, não sou seguro para dizer que sou fluente.
Muitas empresas exigem dos candidatos inglês fluente mas eles sequer fazem negócios ou reuniões com outros países onde o idioma seja necessário. Já trabalhei em meia dúzia de empresas, e embora tenha inglês, sempre fico programando, longe dos clientes.
dbassocia
386 - comentário - 15/03/15 - 09:39:50 - Rodolpho - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Conhecimentos sólidos e abrangentes PODEM alavancar carreiras.
Eu, como programador (...), adquiro conhecimento pelo método tradicional: lendo, imaginando e testando, logo, muito do que sei é subordinado ao que leio, que em sua grande maioria é em inglês (web, livros, revistas), portanto, inglês pode não ter alavancado minha carreira mas determinou o que pude ler e a facilidade com que pude conhecer as coisas.
Considero que seria muitíssimo limitado se não pudesse estudar em inglês.
387 - comentário - 16/03/15 - 10:36:09 - Sidiney Sodré Gali de Souza - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês ainda é um diferencial muito bem visto no mercado de trabalho e não seria diferente para a área de TI. Eu sou Supervisor da área de Engenharia e Arquitetura de Soluções TI na Xerox no Brasil e sendo uma empresa multinacional, ajuda muito para o entendimento dos negócios da corporação no mundo todo e principalmente na tomada de decisões em reuniões com áreas dos EUA, México, Índia. No entanto a maioria das empresas no Brasil não tem a necessidade e obrigatoriedade em falar inglês no dia a dia, mas é muito importante que os profissionais estejam preparados para que, se forem pegos de surpresa por uma oportunidade magnífica, possa surpreender o seu próximo entrevistador ou gerente. Como aprender inglês? Minha sugestão é, de pouco em pouco, e, principalmente, tente pensar em inglês no seu dia a dia, isso vai ajudar. Obrigado.
388 - comentário - 16/03/15 - 10:36:57 - Randak - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Simples.
Sim!
Os melhores materiais didáticos se encontram em inglês, vai facilitar muito tbm a comunicação com profissionais de outros países e, quem sabe, uma oportunidade em outro continente. :-)
389 - comentário - 16/03/15 - 10:37:23 - Lucas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza alavanca, devido as oportunidades que o mesmo oferece, dentre as diversas áreas do TI, entre reuniões, treinamentos e diretamente no exercício direto da profissão.
Hospitalhd
390 - comentário - 16/03/15 - 10:38:10 - Anonimo? - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, com certeza. Como todo conhecimento.
Mas inglês tem ajudado mais na situação atual, com a economia americana crescendo muito.
Mais vagas, maiores salários, promoções na metade do tempo, etc.
391 - comentário - 16/03/15 - 10:38:11 - Felipe Gomes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que há duas formas de responder a questão. Por um lado, o legado de Tecnologia da Informação que temos é totalmente derivado de métodos americanos e muita literatura técnica não está traduzida, portanto a fluência com a leitura em inglês é necessária a medida que você progride profissionalmente. Por outro lado, profissionais técnicos (programadores, analistas) lidam diariamente com termos e linguagens que tem origem em inglês, o que os obriga a ter um mínimo de contato. Em resumo: se você for um profissional de sistemas, precisará de um inglês técnico. Se for um profissional de gestão, precisará de um inglês funcional para reuniões, calls e encontros presenciais.
392 - comentário - 16/03/15 - 10:38:55 - Sérgio E. Rodrigues - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O Inglês é fundamental, pois na velocidade que as tecnologias despontam no mundo a dinâmica faz com que se o profissional não tenha um inglês adequado, está em desvantagem com o mercado cada vez mais exigente com a qualidade do resultado dos profissionais. Não estamos mais isolados e o inglês é a forma mais eficiente de comunicação entre povos diferentes e o conhecimento não é mais um privilégio de um povo. A área de TI esta mais e mais globalizada e este profissional que navega entre várias comunidades tem vantagens competitivas. O mercado valoriza demais este profissional.
Existem vários profissionais que tem medo ou até descaso com a comunicação ou domínio do inglês, mas estes não tem previsão de crescimento na carreira, ou até perda dos postos de trabalho por aqueles que realmente se preocupam com isto.
393 - comentário - 16/03/15 - 10:40:53 - Paulo Saes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, vejo isso diariamente no setor, com diversos colegas de trabalho e também comigo. No Brasil (isso é minha opinião) existem pouco cursos de inglês que realmente te preparam para o mercado de TI, mas mesmo um curso normal realizado em boas escolas ou no meu caso professor particular você consegue um boa fluência no idioma mas necessita também de um gramatica, pois auxilia em diversos momentos.
GOC
394 - comentário - 16/03/15 - 10:41:03 - Jefferson - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho que hoje o inglês não é um diferencial e sim pre-requisito, trabalho em uma empresa onde 90% das pessoas falam inglês.

Para ser honesto não vi diferença na questão salarial, porem o inglês vem me ajudando em minha função, desde pesquisas no Google até conversar com meus gestores,
395 - comentário - 16/03/15 - 10:41:37 - Bruno - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho que inglês fluente não é nada mais do que obrigação. E em qualquer área de atuação, na verdade. Eu falo português, espanhol, italiano, inglês e comecei recentemente um curso de francês. Quanto mais, melhor. :)
396 - comentário - 16/03/15 - 10:46:48 - Weverton de Souza Castanho - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim pode alavancar, pois permite que você sai de uma situação geográfica local e regional e passe a fazer parte de estratégias globais da empresa, aumentando sua visibilidade dentro da corporação e dentro de um mercado maior, no caso um mercado Global. Mas a língua é apenas mais uma ferramenta, cabe ao profissional explorar a ferramenta da melhor maneira possível, se você já fala bem inglês, procure aprender outras línguas, maiores oportunidades podem se abrir para você, boa sorte!
397 - comentário - 16/03/15 - 10:52:02 - Demis Cunha - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ajuda mas não alavanca. O que alavanca é uma série de outros conhecimentos e o inglês é apenas um complemento. Quem trabalha com T.I tem obrigação de saber inglês.
Hospitalhd
398 - comentário - 16/03/15 - 10:53:52 - Elcio Abrahão - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês, querendo nós ou não, é o idioma universal. Sou professor e profissional na área de TI e Engenharia é já vi muitas opiniões opostas em relação a importância do Inglês na TI. Não acho que seja preponderante para atuar na área, porem gera vantagem competitiva no momento da seleção, como já citaram outros colegas nesse forum. Afinal, não adianta ser um excelente técnico, se você não conseguir a vaga ! É verdade que algumas empresas exigem inglês no anúncio, porem após a contratação nunca mais o utilizam. Por outro lado, empresas multinacionais ou com negócios com empresas estrangeiras precisam de profissionais que falam inglês e muitas vezes falar a língua é tão ou menos importante do que compreender a cultura associada a língua. Percebo que algumas empresas dão importância ao pacote cultural de quem estuda outra língua pois isso ajuda no trabalho com os pares além mar.
399 - comentário - 16/03/15 - 10:59:27 - Nelio Cardoso - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Por experiencia própria posso afirmar com certeza que o inglês contribuiu e ainda continua fazendo muita diferença para mim segue abaixo algumas destas contribuições:

1- As melhores oportunidades de emprego estão nas empresas multinacionais e o inglês é pré requisito obrigatório.
2- Oportunidade de trabalhar fora do país e dar uma alavancada na carreira
3- Os melhores conteúdos de aprendizado técnicos estão em inglês.
4- A concorrência na hora de buscar novas oportunidades são menores pois não há uma cultura de se falar inglês no Brasil a maioria das pessoas acha que o fato de entender um pouco mais 50% dos textos em inglês técnico já é suficiente para se virar bem em uma empresa multinacional
5- O crescimento profissional em grandes empresas é proporcionalmente maior ao seu nível de inglês
400 - comentário - 16/03/15 - 11:04:26 - Francisco Neto - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês hoje é essencial não só na área de TI, mas em qualquer área. Na minha opinião não adianta ter faculdade, pôs , MBA etc se o profissional não tiver um segundo idioma, de preferencia o ingles. Inglês é o idioma universal, que une 80% da população mundial , eu já perdi diversas oportunidades por nao ter inglês. Se vc quiser cargo de liderança( gerência, diretoria) precisa ter inglês .
401 - comentário - 16/03/15 - 11:13:45 - Naime - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não necessariamente alavanca, mas faz muita diferença. Principalmente em empresas multinacionais, em que o inglês é requisito.
dbassocia
402 - comentário - 16/03/15 - 11:27:10 - Leandro Ferreira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês alavanca sim sua carreira pois abre muitas portas em varias empresas, ajuda na busca de documentação pois como sabem, existe pouquíssima documentação de qualidade em português.
403 - comentário - 16/03/15 - 11:28:45 - Convidado - 189.42.151****

Que adianta saber falar inglês, e não saber O QUE falar em inglês? Tem uma monte de gente que só fala asneira, but in inglish. ...
404 - comentário - 16/03/15 - 11:46:43 - Gustavo Maximo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, inglês é um grande diferencial para as melhores vagas do mercado e imprescindível para as vagas em multinacionais, que normalmente ou pagam os melhores salários ou possuem benefícios diferenciados em virtude de seu porte e resultados financeiros.
405 - comentário - 16/03/15 - 11:47:50 - Pedro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é algo que praticamente todos os contratantes pedem, porém na prática quase ninguém chega em uma situação onde realmente precisará utilizar.

É mais uma das qualificações que servem apenas para completar CV.
GOC
406 - comentário - 16/03/15 - 11:54:45 - Vinicius Lontro Benedini - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Atualmente o Inglês deixou de ser um diferencial e passou a ser imprescindível para toda e qualquer carreira, principalmente carreiras em TI.

É comum durante um processo seletivo para um vaga de TI em uma grande empresa você passar por uma entrevista em inglês ou mesmo ser indagado sobre conhecimentos em inglês mesmo que durante o dia a dia de trabalho você tenha que trabalhar apenas com pessoas que falem o seu idioma.

Atualmente, não adianta ter graduação, pós-graduação , MBA, etc. se o profissional não tiver um segundo idioma, sendo preferencialmente o inglês. Ele é o idioma universal, que une 80% da população mundial.

Com boa noção de inglês, você não só pode almejar cargos de liderança (gerência, diretoria) como também se habilita à vagas no exterior.
407 - comentário - 16/03/15 - 12:00:07 - RodGon - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente é um dos artifícios para alavancar a carreira e ter um melhor salário porém não é garantia, existem outros fatores que podem influenciar mais.
408 - comentário - 16/03/15 - 12:09:35 - Henrique Silveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, inglês na área de TI é mais importante do que pos graduação ou certificação. Trabalho no HSBC GLT onde só contrata quem (ler, falar, escrever) inglês. Para quem quer ter uma carreira longa e qualidade tem que aprender inglês. #ficaADica
409 - comentário - 16/03/15 - 12:14:36 - Alceu Antonioli - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

- A palavra _alavancar_ possui diversos sinônimos, porém, levando no sentido de _aprimorar_ a resposta para pergunta seria SIM. Sem dúvida, o inglês é fundamental para aprimorar o skill profissional em qualquer área, inclusive, na área de TI.
- Olhando para o lado acadêmico, para ter uma ideia da importância do idioma inglês, já existem revistas científicas brasileiras publicando artigos somente neste idioma. Isso se faz necessário para expor as pesquisas nacionais em âmbito internacional.
- Focando o lado profissional, a importância se dá em escala muito maior que a acadêmica. As melhores oportunidades surgirão para os candidatos mais bem preparados e o idioma inglês é um pré-requisito praticamente unânime no setor de TI, inclusive, este setor é dominado por empresas internacionais que adotam este idioma como o padrão.
apipesq
410 - comentário - 16/03/15 - 12:34:29 - Ivan Aletto Grosso - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida ter um segundo idioma, nesse caso o inglês, é um diferencial para qualquer carreira em qualquer área. Infelizmente nem todas empresas que pedem o idioma acabam usando a segunda língua que o profissional sabe falar, causando um atrofiamento neste conhecimento do profissional.

Em minha carreira o inglês foi importante em um emprego de 2 anos que passei numa empresa multinacional na área de aviação. Meu inglês não é fluente, mas me comunico normalmente e sem problemas.
411 - comentário - 16/03/15 - 12:41:43 - Esdras Scaramuzza Padial - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Resposta curta: SIM. O inglês não somente alavanca sua carreira em T.I. como dá acesso a uma vasta gama de suporte, fóruns e sites com solções de problemas do dia a dia do profissional de TI. Resolvo problemas mais rápidos e, dependendo da empresa, presto suporte à clientes internacionais. Att
412 - comentário - 16/03/15 - 12:54:12 - Antonio Carlos - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza! Hoje em dia, é um requisito básico para qualquer área de TI. Pelo menos para mim, até hoje inglês fluente e o fato de ter vivido em outros países é um dos pontos mais fortes do meu currículo. Abs.
413 - comentário - 16/03/15 - 12:54:12 - Magson Martins Magalhães - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Por ocasião da Copa, uma das questões que mais incomodou os visitantes foi o fato de pouquíssimas pessoas falarem um segundo idioma, o inglês principalmente. Isso dificultou um pouco as relações turístico-comerciais.
Sei de empresas de TI que atendem ao setor bancário que tem vagas abertas e que não são preenchidas porque os candidatos não falam inglês.
Desde o primeiro ano de faculdade, busquei um curso para adquirir fluência no idioma. Hoje, estudar está mais fácil, a internet está aí pra isso também.

Fica a dica de um site para aprender o idioma de graça https://www.abaenglish.com/

Espero ter contribuído para esta comunidade.

Um abraço
Pecados
414 - comentário - 16/03/15 - 12:57:00 - eschu h - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

inglês fluente A muito tempo não é mais diferencial e sim obrigatoriedade. Não vejo oportunidades alavancadoras aonde o inglês não é usado.
415 - comentário - 16/03/15 - 13:02:03 - Renato - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente não mais alavanca ou impulsiona, mas a falta dele é um impeditivo, um bloqueio para melhores posições. Há tempos que se exige o inglês para leitura de especificações e manuais, mas agora é necessário ter fluência para a produção de documentos e poder participar, de fato, de grupos sérios.
416 - comentário - 16/03/15 - 13:19:49 - Adriano Dib - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acho importantíssimo! Além do status que pode causar o fato de falar e escrever em inglês, a necessidade em empresas multinacionais e também para leitura e estudo de técnicas avançadas e modernas relacionadas à TI, acho imprescindível um bom conhecimento de inglês para atingir altos níveis em termos de carreira.
417 - comentário - 16/03/15 - 13:40:37 - Viviane Lopes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Profissional com inglês fluente no Brasil é bem difícil de se achar. Por isso, o profissional com este nível de inglês vai estar sempre à frente dos demais. Um inglês avançado já é suficiente, porque fluência se adquire com o tempo - não necessariamente você tem que falar fluente e as empresas sabem disso. As vagas que pagam mais são das multinacionais. E nelas, o requerimento número um é o inglês avançado. Sem ele, você pode até entrar, mas seu salário vai estar beeeeeem abaixo do que seu colega cumprindo as mesmas funções.
Pecados
418 - comentário - 16/03/15 - 14:25:51 - LEONARDO ROCHA OLIVEIRA - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente, embora muitas pessoas ainda tratem de classificá-lo como pré requisito, realmente alavanca a carreira daqueles que estão bem preparados, mesmo empresas onde o idioma não seja um requisito diário. Aliado a fluência no idioma, hoje abre ainda mais portas um experiência de imersão cultural realizada em outro país para o aprimoramento. A grande barreira que muitos profissionais enfrentam quando dizem que não há diferença, está no nível efetivo da capacidade de comunicação no contexto onde será aplicado o domínio, quando em algumas situações as pessoas superestimam o seu nível de conhecimento e ao serem testados e posteriormente reprovados, atribuem a culpa a outros fatores alheios ao nível do idioma. Portanto, transparência e honestidade no nível do idioma continuarão abrindo mais portas em relação a quem não o domina.
419 - comentário - 16/03/15 - 14:26:13 - Fabio Tabosa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Extremamente importante, na verdade na área de TI acho requisito básico, pois a maioria das tecnologias e produtos envolvidos são disponibilisados por multinacionais, onde o conhecimento na lingua inglesa ajuda a absorver e disseminar o conhecimento de uma forma mais rápida
420 - comentário - 16/03/15 - 14:52:13 - Ângelo Amaral, PMP, PMIACP - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Após certo ponto da carreira, qualquer profissional se vê cercado por projetos que demandam contato com times e/ou clientes que não estão no mesmo local que ele. O Inglês é o idioma mais difundido e portanto é o idioma que tem maior probabilidade de ser necessário neste caso.

Além de possibilitar ao sujeito se inserir em projetos geograficamente dispersos, é um diferencial na contratação, umas vez que o RH sabe imediatamente que poderá contar com o profissional em situações onde a língua inglesa seja necessário.

Isso tudo sem contar o fato de que existem muitas multinacionais na área de TI com unidades no Brasil nas quais o ingresso depende do domínio do inglês.
421 - comentário - 16/03/15 - 15:34:58 - Douglas - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Apesar de ser um requisito imprescindível, a fluência neste idioma já não é mais um diferencial e passa a ser quase obrigatório para se ter chances reais em processos seletivos para grandes empresas ou para vagas de um nível melhor.
API
422 - comentário - 16/03/15 - 15:44:48 - Mary - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com certeza. É um forte diferencial, mas nem todas empresas que exigem o idioma como pré-requisito
sabem explorar esse lado do profissional com o segundo idioma. Eu tive a oportunidade de trabalhar
num projeto internacional por mais de 3 anos devido a fluência do idioma inglês que obtive
morando no Canadá por 6 meses. Até hoje ainda recebo algumas oportunidades de outros países.
423 - comentário - 16/03/15 - 15:48:13 - Rosana - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Certamente que sim: comparando-se dois perfis semelhantes, aquele com inglês terá muito mais oportunidades em reuniões, eventos, etc. Entretanto, como para cada perfil demanda-se um conjunto X de características exigidas, muitas vezes mesmo sem o inglês fluente o profissional consegue alavancar sua carreira - mas precisará dominar o idioma para abrir ainda mais o leque, caso queira.
424 - comentário - 16/03/15 - 16:12:49 - Raphael - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, absolutamente. Eu mesmo, em diversos momentos vi profissionais altamente capacitados e com experiência serem preteridos por outros com currículos menos _expressivos_ exclusivamente por conta do domínio do segundo idioma. Eu mesmo, na condição de gerente de projetos, já me vi obrigado a optar por recursos menos capacitados tecnicamente por este dominar o inglês.
Profissional de TI que almeja sucesso no mercado globalizado precisa da fluência. Reuniões, palestras, treinamentos, conferências hoje, com raríssimas exceções, são todas conduzidas em inglês. Mesmo empresas nacionais precisam contar com colaboradores fluentes no idioma no caso de surgirem oportunidades de atuação no mercado internacional, ou mesmo em projetos multinacionais.
425 - comentário - 16/03/15 - 16:29:10 - Gil Casanova - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim. Eu particularmente não teria uma carreira em TI se não falasse inglês. Falar e entender inglês alavanca a vida. Quem entende inglês pode buscar fontes primárias de informação, ao invés de depender da opinião de outros. A quantidade de material de conhecimento que se disponibiliza a quem fala inglês é muitas vezes maior.
Hospitalhd
427 - comentário - 16/03/15 - 16:45:51 - Rosana - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente não necessariamente alavanca sua carreira. Conheço profissionais muito bem posicionados, com salários muito acima da média, que tem inglês básico. Porém, um inglês avançado, certamente ajuda muito na área por conta de a maior parte da literatura estar em inglês e ainda abre muitas portas para vagas internacionais. Acredito que cada nova língua que se aprende, um novo mundo se estende, portanto mesmo que nao alavanque uma carreira, aumenta as possibilidades de crescimento e projetos mais interessantes.
428 - comentário - 16/03/15 - 16:47:17 - Odair Teixeira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A pergunta que deve ser feita é, _Além de fluência em Inglês, qual outra língua devo obter fluência?_. O Inglês é mandatório a tanto tempo que já é necessária a habilidade de comunicação em Espanhol, por exemplo.
428 - Réplica - 16/03/15 - 20:05:19 - Chesco - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

- É a mais pura verdade, eu trabalho em um multinacional, sou técnico em suportes de redes, suporto um empresa norte americana com presença no mundo inteiro, sempre falo com usuários em países de língua espanhola e claro um usuário comum não fala inglês, então toda comunicação é feita em espanhol. Espanhol reforço tem que ser estudado pois essa de portunhol é algo que só atrapalha na vida profissional.
429 - comentário - 16/03/15 - 17:29:54 - Marcus Novak - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Claro que sim!! Vivemos num mundo onde a informação é o elemento chave para tudo que queremos alcançar. Além disso, o mundo de hoje está cada vez mais interligado e mais próximo da gente . Tudo chega às nossas mãos com muita velocidade. Alargar as fronteiras do conhecimento, saber se comunicar bem e ajudar pessoas com seu próprio conhecimento, são preceitos importantíssimos para o bom profissional. Eu mesmo sou um exemplo vivo de tudo isso. Sempre estudei inglês, morei oito anos nos EUA e até hoje estou em constante contato com a língua inglesa através do meu trabalho. Por causa disso os meus horizontes são bem maiores. Me sinto hoje muito mais seguro e confiante sobre aquilo que posso realizar. Posso me considerar um ?Profissional do Mundo?. É a comunicação sempre abrindo portas e trazendo novas oportunidades para vc!!
dbassocia
430 - comentário - 16/03/15 - 18:19:52 - Evandro Peixoto da Silva - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês não é mais um fator relevante, acredito que para TI passou a ser um item quase que obrigatório.

O novo profissional de TI deve ter um mente aberta para as novas tecnologias e principalmente conhecer o Core Business da sua empresa, mais do que nunca oferecer o melhor custo benefício e apoiar as área de forma simples e objetiva.
431 - comentário - 16/03/15 - 18:30:15 - Silvia Menanteau - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para quem pretende trabalhar em grandes empresas estará cara a cara com a globalização. Ou a sua empresa buscará parceiros fora ou será procurada por eles. Portanto, não se iluda, inglês nos dias de hoje é inevitável. E quanto antes partir para resolver esta questão melhor para você..... mais um diferencial!
432 - comentário - 16/03/15 - 19:11:26 - Marcio Roberto Maganha - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Reforço o mencionado pelos convidados abaixo. Como Gestor de TI tenho contato com muitos candidatos, e quando solicito um profissioal ao departamento de Recursos Humanos, antes de qualquer outro _skill_ peço que filtrem e me tragam apenas candidatos que no mínimo possam se comunicar em inglês, tanto em conversação como em escrita.
A globalização não é mais novidade e para que o profissional possa ingressar nesse ambiente globalizado, ele PRECISA saber se expressar em inglês tão bem como em sua lingua nativa. Vou além e incentivo que já procurem um terceiro ou quarto idioma.
433 - comentário - 16/03/15 - 19:58:17 - Chesco - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

- Se você trabalha em multinacionalm, sim é muito importante o Inglês de maneira que você possa se expressar e se fazer compreendido tanto em ternos técnicos e sociais. Mundo ainda é globalizado, falar inglês é importante para se comunicar com outros profissionais do mundo globalizado. Se você trabalha em empresas nacionais, um bom inglês técnico ajuda pois ainda recebemos softwares _ hadwares de empresas fora do Brasil.
- Na minha opinião inglês ainda é um diferencial importante, e me ajudou e ajuda muito na minha vida profissional e social.
GOC
434 - comentário - 16/03/15 - 20:48:13 - Gilson Martins - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês sempre é importante na área de TI, porém, ter fluência é um skill mais específico, e por experiência própria, somente é necessário caso a vaga necessite de contato com pessoas de outros países onde seja necessário utilizar o inglês para comunicação.
435 - comentário - 16/03/15 - 21:10:38 - Andre - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Não somente o inglês, mas o conhecimento de outras linguas expande a capacidade de se comunicar com mais pessoas e tambem de obter mais informacoes de outras fontes que nao as habituais. Para qualquer profissao a comunicacao e um diferencial importante sim.
436 - comentário - 16/03/15 - 21:15:30 - Roberto NAVAS Pinheiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Considero a fluência ao menos na língua INGLESA um MUST para boa fluência da carreira em TI. Minha atuação tem sido em empresas multinacionais já tem algum tempo. Posso afirmar que comunicar-se em INGLÊS adequadamente não gera um GAP e uma barreira intransponível e um motivo de baixa performance numa avaliação de performance. Com a centralização de Data Centers em poucos locais. Virtualização e Cloud Computing, _praticamente_ pouco importa onde estão as máquinas, se no andar de baixo com o _Joaõ do CPD_ ou em outro continente, com o _John_. Eu coloquei INGLÊS como MUST, pois com empresas Norte Americanas - por exemplo, atuando em toda America Latina (e do Sul), falar também ESPANHOL abre mais oportunidades ainda.Grosso modo, educação e conhecimento nunca é demais.Se não tiver uso imediato, uma hora pode ser _toda_ a diferença. 1 Grande Abraço. Roberto NAVAS Pinheiro, PMP, PRINCE2, Coach.
436 - Réplica - 17/03/15 - 02:58:50 - Scott - 177.79.26.****

A cloud computing vai desempregar muita gente da area de TI e sem contar que o Brasil estava sendo espionado, e agora voce diz que isso eh vantajoso.
apipesq
437 - comentário - 16/03/15 - 21:18:24 - Suemar Souza - 200.162.12****

O Inglês é um grande diferencial, mas não é um fator decisivo:
Ter Inglês fluente abre a possibilidade para participar de mais processos seletivos onde o domínio da língua é requerido. Já para alavancar a carreira, entendo que se dá apenas a partir de níveis hierárquicos superiores e empresas de grande porte ou com atuação internacional.
438 - comentário - 16/03/15 - 21:36:17 - DENILSON NUNES - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O Inglês é fundamental e o espanhol é um diferencial. Atualmente as áreas de TI estão se regionalizando e globalizando, buscando sinergias e fundamentalmente redução nos custos. Os projetos são globais ou regionais, os serviços de TI estão se verticalizando e os Data Centers sendo centralizados em algumas regiões espalhadas pelo mundo. A comunicação e transformação digital não tem fronteiras e o idioma internacional é o inglês.
439 - comentário - 17/03/15 - 00:22:34 - Leandro DAbruzzo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingles e sem duvida fundamental para uma carreira na area de TI. Em todos os meus empregos o ingles foi um dos maiores diferenciais na comparacao final a outros candidatos, tanto na hora de ser contratado como na hora de apresentar um bom trabalho, isso porque apesar de cada vez mais pessoas falarem ingles hoje no Brasil, a maioria nao tem confianca para falar ingles, e evitam qualquer tipo de situacao que envolva outra lingua, e muito dificil estabelecer uma relacao de confianca com um cliente que nem consegue entender o que voce esta dizendo, se voce fala um bom ingles e conquista a confianca do seu cliente voce se torna uma ponte entre a sua empresa o cliente, e isso meu amigo conta muito. Aprenda ingles nao so pelo trabalho, mas tambem por toda a cultura que voce podera absorver de qualquer parte do mundo. (Teclado quebrado = texto sem pontuacao)
440 - comentário - 17/03/15 - 09:19:45 - Lelis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Gente... o inglês é fator de corte e não de alavanca de carreira. Aliás, não conheço casos concretos de carreira em TI, infelizmente.
dbassocia
441 - comentário - 17/03/15 - 10:02:42 - Francisco Wagner de Almeida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês fluente deveria alavancar a carreira em TI.
Sou fluente e já usei o idioma para me comunicar diversas vezes com fabricantes de equipamentos e principalmente para leitura de documentação.
442 - comentário - 17/03/15 - 10:21:59 - Mauro Bordinhão - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Nível de inglês fluente eu considero um diferencial que possibilita crescimento e novas oportunidades.

Mas não para por aí, outros idiomas como espanhol, alemão e francês podem acrescentar e muito a trajetória profissional de quem atua em TI.
442 - Réplica - 17/03/15 - 10:33:50 - Renan - 189.62.87.****

Lamento, mas acho exagerado sua opinião.

Inglês de nível avançado ou intermediário já ajuda bastante e é suficiente para 95% dos casos, depois disto o que vale é o conhecimento técnico.

Caso fosse só pelo domínio do idioma, qualquer um que se forma em letras seria o Papa, se viesse a trabalhar em TI.
443 - comentário - 17/03/15 - 11:03:09 - Fernando da Silva Trevisan - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ter inglês fluente com certeza auxilia a carreira. É importante para trabalhar em multinacionais, e mesmo em empresas nacionais, o contato com profissionais de outras nacionalidades muitas vezes depende do inglês. Em TI, não saber inglês para, no mínimo, se comunicar bem com outros profissionais da área é uma falha_ ser fluente certamente amplia suas ofertas e possibilidades.
Hospitalhd
444 - comentário - 17/03/15 - 15:56:58 - Rodrigo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para aqueles que, em pleno 2015, ainda tem alguma dúvida se Inglês fluente realmente alavanca a carreira em TI, devem abandonar a TI hoje mesmo.
444 - Réplica - 17/03/15 - 16:11:54 - Humberto Rovida de Oliveira - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, totalmente. Inúmeras vezes observei dinamicas e seletivas onde a ausencia da fluencia deixava candidatos possivelmente bem qualificados tecnicamente durante fases iniciais.

Tem também a facilidade com que um profissional fluente em ingles acessa informações globais, de conhecimento, de tecnologia e para maior entendimento e relacionamento entre distintas culturas globais.
444 - Réplica - 17/03/15 - 16:19:29 - Oswaldo - 189.97.128****

Tenho 45 anos, um nível técnico muito bom e não falo inglês fluente.

O que eu ganho em uma semana costuma ser mais do que muitos fluentes em inglês conseguem ganhar no mês.

Portanto o que realmente alavanca é o conhecimento técnico.
444 - Réplica - 17/03/15 - 18:00:34 - Flaveta - 5.151.222.****

Concordo com Oswaldo!
Tenho ingles fluente e muita empresa que colocava o ingles como obrigatorio nem chegou a usar
ingles para leitura eh o suficiente. Invista em certificacao.
GOC
445 - comentário - 17/03/15 - 17:22:31 - Pablo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A diferença entre falar ou não inglês é a mesma de correr uma maratona com roupas adequadas ou carregando um saco de cimento de 10kg nas costas.

Você *pode* trabalhar em TI sem inglês, mas certamente seu desempenho e nível de conhecimento seria muito melhor com inglês.
446 - comentário - 17/03/15 - 17:34:55 - Gregory Augusto Santos Ndukwu - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

inglês faz diferença, e com certeza quem o possui terá algumas vantagens sobre quem não possui, em equivalência de níveis. Por exemplo dois consultores Sap/Abap Sr. Um com inglês e outro sem, o que possui inglês poderá galgar passos que talvez o outro não consiga ou consiga com mais dificuldades. Por exemplo um gerente de projeto, com as empresas globalizadas hoje, seria difícil chegar nesta posição sem o inglês. Claro existem exceções de pessoas que ganham muito e não precisam do inglês, mas exceção não é a regra. Portanto precisamos sim falar inglês. Em minha experiência eu particularmente trabalhando em uma consultoria multinacional, precisei usar não só o inglês mas como o espanhol, em varias conferencias com clientes de fora. Isso fez a diferença para eu conseguir aumentos e novas oportunidades.
447 - comentário - 17/03/15 - 18:33:12 - Hudo Almeida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Vou me unir ao coro praticamente uníssono deste fórum sobre a importância incontestável do inglês para a carreira de TI. Somos um mundo globalizado, sem fronteiras e só isso já justifica a importância de dominar o idioma. Só quero fazer a divisão do conhecimento de inglês em 4 partes: Ler, escrever, falar e entender quando ouve. O primeiro é tão importante na TI que é questão de sobrevivência, embora seja possível contornar com os tradutores eletrônicos. Escrever tem uma importância cada vez maior, quando se estabelece comunicação com times localizados em diferentes países ou atendendo a clientes multinacionais. Falar e entender é algo que vejo como importante mas depende muito da empresa. Há muitas que exigem o conhecimento na seleção do candidato, mas este usará muito pouco (quando usar). No entanto, a carreira pode não se limitar a uma única empresa, então é melhor não ignorar.
448 - comentário - 17/03/15 - 21:29:29 - Marcelo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende do foco da pessoa. Uma pessoa que busca um cargo de gestão em TI, o Inglês Fluente é obrigatório, paga cargos técnicos mais técnicos não. Claro que com um nível avançado de inglês, tecnicamente a pessoa se fortalece, pois você pode buscar mais materiais, se comunicar facilmente com pessoas de todo o mundo. A pessoa deve mesclar conhecimentos em inglês com seus conhecimentos técnicos. O inglês pode ajudar alavancar sim a alavancar, mas não necessariamente ser fluente. Com nível avançado já é possível alavancar sua carreira.
Hospitalhd
449 - comentário - 17/03/15 - 22:27:10 - Hildo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês fluente já foi um diferencial, hoje ele é premissa em qualquer carreira, principalmente em TI, onde as principais empresas do segmento e as principais literaturas tanto técnica quanto de gestão estão no idioma.
450 - comentário - 17/03/15 - 23:40:25 - Fabiano Nascimento Ferrao - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem sombra de dúvidas, o inglês hoje é dia já é pré requisito para qualquer vaga com uma visão global dentro de uma corporação, e realmente não é possível contratar um profissional que coloca a informação no CV de que possuí idioma fluente e na verdade não tem nem nível intermediário. Digo isso pois já tive diversas experiências onde a informação sobre o idioma não era verídica, o que já elimina o candidato por antecipação. Hoje em dia quem não fala inglês não se comunica com unidades globais da corporação, pois engenheiros de sofware, rede e desenvolvimento em sua grande parte estão alocados em outras filiais da corporação e que geralmente são em países onde o português não é falado e obrigatoriamente o inglês deverá ser falado de forma fluente.
450 - Réplica - 18/03/15 - 02:54:33 - Gilbert - 179.148.11****

Sou formado em letras e sim a lingua inglesa alavanca carreira de TI.
451 - comentário - 18/03/15 - 06:38:58 - Alexandre - 191.32.173****

Depende do seu foco, não acho que seja obrigatório como muitos dizem, pois tenho certeza que a grande maioria não tem inglês fluente e estão ocupando as vagas que estão hoje, ou seja é bom ter, mais não impede o profissional a trabalhar, desde que ele não precise participar de reuniões ou atender telefonemas.

Ajudar? com certeza ajuda, mais não é o principal. (para a maioria das vagas)
dbassocia
452 - comentário - 18/03/15 - 10:40:53 - Tiago Miller do Nascimento - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ajuda sim, e muito. Isso abre o seu leque para disputar muitas vagas em maiores empresas (multinacionais) por exemplo. Certamente em um momento de dúvida, o recrutador usará isso como recurso de desempate. Obviamente isso pode ser indiferente para determinadas empresas, mas o foco sendo alavancar a carreira, não tenha dúvidas!
453 - comentário - 18/03/15 - 13:06:49 - Nilson - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito que o inglês ajuda sim e muito, não só para ascender na carreira e se comunicar melhor, mas também para estudo e troubleshooting. O material em português geralmente é muito precário e as maiores/melhores comunidades de TI costumam _falar_ inglês.
A única ressalva é sobre uma prática comum das empresas: colocar como pré-requisito inglês avançado/fluente mesmo que o candidado não vá utilizar sequer uma palavra do idioma.
454 - comentário - 18/03/15 - 16:22:11 - Thales - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

A maior quantidade (mais de 80%) e qualidade de conteúdo sobre tecnologia no mundo foi e é desenvolvida em inglês. Claro que é posível ser genial no uso da tecnologia sem conhecer nada de ingl_#7869_s. Mas o que separa o Amador do Profissional é a maneira como se comporta ante um problema. E não há dúvidas: todo Profissional sabe que o conteúdo fino (o Filet Mignon da tecnologia) está em Inglês. Então claro, é fundamental não só para adquirir o conhecimento de ponta, como para participar dos fóruns e pedir assistência técnica direta com o fabricante, quando não muitas vezes enviar e divulgar as soluções de problemas já resolvidos.
455 - comentário - 18/03/15 - 16:39:55 - Audrey - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em um munto tão globalizado e conectado em que vivemos hoje, com certeza ter um inglês fluente faz toda diferença.E não só em TI, mas em qualquer outra carreira.
GOC
456 - comentário - 18/03/15 - 19:32:00 - Daniel de Almeida - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, sem dúvidas. O inglês é o padrão para a comunicação na área de TI, útil no aprendizado ou suporte de uma tecnologia, metodologia ou algum conceito. E abre portas para trabalhar em projetos de empresas multinacionais, ou para alguns casos tentar uma carreira fora do Brasil.
Eu diria que não só em TI, mas em outras áreas, o inglês também ajuda e muito.
Conselho: se preparem, tentem aprimorar não só a leitura e escrita, mas também a conversação. Ouçam bastante, tentem falar de forma mais correta possível e eliminar sotaques que possam dificultar a comunicação. Aprendam expressões úteis no âmbito profissional e no dia a dia.
457 - comentário - 18/03/15 - 22:56:45 - Fernanda - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

É importante pois muitas das respostas a problemas que temos em TI encontramos em sites em inglês!
458 - comentário - 19/03/15 - 02:17:26 - Mauricio Luiz Bertoni - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente abre as portas para companhias multinacionais. O Brasil tem uma carência de profissionais que tenham conhecimento de língua estrangeira, em alguns casos, as empresas preferem desenvolver no empregado as habilidades específicas da função ao invés de ensinar inglês - já soube de casos reais. Conforme o profissional desejar subir na carreira e alcançar níveis administrativos, como coordenação, gerência e até diretoria, ter inglês fluente se torna cada vez mais importante. Trabalhei na área de TI para três grandes empresas multinacionais graças ao fato de saber inglês fluente.
459 - comentário - 19/03/15 - 15:11:45 - jose - 187.22.86.****

Ingres naum é diferencial, eu num sei ingres e so programador senior numa emplesa grande, o que vale é QI
apipesq
459 - Réplica - 19/03/15 - 22:19:22 - Damian - 177.79.16.****

Estou surpreso por vc ter feito um comentario.
460 - comentário - 19/03/15 - 15:23:02 - Sergio Vaz Fernandes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Acredito sim que o inglês ajuda bastante, mesmo que não seja em uma empresa multinacional. Mesmo empresas que não são multinacionais, por vezes tem contatos e parcerias com empresas estrangeiras. Profissionais que tem domínio do inglês podem apresentar maior agilidade para lidar com documentações escritas nesse idioma. Pode ser usado também como um critério de desempate ao escolhermos candidatos com perfis similares.
461 - comentário - 19/03/15 - 16:31:02 - Luiz Carneiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Eu entendo que é importante sim o conhecimento da língua inglesa ou ter, no mínimo, um nível intermediário onde possa ler e, pontualmente, comunicar-se mesmo de forma um pouco limitada, mas fazendo-se entender. Acredito que poderíamos focar nos profissionais de preferem multinacionais e os preferem empresas nacionais. Para os profissionais que trabalham em multinacionais, onde o contato com a língua inglesa é frequente, vejo que o crescimento na carreira, dentro da empresa, fica muito atrelado ao domínio da língua inglesa. Para profissionais que optam por uma carreira em empresas que atuam somente no mercado doméstico, entendo que a fluência na língua inglesa não faz tanta diferença assim, basta ter conhecimento para leitura. Neste caso o profissional fica com um mercado de trabalho um pouco mais restrito, mas são opções que cada um faz para si.
462 - comentário - 20/03/15 - 06:54:54 - Regis Bittencourt - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Ingles é essencial pois todo material na internet está em ingles. A falta de ingles faz com que voce pegue trabalhos menos remunerados e que voce performe bem inferior aos que tem ingles.

Isso não deveria ser uma questao, ingles é essencial em TI.
Pecados
463 - comentário - 20/03/15 - 09:57:26 - Milena - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, nessa carreira é fato que conseguir se comunicar permite ao profissional maior participação não somente em outros projetos da empresa como no(s) que já atua, e/ou de encarar novas oportunidades, porque a cada dia que passa praticamente é algo que já se espera de alguém que ingressou na área, daqui há um tempo provavelmente não será relevante nem colocar no currículo.. estar procurando emprego em TI será sinônimo de ter esse requisito mínimo.
464 - comentário - 20/03/15 - 21:07:54 - Larissa Surano - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em um mundo global, é impossível não pensar em não ter fluência no idioma mais influente para a área de TI. Um conteúdo técnico de qualidade está neste idioma. Grandes corporações, exigem o Inglês.
Acho essencial o conhecimento intermediário do idioma e um grande diferencial, em vias de se tornar algo obrigatório a fluência também.
Para ter uma carreira de destaque, é imprescindível ter diferenciais, algo que te destaque. O domínio da língua inglesa encabeça essa lista com certeza.
Ser fluente em inglês alavanca sim a carreira.
465 - comentário - 22/03/15 - 03:26:42 - Arnold - 177.79.13.****

Minha tia ganha R$ 2800,00 CLT efetivo por mes soh pra atender 4 ligaçoes por semana no escritorio contabil que fica na regiao da praça da Se em SP, enquanto isso um profissional de TI com ingles e tudo tem que virar a noite pra ganhar a metade com serviço temporario, pra mim Ingles soh alavanca carreira fora do Brasil.
466 - comentário - 22/03/15 - 14:33:44 - Gustavo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Devido à fluência em Inglês, eu consegui alavancar minha carreira em uma Multinacional Americana, ganhando mais que o dobro do meu antigo cargo. A entrevista foi toda em Inglês. Eu nunca participei de nenhum intercâmbio. Tudo que fiz foi estudar. Eu não ficava só naquilo que eu via no curso de Inglês aos sábados. A Internet ajuda muito neste sentido.
API
467 - comentário - 22/03/15 - 19:57:00 - Gleidson Alves Cavalcante - 201.92.147****

Acredito que o inglês fluente hoje e o minimo independente da carreira escolhida ,porem acho que na área de T.I não recebemos o correspondente a mais este diferencial , sempre temos que nos atualizar ,realizar certificações e o inglês e mais um diferencial mais não vejo o $$$ ,como ja foi citado por alguns tem analista adm ,que acessa o face o dia inteiro ganhando muito mais que nos da área de i.t que sempre estamos estudando e a ainda ouvimos piadas como o eterno garoto do I.t .quase todas empresas que trabalhei o primeiro a ser demitido são as áreas de it ou relacionadas e muito triste .
468 - comentário - 22/03/15 - 21:44:03 - Altair Ribeiro - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês é um diferencial na carreira do profissional de TI, tanto pelo uso de boa literatura na língua inglesa quanto pela globalização que tem requisitado profissionais com domínio da língua.
Apesar de muitas empresas solicitarem candidatos com inglês, mas na prática não ser utilizado, pode ser o diferencial em um processo seletivo, porque a empresa pode estar pensando na estratégia de atuar no mercado internacional.
Isso significa que no futuro, o candidato utilizará o inglês.
Outra questão na exigência da língua inglesa refere-se aos treinamentos internacionais que muitas empresas multinacionais ou mesmo nacionais oferecem aos funcionários.
Se o funcionário não domina a língua inglesa, terá muita dificuldade para absorver o conhecimento e aproveitar o conhecimento para reverter em melhorias para a empresa.
Os profissionais com inglês, em geral, tem um salário melhor.
469 - comentário - 23/03/15 - 15:06:25 - Adalberto Fontenele - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida alguma ter o inglês fluente é um grande diferencial no mercado de trabalho, ainda mais na área de tecnologia.
Um dos motivadores para que eu entrasse nesta área foi o fato de saber que eu poderia executar tarefas que muitos não poderiam simplesmente por eu ter o idioma como vantagem ao meu favor.
Com certeza ter o idioma simplesmente não é suficiente, precisamos nos qualificar constantemente para que isso seja um diferencial no meio de todas as qualidades que possuimos.
470 - comentário - 24/03/15 - 00:11:21 - Pedro - 191.181.84****

Creio que o Inglês ajude muito sim, mas o que me ajudo foi finalmente encontrar uma empresa que da valor ao funcionário. (Não a empresa em sí mas os Coordenadores, se o coordenador não ver o seu valor você pode ser o Pai da TI que não irá avançar, pode até ter quatro ou cinco idiomas, tanto faz).

Infelizmente sucesso não depende apenas de você mas de uma série de fatores.(E muitos desses fatores envolvem curva de aprendizagem e capacidade de superação, além de diversos aspectos comportamentais).(Que podem pesar mais até que o próprio inglês).
Hospitalhd
471 - comentário - 24/03/15 - 11:56:51 - Caio T - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

O inglês fluente é imprescindível para se alavancar a carreira em multinacionais, enquanto que em empresas nacionais ele é um forte diferencial. Principalmente por se tratar de TI, onde a maioria do material de suporte está em inglês.
472 - comentário - 24/03/15 - 18:00:29 - Carlos - 187.22.5.3****

eu tenho inglês básico e trabalho numa grande empresa, o que vale mesmo é sua rede de contatos, o famoso QI, quem indica, já vi currículos com n experiências, formações, poliglotas, e estão desempregados, enquanto outros que não tem nem curso técnico, nem certificações, nem ao menos inglês intermediário estão bem como eu.

Como o ditado ja dizia _Quem tem amigos não morre pagão_.
472 - Réplica - 25/03/15 - 13:18:30 - Silas - 177.9.126.****

pois é........
472 - Réplica - 25/03/15 - 19:07:07 - Raphael Reis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Com todo respeito, discordo! Não totalmente... quem tem boas indicações, pode até ter uma boa posição! Mas manter é outra história... E isso não significa que alguém que não tenha boas indicações não possa alcançar tal posição! Estude, seja diferenciado, seja dedicado e terá mais oportunidades do que o indicado por amizade! Dessa forma as empresas procurarão você por precisar da sua experiência e do seu conhecimento! abs
dbassocia
473 - comentário - 24/03/15 - 23:26:10 - Marcelo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Depende do tipo de emprego que você tem. Se for um emprego que não precise mostrar resultados (não precise trabalhar), o inglês pode ser dispensado.
Em ambientes MERITOCRÁTICOS de TI, eu enxergo 2 tipos de profissionais: os que estão em evolução e os que estão em declínio. Mesmo que você possua um ótimo currículo, o simples fato de ficar parado faz com que outros profissionais estejam passando à sua frente.
O inglês fluente, assim como outras habilidades como bom relacionamento, organização pessoal, disciplina, flexibilidade, etc... são, cada uma, armas que você tem ou não no seu leque na hora da entrevista. O mercado tá cheio de profissional ruim, mas também tem muitos bons. E o que pode fazer a diferença na hora H pode ser o inglês. O inglês fluente pode não ser uma necessidade, mas definitivamente é tanto um PONTO FRACO como um LIMITADOR de opções na hora de candidatar-se às vagas.
473 - Réplica - 02/04/15 - 01:59:33 - Mike - 191.30.246****

Em um futuro que pode ser longe, o relógio poderá estar falando inglês pra você.
473 - Réplica - 01/04/15 - 15:48:34 - Marcelo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Prezado colega Silas,

O problema de TI é que nossa carreira é multi-cultural e multi-disciplinar. O inglês pode não ser necessário no momento mas, em um futuro que pode ser longe ou mais perto do que se imagina, pode ser o fator que te segurará no cargo.

Em relação ao primeiro parágrafo, não há ironias nele. É o que está escrito.
Existem cargos em que o funcionário é pago para cumprir horário comercial, e o inglês sendo usado mais na forma de leitura técnica.

Mas claro isso são opiniões minhas.
Peço desculpas caso eu tenha soado inconveniente ou desrespeitoso.
Um abraço
473 - Réplica - 25/03/15 - 00:39:10 - Matt - 177.79.16.****

Pelo que entendi, nao importa se eh bom ou ruim, o que importa eh o ingles na hora h.
GOC
473 - Réplica - 25/03/15 - 13:28:35 - Silas - 177.9.126.****

ha ha ha , se for um emprego no ramo de comunicação , onde o cliente , tem como língua materna o inglês , talvez , né , colega ?

O que o Sr quís dízer , no primeiro parágrafo ? estranho hein....
473 - Réplica - 24/03/15 - 23:30:42 - Marcelo - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Apenas a corrigir a última frase: "A falta de inglês fluente pode não ser... " _)
474 - comentário - 25/03/15 - 18:41:41 - Paulo - 187.22.96.****

Eu tenho inglês, espanhol e chinês fluentes, tenho certificação java e estou desempregado 2 anos, tanto que irei mudar de área, vou tentar concurso publico.

Se a minha formação mais experiência não é diferencial, o que seria então?

Acredito que me falta o tal networking
474 - Réplica - 02/04/15 - 01:55:46 - Mike - 191.30.246****

Fernando,
Você tem um lugar para indicar?
apipesq
474 - Réplica - 28/03/15 - 18:29:17 - fernando - 191.180.83****

Cara, desculpe mas o seu problema deve ser espiritual, já pensou em ir numa igreja?
475 - comentário - 25/03/15 - 18:55:35 - Raphael - 186.192.16****

Sim, alavanca! Nas últimas 4 semanas recebi 4 contatos para oportunidades... todas exigindo o inglês e fazendo o teste ainda por telefone! Agora a respeito do inglês na nossa profissão, o inglês técnico é essencial! O inglês fluente é um diferencial ainda, sendo que deveria não ser!
Talvez seja uma época de mudanças, onde a necessidade do inglês fluente tem crescido e a de profissionais dispostos a perder horas estudando idiomas não! Eu além de ser amante da profissão também sou do idioma, então nunca sofri com isso! Estudar inglês pra mim sempre foi divertido, gratificante! Abraços aos colegas de profissão.
475 - Réplica - 08/04/15 - 10:54:20 - Raphael - 186.192.16****

Bom, falta um pouco de interpretação de texto ai Ramon, eu disse contatos para oportunidades, e não entrevistas! Se há contato, é sinal de que há oportunidade.
475 - Réplica - 26/03/15 - 01:30:20 - Ramon - 177.79.23.****

De todas as entrevistas que eu fiz, as contrataçoes eram feitas no fim da entrevista, pra mim voce foi rejeitado quatro vezes em um mes. E fazer entrevista nao eh alavancar carreira.
dbassocia
476 - comentário - 25/03/15 - 19:03:06 - Raphael Reis - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim, alavanca! Não porque o idioma em si vai fazer a sua carreira. Mas é um diferencial, e um diferencial chama atenção de quem precisa do profissional! Logo você tem a oportunidade graças ao diferencial! Uma vez empregado, só depende de você o crescimento, a evolução.. Provando ser um profissional diferenciado e dedicado, você está no caminho do sucesso! Digo por experiência própria, todas as oportunidades que surgiram nas últimas semanas, exigiam o inglês fluente! abs
477 - comentário - 26/03/15 - 00:54:31 - Luiz Sousa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Em algumas empresas que trabalhei, o inglês fluente não era diferencial mas critério básico para contratação. Por isso, não acredito que o inglês fluente vai alavancar sua carreira, mas a falta dele vai deixá-lo estagnado.
478 - comentário - 27/03/15 - 09:01:59 - Andre - 187.22.103****

Inglês é diferencial quando o profissional vai trabalhar com projetos no exterior ou o inglês é usado como pré-requisito para conseguir a vaga

Para quem tem um bom networking isso não é necessário, se souber, ta bom, senão paciência, deixa para o pessoal que não tem networking falar inglês
479 - comentário - 29/03/15 - 11:01:07 - José Henrique - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sem dúvida, o inglês é importante neste mundo globalizado que vivemos hoje, ele pode te dar oportunidades de crescimento,aprendizado,relacionamentos e novas oportunidades dentro do mercado de trabalho, eu tenho vivido esta experiencia dia dia,porem ele deve ser acompanhado de várias coisas como dedicação,vontade de crescer e outras competências técnicas que sua área exige.
Hospitalhd
480 - comentário - 30/03/15 - 15:03:52 - Mateus - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Cada um vai ter uma experiência diferente quanto a esse tema, mas no meu caso não, não mudou nada em termos de carreira.
Claro que o entendimento de inglês tornou a leitura de materiais técnicos mais fácil, mas isso não alavancou a minha carreira.

Se a pergunta fosse sobre qualquer _língua estrangeira_, ai talvez fizesse diferença para mim.

Trabalho numa empresa espanhola, e basicamente só são usados o português e espanhol aqui.
481 - comentário - 30/03/15 - 18:12:22 - Adriano Mendes - 177.124.21****

Não confundir inglês avançado com fluente. Fluente é aquela pessoa que conversa quase como nativo e consegue manter um diálogo fluente com alguém do país da língua.
Eu acho que faz muita diferença sim. Ótimos profissionais realmente fluentes são difíceis de achar no mercado.
482 - comentário - 30/03/15 - 23:39:30 - Julio - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Pode não alavancar sua carreira mas certamente ajuda, tendo em vista que isso pode causar uma boa impressão em qualquer entrevistador e pode ser a diferença entre conquistar uma vaga ou não.
Sinceramente pensava que isso pudesse ser o grande diferencial mas hoje não tenho a mesma opinião. Contudo conhecimento em outro idioma é sim considerado um facilitador.
483 - comentário - 31/03/15 - 01:00:10 - Pablo - 191.181.84****

Se formos ver a relação salário e inglês em TI, não não alavanca.

Analisando apenas pelo salário, não,não vale, você não irá ganhar o dobro apenas por saber bem o inglês.

O justo seria ganhar pelo menos 50% a mais.
Mas na prática cabe a cada um saber valer o segundo idioma.

Pode fazer a diferença se for para trabalhar em uma vaga que realmente exija o inglês.

(A maioria exige o inglês tênico e um inglês intermediário é mais que o suficiente).

Acho que depende da área de atuação: Para desenvolvedores por exemplo ,de cara não aumenta o salário mas pode fazer a diferença.
Para suporte , se a vaga exigir, o salário é bem maior. (Aonde trabalhei um helpdesk comum ganhava 900 e um que sabia espanhol ganhava 1800).

Depende muito da empresa.

Aonde estou agora não faz a menor diferença.
GOC
483 - Réplica - 31/03/15 - 08:04:18 - Flavio - 5.151.222.****

Concordo plenamente.

Inglês eh apenas mais um requisito, mas não eh isso que impedira sua contratação.

Muitos que alegam ter inglês fluente na pratica não tem mais que um bom intermediário. Depende muito de onde vc tirou o seu certificado! Fluente eh Cambridge CPE e não certificadinho de escolinha da esquina. _ ) .

Tenho CPE(FLUÊNCIA) e muitas vagas que requeriam a fluência se quer chegaram a usar. As minhas certificações me deram muito mais peso na minha carreira do que o inglês.

Inglês bom requer muito dinheiro e tempo 5 anos.

Vai para certificação e faculdade. Isto te da um retorno imediato. O leitura já esta bom por hora. Nao cai no papo de RH de pre requisito inglês fluente. Se vaga for de suporte se lembre que outsourcing existe para cortar custos e tem o indiano que fala ingles fluente desde pequeno e ganha 2000 reais!

Abracos,
484 - comentário - 31/03/15 - 11:17:29 - Marcelo - 177.141.17****

Depende , se for para trabalhar fora do pais sim, mas no Brasil o que as empresas querem sao profissionais de salarios baixos
484 - Réplica - 07/04/15 - 01:56:55 - Bart - 177.79.10.****

Salário alto em um país falido, você deve estar de brincadeira.
485 - comentário - 01/04/15 - 08:27:10 - Ícaro Lima de Melo - 191.241.23****

Com certeza, essa semana perdi uma oportunidade em uma multinacional do ramo farmacêutico simplesmente por não ter inglês fluente.
Hospitalhd
485 - Réplica - 08/04/15 - 10:48:16 - Erik - 191.181.23****

Marcelo, agora vc esta julgando as capacidades do Ícaro sem ao menos conhece-lo, é exatamente ai que mora o problema, hoje o simples fato de não saber falar inglês já o rebaixa a outra categoria de profissional aos recrutadores que ainda não tem capacidade de avaliar nível de conhecimento na área de TI. Uma vez que o fato de falar Inglês não o torna nem melhor nem pior, é apenas mais um conhecimentos como tantos outros na área.
485 - Réplica - 06/04/15 - 01:16:47 - Marcelo - 187.37.229****

Juca

Cada caso e um caso do mesmo jeito, o ingles pode ou nao ser fundamental depende de como seria a vaga sera que ele perdeu mesmo a vaga por nao ter ingles fluente?
485 - Réplica - 01/04/15 - 14:51:19 - Marcelo - 189.121.44****

Cada caso e um caso, eu tenho ingles fluente e perdi vaga por nao querer salario baixo como PJ!
485 - Réplica - 01/04/15 - 17:33:28 - Juca - 168.159.21****

Marcelo,

voce nao perdeu a vaga, voce nao quis porque o salario era baixo, diferente do comentario do Icaro que perdeu a vaga pela falta de conhecimento da lingua.
dbassocia
486 - comentário - 01/04/15 - 17:40:03 - Eduardo - 177.19.201****

Tenho Inglês Fluente ha mais de 7 anos, investi bastante na formação, morei fora inclusive fora do país.
No Brasil, o idioma pode ser apenas um requisito a mais, ser obrigatório para os executivos, porém alavancar ou receber a mais por falar Inglês é uma mera ilusão. No máximo será um critério de desempate na concorrência de uma vaga.
Se vale a pena aprender? Sim, vale, não é só pra ganhar a mais que se aprende o Inglês, através do Inglês conheci outras culturas e sou habilitado a transitar em meios que não poderia se fosse um _analfabeto_ em outras línguas. A realização pessoal é muito maior nesse caso.
486 - Réplica - 29/04/15 - 15:01:22 - Bianca - 200.171.18****

Um dos comentários mais conscientes que vi aqui. Ser fluente em Inglês, quando visto como um simples potencializador de salários, só vai continuar enriquecendo o mercado de escolas de idiomas e frustrando quem quer e/ou precisa aprender em pouco tempo. Experiências fora do país em países nativos sem dúvida colaboram para o desenvolvimento mais rápido da fluência, mas só quando há interesse do brasileiro em estudar e realmente imergir no idioma local.
486 - Réplica - 13/04/15 - 16:35:18 - Marcelo - 200.186.20****

Falou tudo cara.
486 - Réplica - 06/04/15 - 19:40:25 - Richard - 179.184.15****

Primeiro, parabéns pela sua colocação. Também sou da área há muitos anos e concordo com você quando disse "A realização pessoal é muito maior nesse caso".
GOC
486 - Réplica - 02/04/15 - 13:55:26 - SILAS - 200.100.11****

Voilà ,excellente définition.
487 - comentário - 04/04/15 - 17:55:58 - Mario - 187.22.102****

Eu so proficional oraclou senior e tenho ingres basico, o que realmente me ajudo a arruma meu trampo foi a indicassão
487 - Réplica - 25/04/15 - 18:10:07 - Paulo - 187.22.89.****

Eu estou indignado, eu fiz faculdade publica federal, pós graduação, tenho inglês e espanhol fluentes, além de conhecer .net, java, oracle e sql server, e não consigo emprego na profissão de TI,e quando me oferecem querem pagar 1000 ou 1500 PJ. e um cara que não sabe nem escrever é profissional oracle senior, esses são os BRASIS

FALA SÉRIO
487 - Réplica - 23/04/15 - 12:54:32 - Samambaia - 177.184.19****

Meu Deus é por isso que existem os trolls. Santa inocência batman
apipesq
487 - Réplica - 10/04/15 - 12:56:34 - Richard - 189.111.16****

Não entenderam a ironia... QI não precisa língua nenhuma, nem mesmo o português!
487 - Réplica - 08/04/15 - 10:39:27 - Erik - 191.181.23****

Eu fico indignado, em ver esse tipo de profissional (não sabe nem escrever) empregado e eu, aqui lutando por uma recolocação, realmente hoje nosso deficit é na área de recrutamento, estão muito mais preocupado com o mkt pessoal do que os conhecimentos teóricos e técnicos, lembrando que o verdadeiro profissional de TI é "nerd" e não sabe nada sobre mkt pessoal....
487 - Réplica - 06/04/15 - 19:37:53 - Richard - 179.184.15****

Pelo visto tá faltando um pouco de português também! kkk
487 - Réplica - 06/04/15 - 22:29:50 - kleber - 177.126.60****

"INDICASSÃO"???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Pecados
487 - Réplica - 05/04/15 - 02:51:08 - James - 177.79.11.****

Parabens, isso quer dizer que trabalha no banco só pra fazer chamado.
488 - comentário - 07/04/15 - 09:49:49 - Denis Ferreira - 200.18.49.****

Vejo que se o profissional ao fazer uma entrevista não demostrar conhecimento do cargo que esta disposto a exercer e não ter visão de negócio não adianta ter Inglês, Francês e Alemão que não vai adiantar nada.

Como disse o amigo no comentário, pode ser um critério de desempate, somente.
Também aposto na realização pessoal outro idioma.
488 - Réplica - 07/04/15 - 12:42:25 - Marcelo - 179.208.13****

Para mim em termos de realizaçao pessoal , sim e uma boa, mas no Brasil com o tipo de selecao que temos fica dificil, agora mesmo por nao ter respondido uma simples questao nao tecnica a selecionadora imediatamente me descartou do processo de selecao, sendo assim de que adianta o ingles se a selecionadora nao avalia de forma correta
490 - comentário - 07/04/15 - 13:56:25 - Alexandre Di Monaco - 186.220.9.****

As empresas estão utilizando o inglês apenas como um corte cultural. Em todos os empregos que tive no Brasil, pediram inglês avançado no anúncio da vaga. Mas nunca foi necessário durante o trabalho em si.
Pecados
490 - Réplica - 14/04/15 - 15:22:17 - marcelo - 186.220.18****

Aprovando ai eu monto a minha consultoria pq ai fica legalizado!
490 - Réplica - 10/04/15 - 12:54:47 - Richard - 189.111.16****

E agora os outros setores vão sentir na pele o que é terceirização como acontece em TI há décadas.
490 - Réplica - 10/04/15 - 17:08:45 - SILAS - 177.95.101****

Salvemos o Ed Motta o/
490 - Réplica - 09/04/15 - 01:47:25 - Bart - 177.79.15.****

E foi aprovado.
API
490 - Réplica - 08/04/15 - 01:26:51 - Bart - 177.79.25.****

Enquanto voces ficam preocupados com a lingua inglesa, nesta quarta o governo irá fazer a votação para a aprovação da terceirização.
492 - comentário - 08/04/15 - 19:22:31 - FLAVIO SANTOS FILHO - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Sim.Em minha opinião alavanca, mas vejo que aqui no Brasil, salvo algumas empresas que tem sua origem em países com língua inglesa, as áreas de RH tem essa opção como um redutor nos processos seletivos. Essa é uma ferramenta eliminatória que reduz o numero de candidatos limitando apenas aqueles que tem o inglês fluente. Não acredito que a maioria das empresas que solicitam o conhecimento da língua para cargos técnicos ou especialistas façam uso no dia a dia de trabalho. Como os professores de inglês mesmos dizem, seremos sempre alunos, nunca nativos na língua seja ela qual for.
493 - comentário - 10/04/15 - 12:51:25 - Richard - 189.111.16****

Quando você vai comprar um carro usado, na tabela da fipe o preço é o mesmo para completo ou básico. Então você procura sempre o completo, mesmo que nunca vá usar os opcionais ou que esteja em pior estado. É o que fazem as empresas achando que assim fizeram o melhor negócio.
494 - comentário - 10/04/15 - 12:59:50 - Richard - 189.111.16****

Sei inglês, mas o que me impede de conseguir as vagas é a idade, como vimos no fórum anterior. Se tiver mais de 40 pode ser trilingue, nada ajuda...
GOC
494 - Réplica - 12/04/15 - 18:21:07 - rodolfo - 201.69.176****

it depends on your skills set i am afraid no matter what age you are
494 - Réplica - 10/04/15 - 17:10:47 - Luiz - 179.209.13****

Estou com 53. Conheço bem programação, qualidade e ate atuo como PMO, mas a idade, tá sendo o principal obstáculo. Bem pior que a falta do Inglês.
496 - comentário - 12/04/15 - 18:16:53 - rodolfo - 201.69.176****

i think its pretty much bullshit...i never met anyone in brazil that can really speak english in IT..i worked in europe for many years it never added a single bonus..even my managers could not even speak the lingo and they are managers rs
496 - Réplica - 13/04/15 - 02:09:42 - Pedro - 189.121.20****

Em TI não é tão importante falar, a não ser que você vá realmente falar com estrangeiros. E mesmo assim , se o seu inglês for sofrível ainda dá para se virar.

Sim existem gerentes que não falam ou falam mal o segundo idioma.

A questão é mais prática, o inglês irá te ajudar a ler manuais e a entender possíveis soluções de problemas que são achados apenas em inglês_

Diretamente não ira aumentar seu salário, mas indiretamente talvez.
Hospitalhd
498 - comentário - 15/04/15 - 12:15:02 - israel - 179.158.10****

Eu sou trilingue e não ganhei muito, fui contratado por falar espanhol, mas com o decorrer do tempo ficou de lado e somente falava português... Tenho Inglês avançado, mas neste momento pedem outro idioma, só por questões de desempate ou algum outro tipo de experiência. Outro idioma é uma ferramenta, não alavanca a carreira e sim ajuda a construir uma carreira de sucesso.
499 - comentário - 17/04/15 - 01:41:19 - Rodofo - 187.113.15****

No meu caso foi fundamental para a contratação. Eu ganhei o meu chefe mexicano, que só falava espanhol e um inglês com sotaque forte, com meu inglês com sotaque britânico, quase perfeito. Eu nunca morei em Londres e aprendi inglês vendo filmes, séries e conversando com ex chefes Japoneses no bar. Fiz 3 meses de wiseup mas não me adapto à educação formal em escolas. Tem muita gente que diz ter fluência mas é ruim pra dedéu, se você chegar falando bem inglês em uma entrevista, impressiona muito mesmo, te joga a um nível aparentemente mais profissional que os demais. Hj trabalho com infra e tenho o salário proximo a 10K e não sou gerente.
499 - Réplica - 29/04/15 - 16:27:05 - richard - 189.111.16****

Indianos e árabes, esses têm o pior sotaque em inglês no mundo. Trabalhei conversando com esse povo diariamente por muito tempo, é dose! E, realmente, o camarada dizer que tem inglês tipo britânico quase perfeito foi a pérola desse fórum kkkk e ainda quis justificar o super-se-achismo dele dizendo ser networking.... uma pérola atrás da outra kkkkk
499 - Réplica - 28/04/15 - 17:41:24 - Beto - 200.185.17****

Eu converso todos os dias com muitos indianos que também acreditam ter um inglês britânico. Um martirio. Ainda que você more 10 anos nos EU ou Inglaterra, NUNCA vai falar um deles.
dbassocia
499 - Réplica - 21/04/15 - 21:08:24 - Richard - 187.113.13****

É uma pena que pense assim. Se vc é bom em algo, não tem por que não se orgulhar disso. Brasileiro tem síndrome de coitadinho, que precisa ser humilde ... te digo que um comportamento desse tipo não te levará a lugar algum, principalmente em IT que é difícil pra caramba de se fazer market. Não vou ficar discutindo minhas qualificações contigo mas abra a tua mente, aprenda com quem sabe mais que vc, aprenda também com quem sabe menos e principalmente, exponha à todos o que vc sabe, ensine!!! Vc vai se tornar uma pessoa e um profissional melhor. E só pra vc ter idéia, sou coordenador em minha área e quando trabalhava em outra empresa tinha meus subordinados os quais deixei para mudar de emprego. Olha os depoimentos: Bons tempos que não voltam mais chefito, nosso time era top, Cara, tamo precisando de um chefe de verdade aqui onde eu trabalho hoje, tá interessado?, Saudades do meu boss
499 - Réplica - 17/04/15 - 15:07:21 - Richard - 189.111.16****

"... com meu inglês com sotaque britânico, quase perfeito." Esse é o tipo de cidadão que é o pior tipo para se ter como colega. Se acha demais. kkk
500 - comentário - 17/04/15 - 15:13:32 - Pedro - 189.111.16****

O que é fato? Inglês só serve para filtrar curriculos em processos seletivos. 99% das vagas não precisam mais do que ingles basico ou intermediario para alguma leitura, ou redigir algum e-mail. E só. Palavra de quem já passou por muitas empresas, muitas multinacionais e diversos cargos desde analista até diretoria.
501 - comentário - 17/04/15 - 17:29:39 - Ricardo - 187.22.88.****

inglês alavanca, tanto que não tem tantas pessoas tão boas em falar inglês e conhecer TI como eu

por isso ganho 30k por mês

eu sou the best
GOC
501 - Réplica - 24/04/15 - 17:08:09 - Flavio - 187.103.14****

KKKKKKK Sorte sua que humildade não é um diferencial...
501 - Réplica - 21/04/15 - 00:29:58 - Frank - 177.79.23.****

30 K por mês, se for depender do PMDB, nunca vai ter. Graças a eles falta luz, falta água e ainda criam o projeto da terceirização que foi aprovado.
501 - Réplica - 20/04/15 - 01:49:51 - Frank - 177.79.14.****

Pra ser the best tem que ter green card.
501 - Réplica - 20/04/15 - 18:42:50 - Guilherme Magalhaes - 5.151.222.****

30 k por mes para atender telefone em ingles
Vc trabalhao no PT? Em aluma obra da copa ou Olimpiadas?
apipesq
502 - comentário - 21/04/15 - 19:21:56 - Hermes - 177.32.49.****

O inglês fluente alavanca sim a sua carreira. Ela não deixa você com aquela cara de quem não entende quando se fala uma palavra ou expressão que não entenda. Ler e interpretar um texto sempre será exigido principalmente quando se tem um problema e temos que correr a uma pesquisa seja lá no livro, na internet ou mesmo um chamado no exterior. Deixei de me candidatar a uma vaga na SAP por não ter o inglês fluente, fui lembrado que poderia assumir aquela gerência porém sem o bendito inglês já estava fora.
503 - comentário - 21/04/15 - 22:48:01 - Ricardo Costa - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Li alguns comentários muito interessantes aqui, e concordo com vários deles. Compartilho minha humilde opinião e percepção: O inglês na empresa, só é importante de fato, se você vai utilizá-lo na prática, no dia a dia, o que depende muito da empresa e da posição que você vai ocupar. Entretanto, muitas empresas pedem que o candidato ou mesmo um funcionário tenha algum conhecimento do idioma. Assim, aquele que tem maior fluência na língua, acaba se destacando mais. Eu já fiz algumas entrevistas em que me perguntaram se eu falava inglês e se eu poderia fazer um teste. Em todos os casos, o meu conhecimento de intermediário para avançado, me fizeram ficar bem posicionado na entrevista e me deram algum destaque. Quanto ao fato de alavancar ou não a carreira, depende muito da situação. Porém, independente disso, para a _vida_, falar um idioma tão utilizado no mundo todo sempre é uma boa ideia.
504 - comentário - 22/04/15 - 00:29:10 - Renan de Oliveira Carneiro - 191.180.51****

Galera estou no 1º semestre de Ciência da Computação , e estou me dedicando muito em aprende , Sql e Visual Basic 2012 , se alguém souber de alguma oportunidade de estágio me avise Por Favor.
504 - Réplica - 24/04/15 - 02:45:37 - Tony - 177.80.22.****

Sql e Visual Basic? Ainda bem que está no primeiro semestre.
dbassocia
504 - Réplica - 23/04/15 - 07:16:10 - Carlos - 187.22.97.****

Renam procure aprender c# porque o Visual Basic será descontinuado no ASP.NET 5, que rodará também no LINUX e MAC
505 - comentário - 22/04/15 - 20:33:10 - Josmar Peixe - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Inglês alavanca sim a carreira. Independente se no dia a dia o profissional vai utilizá-lo, é um diferencial. Obviamente que muitas empresas pedem mas, não pagam pelo o que estão pedindo e, o profissional nem chegar a utilizar inglês. Mas enfim, é um adicional se uma empresa estiver em dúvida em escolher o profissional.
506 - comentário - 23/04/15 - 09:28:38 - Renato Calabró - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Para a carreira de TI, o inglês é fundamental sim. Mesmo que o analista não trabalhe diretamente com uma equipe global, diversos manuais, fóruns e sites ao redor do mundo discutem assuntos que aqui no Brasil nunca foram discutidos, ou estão em fase inicial. Consequentemente, o funcionário que domina o inglês, aumenta suas oportunidades dentro e fora da empresa, abrindo novas portas e aumentando seu networking.
507 - comentário - 24/04/15 - 11:24:46 - Carlos Moreira - 177.159.80****

Voltei do intercambio agora e trabalho como SAP Basis em uma empresa multinacional para um grande cliente, voltei e estou a procura de novas oportunidades, mas até agora nada, o que vejo e que as empresas exigem muito e não pagam pelos seus profissionais, e o pessoal de RH? Não sabem o que querem contratar, são uns desinformados e despreparados para contratação, estão acabando com profissionais que se dedicam para serem melhores remunerados.
Hospitalhd
507 - Réplica - 24/04/15 - 23:21:56 - Charles Bronson - 186.220.2.****

ahhh, o pessoal de RH... um melhor que o outro.

Nada como passar toda a faculdade no buteco bebendo e decidir o futuro dos outros depois.
508 - comentário - 24/04/15 - 22:34:10 - Jose da Multi - 187.64.160****

Ter dominio no ingles no trabalho, é MUITO diferente de ser fluente. Muitas empresas exigem fluencia dos candidatos, mas não tem qualquer vinculo com fluencia de fato. Podemos trabalhar em uma empresa que tem documentos, processos, etc, em ingles sem ser fluente.

Fluente é se comunicar como um nativo, se comunicar claro e velozmente sem tempo para pensar em traduções, sem engasgar, redigir e fazer apresentações sem inibições.

Tem um monte de empresa (consultoria principalmente) fundo de quintal pedindo fluencia no ingles, mas paga um salário mediocre (quando não propoe o _por fora_) ou a ilegal pejotização.

Quer adquirir fluencia, entre numa multinacional fora deste país de petistas ladrões e depois de no minimo um ano, voce vai iniciar a fala como um nativo.
508 - Réplica - 29/04/15 - 00:06:46 - gabriel Cardozo - 200.150.16****

Ah, por favor . Concordo plenamente com a opinião do José. Muitas empresas pedem Inglês fluente de brasileiros, não acho isso adequado frente ao salário a ser oferecido. Tenho certificação internacional em inglês, o que me faz entender tudo, escrever e me expressar, mas isso não me tornou fluente, na verdade estou longe disso. Particularmente, eu considerarei fluente quem teve uma experiência internacional na segunda língua. E, a comparação de asilos foi infeliz pois, a conversa está em âmbito corporativo, em TI. Em asilos você não achará fluentes prestando suporte ou fechando negócios.
508 - Réplica - 28/04/15 - 11:08:10 - Anibal - 186.231.98****

Esse seu trecho, discordo um pouco: "
Fluente é se comunicar como um nativo, se comunicar claro e velozmente sem tempo para pensar em traduções, sem engasgar, redigir e fazer apresentações sem inibições."

Vá em um asilo nos EUA ou Inglaterra, por exemplo, encontrará um nativo, que fala lento, não muito claro, engasgando (não existem americanos e ingleses gagos?), que mal escrevem e são tímidos. Nem por isso não são fluentes. Ser fluente significa ser destravado.
GOC
508 - Réplica - 25/04/15 - 04:13:14 - Greg - 177.80.22.****

Os ladrões petistas pelo menos sabem quem são. Não adianta ficar culpando um lado e ignorar o outro.
509 - comentário - 25/04/15 - 11:03:57 - Ricardo - 187.22.102****

O inglês ajuda bastante, aumentou 50% do meu salário, eu ganho como programador JAVA Senior R$ 2700,00 PJ, sem inglês não ganharia isso
509 - Réplica - 30/04/15 - 09:14:26 - ALEXANDRE SOUZA - 186.220.2.****

Um programador Java Senior sem saber ingles ja merece uns 8.000 /mes .
509 - Réplica - 28/04/15 - 11:04:52 - Anibal - 186.231.98****

Dependendo da empresa e do contexto, se a pessoa tem inglês e é imprescindível pois faz reuniões entre países e atende overseas é bem possível que o salário possa até chegar a $8000,00 se for um nível Sênior.
Hospitalhd
509 - Réplica - 26/04/15 - 12:06:39 - PAULO - 179.157.23****

EU GANHO 2000 CLT SENDO ORACLE SENIOR, ESSE SALARIO DE 5000, 6000 REAIS É SURREAL
509 - Réplica - 25/04/15 - 12:06:55 - Abraham - 177.80.22.****

E o seu contador tem Inglês fluente? Dez anos atrás eu conheci um DBA Oracle que ganhava R$ 6000,00 por mês CLT e sem Inglês.
509 - Réplica - 25/04/15 - 17:58:49 - Ricardo - 187.22.89.****

Isso foi a dez anos também né, as coisas mudaram
509 - Réplica - 25/04/15 - 21:00:25 - marcelo - 179.208.13****

Hoje em dia sao 5000,00 clt cotas
dbassocia
510 - comentário - 27/04/15 - 19:23:58 - Silas - 177.102.75****

Boa Noite , à todos . Na minha opnião , somente em países Anglofônicos mesmo , no nosso honroso 3º mundo , como temos visto diariamente , o que alavanca qualquer coisa no país, é a corrupção mesmo
511 - comentário - 28/04/15 - 11:03:00 - Anibal - 186.231.98****

Para entender a importância do Inglês - ou até francês pois temos empresas de info francesas no Brasil, principalmente para as empresas em que há cross language em seus corredores, a IBM paga mais para quem tem inglês fluente e incentiva cursos de inglês em suas instalações. Só isso já acho um bom argumento para sempre se aperfeiçoar no inglês. Lembrando que, fluência, significa destravado. Até um analfabeto nos EUA sabe inglês. Então, não precisa ser um expert mas é bom ter um jargão técnico, de negócios e voltado a viagens, reuniões etc.
512 - comentário - 29/04/15 - 00:14:49 - Gabriel Cardozo - 200.150.16****

Acredito que sim. Mas devemos considerar algumas coisas antes. Nosso mercado está numa trend de pedir _inglês fluente_ pra qualquer coisa, até mesmo para estagiários, e acho isso um absurdo. No mercado de trabalho brasileiro, o mais compatível é o inglês avançado. Inglês fluente envolve muita coisa, mas se resume a uma: Conversação nativa. Sem engasgos, sem necessidade de tradução de uma ou outra palavra, agilidade em resposta, assim como nosso dia a dia em lingua materna. Um legítimo inglês fluente comprovado pode te levar do inferno ao céu, até porque é melhor ter alguém que possa conversar e atender a necessidade de um cliente que fala a outra língua adequadamente do que os conhecimentos técnicos. Conhecimento técnico se resolve com treinamentos, o que não substitui a experiência que você tem em inglês.
513 - comentário - 29/04/15 - 13:00:00 - Richard - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Alavanca sim e Abre portas!
Fluente é aquilo que FLUI!

Não importa o âmbito, jargões técnicos e muito menos a timidez, característica que alguns nesse fórum podem ter, ser tímido, porem fluente em português.

Não só num asilo, uma criança que fala fluente a língua não tem necessariamente um nível avançado.

Muitos aqui nesses debate tem português fluente, ou seja, falam de maneira fluida, mesmo que não tenham um nível avançado.

Nível Avançado da língua seria aquela pessoa que consegue discorrer sobre diversos temas sem dificuldade.
Alguns políticos por exemplo, tem um vasto conhecimento da língua e usam os _jargões_ mencionados de maneira que a maioria pode não entender.
O fato de as empresas demandarem de maneira errônea os níveis de competência linguística já é outro fator, que talvez nunca seja solucionado aqui no Brasil por não haver uma regra para tal seleção.
GOC
513 - Réplica - 01/05/15 - 04:56:41 - Matt - 177.79.11.****

Pra sua informação, os políticos consultam alguém formado em letras antes de fazerem qualquer depoimento.
513 - Réplica - 01/05/15 - 11:23:18 - Flavio - 155.245.20****

Da uma ajudinha, mas nao faz a diferenca grande na carreira.

Custa muito tempo e eh caro ter ingles fluente.

Nao vela a pena o investimento o que eh melhor e tem resultado imediato eh certificacao
514 - comentário - 02/05/15 - 11:19:30 - Bill - 177.80.22.****

Comparando com outros cargos com inglês fluente fora da área de TI, o salário é miserável. O salário que é oferecido pra um cargo com superior completo e inglês fluente em outra área varia de R$ 3000,00 a R$ 5000,00 com nível júnior.
515 - comentário - 02/05/15 - 20:18:05 - Arlene - 186.218.9.****

Estamos no Brasil, e qual é a nossa língua ? ....os estrangeiros que aprendam a nossa lingua. Porque nós é que temos que aprender a deles !
apipesq
515 - Réplica - 02/05/15 - 23:46:52 - Bill - 177.80.22.****

Como é difícil encontrar mulher que faça um comentário inteligente, parabéns!
516 - comentário - 04/05/15 - 09:36:23 - Igor Nunes - *** CONVIDADO ESPECIAL ***

Minha experiência com inglês fluente é a seguinte:
1- Me colocou a frente de outros candidatos e melhorou muito meu trabalho como arquiteto e desenvolvedor, e no meu caso, sempre foi mais valorizado do que certificação de programador ou similar.
2- Tem aberto portas para trabalhar no exterior de forma remota e ate mesmo me mudar para outro País com visto de trabalho (mas é algo que eu ainda estou planejando pois tenho uma família junto comigo).
3- O salário não mudou, pra aumentar o salário, eu sempre garimpo vagas, peço indicação de amigos, pois nem sempre o projeto que eu estou tem grana pra pagar. Por exemplo, trabalhei 2 meses na IBM hotolândia e depois disso fui pra accenture pra ganhar mais que o dobro_ acho que salário é uma questão de oportunidade somado a sua competência.
517 - comentário - 05/05/15 - 10:04:19 - Hugo Meneghesso - 189.40.75.****

_Inglês fluente ... conversação nativa._ Mandou bem, Gabriel !

Depois de alguns anos atuando em consultoria ou seja, tendo muito contato com clientes e ambientes diversos, tenho uma certeza sobre essa questão: a não ser que se justifique a fluência em função de interação com equipes e/ou clientes multinacionais, então não há razão para essa tendência desenfreada a filtrar profissionais por idioma. Ora, para quem atua com implantação e administração das principais soluções no mercado - sejam elas bancos de dados, blades, stg_s, desenvolvimento de sw principalmente, não sobram dúvidas de que o _inglês técnico_ já é suficiente quando a necessidade é conhecer o requisitos técnicos de um produtos, estudar um procedimento, pesquisar as recomendações em portais de fabricantes, e etc. Ponto interessante: o inglês técnico, ao menos no meu caso, veio com a rotina...
Página 1 de 1
Pular para a página:
X